‘Quem é Bruno Teles?’



Bruno Teles é o novo reforço do Vasco (Foto: Divulgação/Site Oficial do Krylya Sovetov)

Bruno Teles é o novo reforço do Vasco (Foto: Divulgação/Site Oficial do Krylya Sovetov)

‘Quem é Bruno Teles?’. Essa pergunta certamente passou pela cabeça de muitos vascaínos após lerem a notícia da chegada do lateral-esquerdo ao clube, nesta terça-feira. Em razão disso, fui fazer um breve levantamento da carreira do novo reforço do Vasco.

Bruno foi formado nas divisões de base do Goiás, clube que defendeu dos 13 aos 18 anos de idade. Ao completar a maioridade, bateu à porta do Grêmio, foi aprovado nos testes e acabou firmando contrato com o Tricolor Gaúcho, isso em 2004.

Em 2006, aos 20 anos de idade, sob o comando do técnico Mano Menezes, fez sua estreia como profissional. Seu primeiro desafio: um Gre-Nal em pleno Beira-Rio, como titular. O clássico terminou 0 a 0 e Teles ganhou a confiança do treinador, que o utilizou em outros 11 jogos do Brasileiro daquele ano. Contra o Santa Cruz, na vitória gremista por 3 a 1, na 36ª rodada, marcou seu primeiro gol e terminou o ano atuando entre os onze.

No ano seguinte, iniciou a temporada já como uma das grandes promessas da equipe e garantido no elenco profissional, sendo o reserva de Lúcio na campanha do Grêmio na Libertadores, onde foi vice-campeão, perdendo para o Boca Juniors na decisão.

No Brasileiro de 2007, foi titular em oito dos primeiros dez jogos da equipe mas uma grave lesão mudaria sua carreira. Contra o Atlético-MG, no Mineirão, rompeu os ligamentos cruzados do joelho direito e teve que ficar sete meses afastado dos gramados.

Ao retornar, já no ano seguinte, sofreu uma torção no tornozelo em sua reestreia, perdendo ainda mais tempo e espaço no elenco tricolor. Em fase de recuperação, foi emprestado a Portuguesa, mas não conseguiu se firmar. O mesmo aconteceu em suas passagens por Sport e Juventude. No clube catarinense, já em 2009, nova lesão. Dessa vez, uma fratura no rosto o deixou longe da bola por cerca de um mês.

Sem sorte e sequência no Brasil, se transferiu para Portugal, defendendo por quatro anos o Vitória de Guimarães e voltando a reencontrar o bom futebol que o elevou ao status de revelação no Grêmio. Na temporada 2010/2011 foi eleito, em votação popular com a torcida, o melhor jogador da equipe no ano.

Em 2012, acertou sua transferência para o Krylya Sovetov, da Rússia, clube campeão da 2ª divisão em junho de 2015. Por lá, voltou a sentir dores no joelho, o que o deixou novamente parado por um tempo. Em seu último ano pela equipe, Bruno Teles atuou em 20 jogos e marcou um gol. Sua última partida aconteceu no dia 30 de maio, quando seu time venceu Khimik Dzerzhinsk por 3 a 0 e garantiu a taça.



  • Ricardo

    Mais um bichado trazido pelo demente.

  • Paulo Wagner

    Mais um bichado para ficar encostado, enquanto aturamos Christianno….só podem estar de brincadeira! Se não dá para trazer alguém decente, não traz ninguém! O cara não vai resolver, vamos continuar aturando o Christianno e ainda vai receber um salário de uns 20 ou 30 mil reais. E a diretoria ainda se diz competente! Como é possível?

  • Diogo

    Que grande merd@ de jogador!

  • ODILON SILVA = RJ

    Mais desconhecido procurando espaço, São jaanuario casa dos desamparados.

MaisRecentes

Caio Monteiro marca seus primeiros pontos no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

A zona vascaína



Continue Lendo

O ‘novo’ Nenê



Continue Lendo