Vasco já começa a pagar – literalmente – pela falta de planejamento



Luan está perto do Palmeiras (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Luan está perto do Palmeiras (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Morais e Philippe Coutinho, em 2008, Alex Teixeira e Alan Kardec, em 2009, Souza, em 2010, Allan e Rômulo, em 2012, Dedé e Marlone, em 2013, Danilo, 2014, Jhon Cley, 2015, Matheus Índio, 2016, e , ao que tudo indica, Luan, em 2017.

Treze negociações de jogadores que despontaram no Vasco, oriundos da base ou contratados de times pequenos antes de se destacarem nacionalmente – caso de Dedé -, em menos de 10 anos. Treze vendas que serviram, basicamente, apenas para pagar salários atrasados. E em alguns casos sequer conseguiu arcar com suas despesas, já que vários atletas deixaram o clube neste período por atraso nos seus vencimentos.

A velha história de vender o almoço para comprar a janta.

Nada mais natural do que vender suas revelações. O mercado hoje funciona assim, infelizmente – para o futebol brasileiro. A questão é a finalidade. Uma coisa é negociar para reinvestir, outra é vender para pagar contas feitas anteriormente. Assim, não se anda pra frente.

De acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira, Luan irá para o Palmeiras numa negociação que renderá cerca de R$ 10 milhões ao Vasco. Isso poucos meses depois de receber uma oferta de aproximadamente R$ 13 milhões do futebol turco. Só essa diferença de valores já é de se estranhar.

Por que recusar uma proposta maior da Europa e aceitar uma menor de um adversário direto no Campeonato Brasileiro? Só uma resposta me passa pela cabeça: necessidade.

No fim do ano passado, Eurico Brandão, vice-presidente de futebol, afirmou que o clube iria atrás de 4 ou 5 reforços para a temporada. Com estas palavras: “4 ou 5”. Chegaram Escudero, Muriqui e Wagner, enquanto aguardava Luis Fabiano.

O mau início de temporada, entretanto, fez a diretoria se mexer mais intensivamente na busca por contratações. Foi aí que Jean, Gilberto, Kelvin e Escobar fecharam. Bruno Paulista ainda ficou no quase.

Dobraram a meta.

Isso aumentou a folha de pagamentos do clube – os salários chegaram a atrasar. Consequentemente, a necessidade de fazer caixa também. Ainda mais após a eliminação precoce na Copa do Brasil (menos jogos = menos cotas de tv e premiação).

Sem ter de onde tirar dinheiro, o Vasco começa a vasculhar a própria casa em busca de algo valioso para vender. Encontrou Luan.

Os reforços chegaram, mas os dispensados não saíram. Diguinho, Jorge Henrique e Júlio César seguem ligados ao clubes e, claro, recebendo. De quebra, ainda ganharam a companhia de Eder Luis, cortado do Carioca após a confirmação de Fabuloso.

O gasto mensal com estes atletas – e outros que estão emprestados – está próximo da casa de R$ 1 milhão. Ao fim do ano, caso não defina estas situações, o Vasco terá gasto quase R$ 12 milhões com o pagamento de jogadores que sequer estão sendo aproveitados.

O valor é mais alto do que a provável venda de Luan – se o valor for realmente o divulgado até então.

Ou seja, o Vasco não só está vendendo o almoço para comprar a janta, como gasta com uma comida que sequer irá aproveitar.

No fim, poderá terminar com fome e sem dinheiro. E o pior: achando que está satisfeito.



  • Junior Peixoto

    E adivinha quem vai ser o proximo a ser vendido pro Vasco não ficar devendo salário da Julio Cesar, Diguinho e Jorge Henrique?
    Infelizmente, o presidente do Vasco adora se gabar se de que faz e acontece mas é tão ruim administrando como foi o presidente passado.

    • Fernando

      Engraçado, é ruim adiministrando, mas está pagando todas as dividas e recuperando todo o patrimonio do Clube!! Vai administrar mal assim lá em Brasilia!!

