Vasco fica fora do ranking mundial de clubes da IFFHS pelo terceiro ano seguido



Vasco não foi bem em 2015 (Foto: Wagner Méier/LANCE!Press)

Vasco não foi bem em 2015 (Foto: Wagner Méier/LANCE!Press)

Presença frequente no top 10 do ranking mundial de clubes da Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol no fim da década de 90, terminando na 2ª posição em 1998 – a Inter de Milão era líder -, o Vasco fechou 2015 fora dos 200 primeiros colocados da lista.

A IFFHS publicou em seu site, nesta quinta-feira, a classificação atualizada dos 200 melhores times do mundo com base nos resultados obtidos nos últimos 12 meses. Desde que o ranking passou a ser divulgado anualmente, há três anos, que o Cruz-Maltino não aparece na relação. Sua última colocação entre os principais clubes foi em fevereiro de 2013, quando ficou na 51ª posição. De lá pra cá, não foi mais citado.

Apesar de ter vivido o seu melhor momento nos anos 90, não faz muito tanto tempo que o time de São Januário figurou entre os dez primeiros do futebol mundial. Campeão da Copa do Brasil e vice do Brasileiro em 2011, além de boa campanha na Libertadores no ano seguinte, a equipe ficou em 10º na lista anunciada em abril de 2012.

No ranking atual, Internacional (18º), Corinthians (25º), São Paulo (32º), Cruzeiro (51º) e Atlético-MG (69º) foram os melhores colocados entre os brasileiros. Dos cariocas, apenas o Fluminense foi citado, ficando na 197ª posição.

Com mais uma Série B pela frente, dificilmente o Vasco retornará aos tops da lista em 2016.



  • Tiago Moreira

    Infelizmente o futebol do Vasco não tem sido bem representado dentro de campo, mas vamos reverter isso…

  • Gerson

    Vamos torcer para que tudo possa ser revertido. 2016 ano de muito trabalho

  • Carlos Geovanni

    sou vascaino e realista, este ranking ai ta correto porque os gambas nesta decada ganharam mais titulos que o inter e ????

MaisRecentes

Memórias do Morumbi



Continue Lendo

Rescisão de Julio dos Santos com o Vasco é publicada no BID



Continue Lendo

O silêncio dos inocentes



Continue Lendo