Thalles iguala marca de Kardec no Vasco



Thalles vem sendo titular após a saída de Riascos (Foto: Paulo Sérgio/Lancepress)

Thalles vem sendo titular após a saída de Riascos (Foto: Paulo Sérgio/Lancepress)

Autor do gol que garantiu a vitória do Vasco sobre o Criciúma por 2 a 1, no sábado, Thalles ainda luta para se firmar entre os titulares. Apesar do tento anotado, o centroavante tem sua posição no time ameaçada pelas chegadas de Éderson – autor de dois gols em dois jogos – e Júnior Dutra, que fez sua estreia contra a equipe catarinense.

Mesmo questionado pela torcida, o atacante atingiu uma marca expressiva pelo time. Com o gol marcado no fim de semana, chegou a 24 bolas na rede pelo Cruz-Maltino. Entre os jogadores revelados pelo clube neste século, o camisa 9 agora aparece em terceiro na lista de artilheiros, empatado com Alan Kardec, atualmente no futebol chinês.

Em 2016, Thalles estufou as redes oito vezes em 30 jogos. Nenê, com 17, e Riascos, que já deixou São Januário,  com 10, aparecem à sua frente.

Entre os maiores goleadores vindos da base desde 2000, destaque para o líder isolado na artilharia: Morais. O meia, que disputou o Paulistão pelo São Bento, anotou 39 tentos com a camisa vascaína.

MAIORES ARTILHEIROS REVELADOS NA BASE DO VASCO
– Jogadores que estrearam nos profissionais depois de 2000

1º – Morais – 39 gols em 193 jogos
2º – Souza – 25 em 77 jogos
3º – Thalles – 24 gols em 111 jogos
Alan Kardec – 24 gols em 93 jogos
5º – Cadu – 19 gols em 80 jogos
Léo Lima – 19 gols em 140 jogos
7º – Anderson Costa – 16 gols em 72 jogos
8º – Alex Teixeira – 13 gols em 95 jogos
9º – Ely Thadeu – 12 gols em 67 jogos
10º – Luan – 11 gols em 144 jogos
Ygor – 11 gols em 182 jogos



  • Sergio Henrique Diniz Faray

    TEM QUE MELHORAR SEU POSICIONAMENTO EM CAMPO E AS SUAS FINALIZAÇÕES! AINDA É NOVO E DÁ PARA CORRIGIR, MAS SEM A COMPLACÊNCIA DO INÍCIO DA SUA CARREIRA! O PESO É OUTRA COISA QUE DEVE SER ENCARADA COM MAIS RESPONSABILIDADE!

MaisRecentes

Andrey larga na frente na disputa do Troféu Ademir Menezes 2018



Continue Lendo

Um Vasco que precisa nascer prematuramente



Continue Lendo

A derrota dos vascaínos



Continue Lendo