      • Leandro Calixto

        Pagando todas as dívidas??? hahahahahaha. Mais um zumbi oriundo do Cascata. Curioso que a turma do doutor redigiu uma nota quando da negociação do Dedé metralhando a desadministração anterior, referindo-se a venda para um clube brasileiro como apequenamento. Parecem que agora mudaram de ideia, não? Vergonha na cara passa longe.

        • Fernando

          Pra começar, zumbi é a puta que te pariu. Segundo, quem não tem vergonha na cara parece ser você, viúva do Bananamite, que botou ele lá pra acabar com o clube.

          • Leandro Calixto

            Vocês são simplesmente patéticos. Qualquer um que critique a pífia gestão do Eurico automaticamente vira viúva do banana, Caro zumbi, não que lhe deva satisfação, mas já participei de inúmeros protestos contra a administração anterior, portanto esse argumento chupado do Cascata não cola. Continue defendendo o indefensável.

          • Fernando

            Caro frutinha viúva do Bananamite, seu viés contra a diretoria já é bem conhecido, assim como sua derrota em todos esses “protestos”. Felizmente, o clube tem sócios que sabem perfeitamente do esforço da diretoria, e por isso vocês não vão colocar mais um Bananamite lá para acabar com o clube, como vocês pretendem.

          • Leandro Calixto

            Valeu, mamador do Eurico. Eu vi o esforço da diretoria em rebaixar o clube em 2015. Também vi a ridícula campanha na série B. Esse é o Vasco que a sua turma de lambedores gosta, vocês são a escória completa do clube. Serão definitivamente expurgados em novembro para nunca mais pisarem em São Januário.

          • Fernando

            HUAHUAHUAHUA faz promessa, mulambo! Quem sabe assim acontece huahuahauhauahua. Mulambo imundo.

          • Fernando

            A viuvinha do Bananamite esqueceu que voce e outros merdas iguais a voce foram quem botaram o Bananamite lá, para arrazar com o clube. Tu acha que engana alguem mulambo?

      • Junior Peixoto

        Pagar dividida é simplesmente OBRIGAÇÃO! Mas não é pq adm passada foi um lixo (antes que vc me chama de defensor do dinamite, afinal parece que pra vc, quem critica o eurico é pq quer o dina de volta…) que atual fazer a obrigação é mérito. É igual aquele povo que acha que é uma otima administração pq tá pagando em dia.
        Tá recuperando o patrimonio? Parabéns! Mas cade aquele presidente que com ele o Vasco não caia? Cade aquele presidente que com ele o Vasco ganharia o mesmo que os rivais(e assina com a caixa por 10 mi quando o flu vai assinar por 14; que assina com o Tim por 1 mi quando o urubu vai ganhar 4. E nem vou falar da cota de TV). E como explicar a otima administração que renova com Jorge Henrique (felizmente resolveram esse problema pelo menos), renova com Diguinho e Julio César, todos em fim de contrato, só pra depois encostar os 3?
        Não amigo, a administração eurico é tão ruim quanto foi a do dinamite. Ambos acabaram com o Vasco, de uma forma ou outra. E se continuar assim, em breve não tem mais Vasco…

        • Fernando

          Não meu amigo, é obrigação com dinheiro, pagar dívidas sem dinheiro é bom trabalho. E de quer colocar o Edmundo lá, é porque aprovou o Bananamite. Felizmente os sócios e aqueles que realmente se importam com o clube não permitirão isso. E se assinou por valores inferiores aos rivais, agradeçam a vocês, que colocaram o Bananamite lá, para desgastar a marca do clube. Vaza mulambo, vai lá bater palma pro teu bandeira de melo, flamerda.

  • Gerson Portella Vieira

    Tragédia anunciada!! Em pouco tempo vai virar um americano da vida.

