Raio-X do jogador: Jomar



Jomar fez sua primeira partida em 2015 (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Jomar fez sua primeira partida em 2015 (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Após mais de um ano sem disputar uma partida oficial pelo Vasco, Jomar voltou a atuar com a camisa cruz-maltina no último domingo. Titular contra o Joinville, o zagueiro teve boa atuação, apesar de quase ter feito um gol contra na primeira etapa.

Mesmo com o empate em 0 a 0, a defesa vascaína tomou alguns sustos, muitos deles parados apenas em Martín Silva. Ainda assim, conseguiu encerrar a sequência de oito jogos sofrendo gols. Com três desarmes, seis rebatidas e dez cortes de cabeça, Jomar deu sua contribuição defensiva. De quebra, ainda foi ao ataque e tentou duas finalizações ao gol. Uma a mais que Herrera, por exemplo.

O tempo parado pesou em alguns lances, como no erro de tempo de bola, no fim da partida, que quase resultou em gol do centroavante Kempes, porém, no geral, a atuação do defensor foi acima do esperado para quem sequer vinha sendo relacionado para os jogos no início do ano. Principalmente se comparado às últimas atuações de Aislan.

JOMAR – VASCO 0X0 JOINVILLE

Tempo em campo: 90 minutos
Passes certos: 33 (16 para frente, 16 laterais e 1 para trás)
Passes errados: 0
Lançamentos certos: 2
Lançamentos errados: 1
Inversões de jogo certas: 1
Inversões de jogo erradas: 0
Bolas perdidas: 1
Bolas recuperadas: 3
Bloqueios: 1
Rebatidas: 6
Chutões: 2
Cortes de cabeça: 10
Faltas cometidas: 1
Faltas sofridas: 3
Impedimentos: 0
Cruzamentos certos: 0
Cruzamentos errados: 0
Dribles certos: 1
Arrancadas: 0
Finalizações ao gol: 0
Finalizações para fora: 1
Chutes bloqueados: 1
Cabeçadas ao gol: 0
Cabeçadas pra fora: 0
Cartão amarelo: 0
Cartão vermelho: 0
Gols: 0
Assistências para gols: 0



  • Olair Jose dos Santos

    Porque vc nunca comenta de Guimhazu, nunca ajudou em nada, só dar passe pra trás e de lado, as nossas melhores atuações, ele não estava em campo.

    • renato jeronimo

      Olair, na boa! Vou te explicar de parceiro: O Guina é um mostro! O cara arrebentou no Inter, por muitos anos, jogando exatamente assim. Dessa mesma forma, com uma diferencinha básica: No Vasco, o fraco elenco e os fracos treinadores o sobrecarregam e lhe dá a função de armar as jogadas(coisa que ele NÃO SABE FAZER)! No Inter, o time tinha meias de qualidade na saída de bola. O GUina só precisava desarmar a tocar para esses cara de criação! No Vasco ele é obrigado a sair com a bola! Quem realmente conhece o Guina sabe que estão queimando o cara! Se o Vasco tivesse volante ou meias com qualidade na saída de bola, o Guina seria tão espetacular como foi no Inter. Mais uma prova da ‘fraqueza’ atual do elenco e seus treinadores. Infelizmante!

      • GERSON

        isso mesmo ele e o MARTIN SILVA sao os unicos que se salvam nessa draga que e o Vasco.

      • adriano

        Concordo com vc, ele é um monstro no desarme agora querem que o cara crie, ai não dá né, bota um bom meia com ele que saiba sair jogando que ele vai render muito mais e o time também

        • Renato Jeronimo

          Quisera nós que todos entendessem assim! Temos um dos melhores volantes de desarme em atividade no brasil, mas neste time do Vasco…

  • Jorge Tricolor

    Lá vai vasquin ladeira abaixo…… kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Percy Santos

      É Jorge… deve ser a ladeira q vc mora, seu monte de estrume

      • Jorge Tricolor

        Pobres nanicos da colina, logo estarão em extinção…. ST

        • Percy Santos

          é Jorge Tricolor, o que nunca está em extinção é a tua espécie, babacas idiotas cretinos imbecis…. vai trabalhar seu vagabundo fregues

  • GERSON

    NUnca vi um sagueiro tao ruim,e por isso que o vASCO esta nessa cituaçao,mas nao e so ele,a maioria e do mesmo nivel dele,pessimo.

    • Claudio

      Realmente, um “sagueiro” que cabeceia pra o próprio gol fica em “cituação” crítica perante sua torcida…comédia pastelão!kkkk

  • ODILON SILVA = RJ

    Um bom zagueiro, em outras oportunidades mostrou seviço, parece fora de forma, muito tempo afastado.

MaisRecentes

Entrevista exclusiva com Fernando Horta, candidato à presidência do Vasco



Continue Lendo

Após mudança de técnico, Vasco foi o time que mais pontuou no Brasileiro, ao lado de Palmeiras e Cruzeiro



Continue Lendo

O ‘anti-gol’



Continue Lendo