A pintura de Douglas Luiz



Douglas marcou seu 1º gol pelo Vasco (Foto: Paulo Sérgio/Lancepress)

Douglas marcou seu 1º gol pelo Vasco (Foto: Paulo Sérgio/Lancepress)

Nem sempre uma grande pintura recebe a mais bela moldura logo após a última pincelada.

Por anos, às vezes, as telas se perdem em meio à aquarelas, cavaletes e velhos estojos. Ainda assim, mantêm sua beleza e vivacidade intactas quando bem cuidadas. Com o tempo, aprendem a apreciá-la e lhe concedem um lugar com mais luz e menos pó.

Há quem fale que o autor só ganha reconhecimento após a morte. Porém, o futebol não liga muito para essa divisão de mundos. Contempla seus deuses em terra, reza por seus santos ao pé do ouvido e ganha vida na morte súbita. O grito de gol só explode no agora, nunca depois da hora.

Douglas Luiz fez a sua primeira pintura, numa tela manchada em São Januário pela derrota para o Vila Nova. Uma obra assinada pelo garoto da idealização até a finalização, com tapas de direita e de esquerda. Mais impressionante que impressionismo.

Um toque de Realismo para quem ainda sonha ser realidade.



MaisRecentes

Pikachu assume a vice-liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Luis Fabiano e a intimidade do gol



Continue Lendo

A paixão de Romário



Continue Lendo