    • osmar

      e o cu da mae vai bem , fedorento

  • Jalson Dutra

    Perfeito como sempre nas reflexões Garone!

    Devolvam meu Vasco incompententes!!

  • Fred LWM

    Se, como saiu na imprensa, o Luan quer ir para o Palmeiras, não tem como segurar jogador insatisfeito. Não duvido que ele será reserva, inclusive porque nunca recuperou aquele futebol depois que voltou dos Jogos.

    Aquilo da Turquia parece que foi especulação da imprensa turca, nunca teve proposta oficial. E mesmo que tivesse, quem garante que o Luan ia querer se transferir para aquele mercado?

    Enfim, se é pouco, para o mercado brasileiro não é. E como o Vasco só tem 55% dos direitos, se o valor for mesmo R$ 10 milhões e o Vasco ainda retiver parte desses direitos, estará de bom tamanho.

    • Fernando

      Perfeito Fred. Concordo plenamente com voce.

  • Paulo Wagner

    Lamentável! Essa é a única palavra para definir a atual direção de futebol do Vasco. Praticamente 6 meses perdidos. Cristóvão foi uma absoluta perda de tempo, como qualquer torcedor do Vasco já sabia no momento do anúncio do treinador. As contratações que foram feitas têm tudo para repetir o “sucesso” de Diguinho e cia. Ou algum torcedor espera alguma coisa de Escudero, Muriqui e Wagner? É um padrão que se repete em looping. Parece que tem alguém empurrando esse monte de tranqueira para o Vasco, que a cada dia se assemelha mais aos índios de 1500: vamos trocar nossas riquezas por espelinhos e bugingangas que não servem para nada! A pergunta que fica é: até quando? Já estou vendo o Douglas indo embora até o fim do ano. E depois dele, Paulinho….

    • Fernando

      Lamentável mesmo é ler este tipo de baboseira tendenciosa. Ser alguem espera algo de Escudeiro, Muriqui e Wagner? Claro, eu espero, e muito. Voce é um daqueles que quando chegou o Nenê aqui disse a mesma coisa. Disse tambem o mesmo de Alex Dias, Leandro, e varios outros bons jogadores, que depois de um tempo de aclimatação, arrebentaram com a camisa do Vasco. Agora, quando o Bananamite destruiu o clube, voce ficou bem quietinho. Muito interessante….

      • Paulo Wagner

        Acho que você é doido, isso sim! Bananamite nunca mais! Mas é inegável que existe uma tendência a contratar jogadores na descendente. Torcer para dar certo, todos torcemos. Mas as chances são bem pequenas. Quanto ao Milton Mendes, você só pode estar me confundindo com outra pessoa. Dos aventados para o Vasco, depois da saída do Cristóvão, eu só não queria o Luxemburgo (por razões óbvias) e o Ricardo Gomes, que não tem mais condições de trabalho. Ah, e o Celso Roth, lógico!

  • Dirceu

    Temos, repetidamente, apontado, que o principal problema do Clube de Regaras Vasco da Gama está em sua gestão.
    É um assunto chato, que relevamos a um segundo plano, pois torcer pelo Vasco, sonhar com a retomado de seu caminho de vitórias é muito mais gostoso. Mas de quando em vez, algum fato nos traz à realidade crua e nua.
    A venda do Luan nos choca, não pela venda, mas pelos valores, usos e necessidades que por trás dela estão.
    Adormecidos, esquecemos que nada mudou, que nunca houve um planejamento, e que, com um presidente que decide quase tudo sozinho e que quer mostrar, teimosamente, a todos que só faz o certo, jamais haverá um.
    As coisas no Vasco são por ele decidas com base nos seus interesses pessoais ou políticos. As próprias contratações assim mostram.
    O nosso time, como era do conhecimento de todos, precisava de renovação e qualidade. E o que foi que contratamos: Luiz Fabiano, Wagner e Muriqui, jogadores acima dos trinta anos e vindos de um longo período de inatividade, após terem disputado um campeonato que não prima pela preparação física.
    O futebol pequeno por eles apresentado, prova-nos que foram contratações “cala-bocas”, realizadas para apaziguar as críticas da torcida, com jogadores de nome, mas em final de carreira, ou que há muito não jogavam um futebol de nível. Ressalte-se que a maioria, feita por intermédio de um mesmo empresário. Ação entre amigos de interesses comuns, além de trazerem para a folha do clube, cifras salariais bem acima da média dos demais.
    A defesa era fraca é precisava de reforços. E o que fizemos? Rodamos, rodamos e ……. vendemos o melhor zagueiro. Kkkkkk. Só nos resta rir para não chorar.
    Os milagres não acontecem usualmente, e impossíveis se dependerem de homens sem virtudes. Enquanto não nos organizarmos, a bagunça, o improviso, a queima de nosso patrimônio prosseguirá.
    A direção do Vasco não respeita a instituição, coloca-a para baixo, ano após ano e, portanto, por que iria respeitar a sua torcida?
    Mas não se enganem, mais ainda está por vir. No Vasco, todos estão à venda, basta aparecer uma proposta regular, e perdemos jovens jogadores para clubes outrora menores que o nosso, e com um potencial atual de torcedores ainda inferior ao nosso.
    Tudo isso só prova que nos tem faltado uma gestão profissional, honesta e competente.
    Os sócios do Vasco não podem ser BURROS ao ponto de não enxergarem que estamos em acelerado processo de decadência, conduzidos pela mesma administração que vem se perpetuando no comando do clube. (O incompetente Roberto Banamite tem sua parcela de culpa, mas o declínio é de longo tempo, e o principal responsável ainda está à frente da gestão)
    Ou mudamos já, ou nos apequenaremos definitivamente.
    Acorde sócio vascaíno, não deixe que Vasco se destrua com as próprias mãos.

    • Fernando

      O seu viés politico já é bem conhecido, não é novidade para ninguem a sua tendencia em ressaltar os erros e diminuir os acertos da diretoria. Lamentáel!

      • Leandro Calixto

        Que acertos? Manter a piscina limpa? Poupe-nos dessas falácias!!!!!! Vasco é um clube gigante, com milhões de torcedores mundo afora e não um Tijuca da vida, que se contenta em manter a sua sede social em bom estado. Vocês diminuem o Vasco diariamente.

        • Fernando

          Você só pode mesmo ser mulambo. Já foi alguma vez no clube? Pela merda que fala, nunca nem mesmo passou na rua. Diz que é torcedor, já foi em algum jogo este ano? É sócio? Não? Então quem diminui o Vasco é você, mulambo! Vai lá cheirar a virilha do teu bandeira de melo flamerda.

          • Leandro Calixto

            Porra, mais uma resposta chupada do Cascata?? Tenha o mínimo de vergonha na cara, crie seus próprios argumentos. Caro zumbi, sou sócio e vou a quase todos os jogos, comigo a turminha lambedora do Eurico não se cria.

            O verdadeiro mulambo é aquele que apoia incondicionalmente quem rebaixa o clube. Verdade seja dita, nem os mulambos são tão imbecis quanto vocês.

          • Fernando

            O Verdadeiro mulambo é voce e outros como voce, que nao fazem porra nenhuma pelo clube, e vem pra cá tentar atrapalhar que esta tentando fazer, e que botaram o Bananamite lá para rebaixar o clube (alias, conseguiram). Comigo, a tua turminha de viuvinhas do Bananamite nao se cria. Vaza, mulambo cheirador de virilha do bandeira, ninguem aqui cai nas tuas lorotas e na de outros imbecis igual a voce.

    • Fernando

      E mais uma coisa… Burro é a tua mãe.

  • Fernando

    Garone, me desculpe, mas discordo completamente de voce. A situação do Luan, claramente, reflete o desejo do jogador. Só por curiosidade, qual o valor da multa rescisória do Luan? De que vale barrar a saída de um jogador que, vamos combiner, não está jogando nada já faz algum tempo? Receber os R$ 10M me parece um excelente negocio. Quanto a oferta da Turquia, já foi veiculado que não procedia, ou seja, não havia nada a fazer quanto a esta situação.

    • André Schmidt

      A questão não é se o valor é bom ou ruim, se é vontade dele ou não – contratos existem exatamente para que as partes não vivam de “vontades”. O que falo no texto é como, mais uma vez, um jogador revelado no clube deixará o Vasco para pagar contas que em nada acrescentarão ao time. O valor da saída dele é inferior ao que o clube gastará com jogadores que sequer são utilizados. Apenas isso. Tá lá no 4ª parágrafo: a questão não é a venda, é o que dará para fazer com esse dinheiro… Abraço!

      • Fernando

        Garone, continuo nao entendendo. Isso é o que acontece em todos os clubes!! Vejo por ai comentarios enaltecendo o tal do Bandeira no Flamengo, quer dizer entao que o flamengo nao tem jogadores que nao estao sendo aproveitados (em numero ainda maior que o Vasco)? Quanto ao dinheiro, continuo dizendo que R$ 10M mais a manutençao de parte dos direitos do jogador é um excelente negocio de ocasião, pois possibilitará trazer um jogador melhor (quem sabe o Anderson Martins?).

        • Carlos Cesar

          única coisa que possibilitará trazer um jogador é a saída do salário dele, pois o dinheiro está cheirando a dívidas atrasadas, como colocou o Garone.

        • André Schmidt

          Acho que você está desatualizado no mercado. Qual jogador do Flamengo está encostado? O único que estava era o Marcelo Cirino, pois negociava com o Inter, e já voltou a ser aproveitado. Não tem nenhum outro afastado, que não seja por motivo de lesão. Abraço.

  • Fabian Grutzmacher

    Um comentário meio vazio para um ótimo comentarista. Porém esqueceu-se que há um enorme interesse por parte da Crefisa em patrocinar o Vasco em 2018.
    favores se trocam.

    • André Schmidt

      Desculpa, Fabian, mas o interesse da Crefisa no Vasco foi NEGADO em nota OFICIAL da empresa. Não confunda especulação com informação. Abraço!

      • Fabian Grutzmacher

        Em nota oficial para não atrapalhar a eleição para a diretoria do palmeiras da poderosa. quando tudo estiver decidido e o Eurico fora do Vasco em novembro, o caminho ficará aberto para 2018.

        • André Schmidt

          Isso é suposição, não informação. Abraço!

        • Junior Peixoto

          Qual sentido a Crefisa ajudar o eurico sendo aliada do Brant?
          A Crefisa paga o passe pq ela tem esse acordo com o Palmeiras. Eles querem o Luan, o Vasco tem o interesse em vender e a crefisa paga, simples assim. Não tem interesse nenhum.
          Podia ser um zagueiro do botafogo, do flumense, da Arábia Saudita, da China ou de Marte que se o Palmeiras quisesse, a Crefisa ia pagar.

        • Fernando

          Vai sonhando que o Eurico vai sair do Vasco tão cedo.

          • Wesley Lopes

            Pois esse é o desejo dá maioria dos Vascaínos e eu como mais um, espero que isso aconteça, precisamos de uma Gestão com Planejamento é que pense do tamanho do Vasco.

          • Fernando

            Kkkkkk só rindo mesmo.

    • Daniel Andrade

      SEEE o eurico sair, e claro q isso não vai ocorrer… eurico fica no vasco por muitos e muitos anos ainda.

  • Dirceu

    A lógica se contrapõe sempre à paixão, lhe impõe a realidade dos fatos, frustrando sonhos e desejos. Isso é bem compreensível. No entanto, quando se torna renitente, insistindo em permanecer em um mundo imaginário, se traduz em uma loucura, um devaneio.
    Mas quando se insiste em buscar a lógica onde ela não existe, ou distorcê-la intencionalmente, vem à tona sempre, na forma de uma falha de caráter ou revela uma estupidez crônica.
    Minha saudosa mãe, que entendia muito pouco de futebol e menos ainda da administração de um clube, vascaína desde pequena, que comigo acompanhava os jogos do Vasco na televisão, poderia expressar opiniões errôneas sobre esses assuntos. Imagino que o mesmo acontece com tantas outras de nossas mães (incluo a do Fernando), que são movidas, unicamente, pela paixão ao seu time de coração. Assim elas têm todo o direito de expressar-se sem a lógica, que pressupõe o conhecimento de uma realidade específica, por elas desconhecida. Podem ser, digamos, burrinhas.
    No entanto, quem acompanha as coisas do Vasco, e tem idade suficiente para ter vividos as três últimas delas, não pode se expressar em desacordo com a lógica, sem observar a realidade dos fatos.
    Se não vejamos:
    O Vasco da Gama, a partir de 2001, ano em que, pela primeira vez, era eleito presidente do clube o Sr. Eurico Miranda, teve as seguintes colocações nos campeonatos nacionais:
    2001 – 11* lugar com 48% de aproveitamento Presidente
    2002 – 15* “. “. 44% ” “. Eurico M.
    2003 – 17*. “. “. 39% “. “. ”
    2004 – 16*. “. “. 39%. “. “. ”
    2005 – 12*. “. “. 44%. “. “. ”
    2006 – 6*. “. “. 52%. “. “. ”
    2007 – 10*. “. “. 47%. “. “. ”
    2008 – 18*. “. “. 35%. “. ” (Caindo para a série B). Roberto D. (Posse em nov/08)
    2009 – Série B. ”
    2010 – 11* lugar com 43% de aproveitamento. ”
    2011 – 2* “. “. 61% “. “. ”
    2012 – 5*. “. “. 51% “. “. ”
    2013 – 18*. “. “. 39%.” “. ”
    2014 – Série B. Eurico M. (Posse em nov/14)
    2015 – 18* lugar com 36% de aproveitamento. ”
    2016 – Série B. Eurico M.

    Em relação ao programa de sócio torcedor, não aparecemos na lista dos 10 maiores, e contamos com pouco mais de 12.000 sócios-torcedores, cerca de 10% dos associados ao Palmeiras, Grêmio e Inter, e bem abaixo dos do Atlético MG, Santos, Cruzeiro, Sport. Menos até que Náutico e Bahia. Todos com muito menos torcedores que o Vasco da Gama.

    Só esses números são suficientes para julgar as administrações do Vasco nesse período, como incompetentes.
    Não presisamos nem analisar as milionárias e indecentes dívidas de nosso clube, todos os desmandos e falta de uma gestão correta, profissional, que foram acumuladas por todas essas administrações.
    E não me venham dizer que todas ou a maioria delas foram geradas pela administração do incompetente Roberto. Isso seria mais uma prova de desonestidade, de mau-caratismo.
    Os números de nossos sócios, o aproveitamento esportivo de nossos times em campo, as nossas dívidas, a nossa imagem refletida nos diversos orçamentos de receitas, e os repetidos rebaixamentos para a série B, são cristalinos em apontar como causa principal, a péssima gestão de nosso clube em todo esse período.
    O processo de decadência é óbvio, claro demais para ser negado, por quem seja minimamente lógico, minimamente honesto.
    Nenhuma empresa moderna, administrada profissionalmente, teria esperado tanto para substituir seus gestores, que falharam na condução, que foram comprovadamente, no mínimo, incompetentes.
    O Vasco hoje é seguramente menor do que já foi no passado, disso ninguém consegue negar, o processo de declinio vem se acentuando nos últimos 16 anos, quando o clube foi administrado por 6 anos pelo incompetente Roberto e, por 10 anos, pelo também incompetente e presunçoso Eurico, com seu imutável estilo de gestão autoritário, centralizador, onde a única opinião válida é a dele.
    Vemos que esse estilo, que caracterizou uma administração ineficiente, desastrosa, não se modifica, e sem mudança, o que não deu certo, jamais poderá tomar um novo rumo, evoluir positivamente.
    A realidade dos fatos, a lógica, não podem ser questionadas pelos bem intensionados, por aqueles que querem um Vasco grande como sempre foi.

  • Luciano Silva

    Corretíssimo Garone . A questão não é nem vender e sim o custo- benefício dessa venda . O dinheiro nem vai aparecer , pois vai direto para pagar débitos diversos e perdemos um zagueiro que se não era um Mauro Galvão dá vida , era sim um bom zagueiro (o melhor dos que estão no elenco ) . E ainda por cima não temos zagueiro no elenco para repor a saída. Comparando a discrepância veja o exemplo do SPFC que vendeu o zagueiro Lyanco (que nem ficava no banco) por 20 milhões de euros na mão e mais € 2 milhões por desempenho e ainda ficou com 7% do direito do jogador . Mas o único que vomita que está a 50 anos no futebol e esta na frente de todo dirigente é o Eurico , e ainda tem gente que acredita e defende .

  • Daniel Andrade

    crefisa não vai ajudar um clube na serie B… 95% de certeza q o vasco cai esse ano… até ja marquei no sportingbet… vou ganhar uma grana,..

    • Fernando

      Huahuahuahuahuahua cai em cima da tua mãe, Porquito? Huahuahuahuahua

  • Victor Cerqueira

    Muito triste. :,-(

  • Egberto Casazza

    O mais estranho desta negociação são os calores divulgados. 3 mil de euros pelo Luan, sendo que o Palmeiras pensa em vender o Vitor Hugo por 10 mil de Euros? Luan tem passagem por seleções de base e principal, é campeão olímpico e mais jovem que o jogador palmeirense. Como chegaram a essa diferença de valores? Ou tem $$$ escondido aí ou tá faltando inteligência…

    • Fernando

      Edberto, esta na cara que isso é Fake. Quem vai pagar 10M EUR pelo Vitor Hugo? Huahuahuahua

      • Carlos Cesar

        até o Lyanco saiu do São Paulo mais caro que o Luan.

  • Marco

    Sou obrigado a concordar que o valor esta bem abaixo do que esperava. Que sairia, cedo ou tarde, nao e novidade para ninguem. Quando um clube com time de futebol vai mal das pernas, os rivais rapidamente correm atras dos principais ativos, seus jigadores. Temos a diferenca de projecao, gostem ou nao, mas que e real jogando pelo Palmeiras, principalmente caso venha a conseguir a titularidade qdo da saida do Mina. A provavel diferenca de salario, a ser pago pela patrocinadora do Clube. E agora ouvi ate dizer que o pgto sera em 5 suaves parcelas para os R$10M. Realmente, espero que mantenham um percentual a receber para futura transferencias, mais a participacao que teremos como formador, pois acredito em futuras transferencias para o exterior, gostem ou nao, mas a realidade e essa. Somos um time grande, gigante, com orcamento de time mediano para pequeno. Nossa receita nao e das melhores, basta vermos a quantidade de patrocinadores que temos. Ja nossas despesas sao enormes, e grande parte para piorar, de exercicios passados. Se contarmos ainda que caimos 3 vezes nos ultimos 10 anos, faz mais dificil a possibilidade de adquirirmos jovens socios/torcedores.

    • Fernando

      Perfeita analise, Marco.

MaisRecentes

Em enquete, Anderson Martins é eleito o melhor do Vasco em campo pelo segundo jogo consecutivo



Continue Lendo

Artilheiro do Vasco no ano, Nenê dispara na liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

O drible de PV, o gol de Nenê e o 0 a 0 que balançou as redes



Continue Lendo