Padrão de jogo, o grande mérito do Vasco



Marcinho e Montoya comemoram o gol do Vasco (Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

Marcinho e Montoya comemoram o gol do Vasco (Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

É muito difícil analisar um time em pré-temporada. É exatamente aquele momento onde a equipe tem todos os motivos para errar. Falta de entrosamento, pouco tempo de treino tático, falta de ritmo, preparo físico abaixo do ideal e etc.

E o Vasco errou. Muito! Mas não menos que os outros – São Paulo e Flamengo -, o que mostra que não estamos tão aquém dos adversários como pensávamos. Ou vamos pegar o Barcelona e não estou sabendo?!

Se tivéssemos tomado duas escovadas, todos cairiam de pau no time. Mas não foi o que aconteceu. Perdemos duas partidas jogando de igual para igual, contra dois times que já tinham uma base de 2014. Principalmente no primeiro tempo dos jogos, com os dois times descansados e completos, fizemos um jogo franco e fomos para o intervalo empatados.

E perdemos nos detalhes. Uma derrota por um erro individual e outra numa falha do bandeira que não marcou impedimento de Luís Fabiano, que participou da jogada do 2º gol. Mas acontece. Ainda mais nesse período.

Lembrando que o Vasco enfrentou o maior rival, semifinalista da Copa do Brasil do ano passado, e o atual vice-campeão brasileiro. Não era Série B, amigo. O Vasco não perdeu para o Icasa ou para o Luverdense. É bem diferente!

Se dá pra fazer frente a estes dois, não tem porque temer os outros. Quando falam que o futebol brasileiro está nivelado não é da boca pra fora. Mas é futebol, amigo, não pode vacilar. O Vasco vacilou. Mas dá para consertar.

O Vasco não tinha obrigação nenhuma de obter um bom resultado, era a ‘zebra’ do triangular, mas precisava apresentar alguma melhora. E mostrou. Principalmente taticamente.

Mesmo com pouco tempo de trabalho a equipe já mostrou ter o dedo de Doriva e isso é fundamental para termos um bom ano. O 4-2-3-1 bem armado pelo treinador, com os jogadores trocando de posição, mostrou que pode ser efetivo. Mas é início de trabalho, e é natural ter erros de posicionamento e acabar o gás da galera no segundo tempo. E foi o que aconteceu.

Deu para ver que não temos nenhum craque, é um elenco limitado, mas que se encaixar taticamente pode ter uma temporada menos sofrida e com baixo custo, o que é importante para a tão debilitada saúde financeira do clube.

Doriva foi campeão do Paulista com o Ituano em uma equipe toda desconhecida também, mas que encaixou taticamente e triunfou sobre os grandes clubes. Se lá deu, por que aqui não dá?

Acredito que com a chegada de um meia de criação e um centroavante goleador, o elenco se fecha e fica muito próximo do ideal que a torcida quer. Não em relação à história do clube, mas num comparativo com os adversários que terá pela frente.

Tecnicamente, o grupo está – um pouco – abaixo dos outros. Mas mostrou que coletivamente, na tática, pode se equiparar aos principais rivais. O time do Vasco pode não fazer jus a sua história, mas também não tem nenhum bicho de sete cabeças lá fora não… Não há o que temer!

Se tá ruim para o Vasco, então está ruim pra todo mundo…

Ninguém é de ninguém nesse início do ano.

Facebook – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
Twitter – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • Luiz

    Boa Garone. Agora é aguardar o Carioca pra ver como a equipe vai se comportar.

  • Telmo

    Eu não acredito…precisamos de um zagueiro melhor (o Luan é muito fraco) e um centroavante de qualidade.
    Este elenco consegue ser pior que o de 2014.
    Para piorar contratamos o Serginho.
    A série B em 2016 está garantida.

    • Rodrigo

      Ele não e fraco,só e um pouco lento

    • Luiz

      Me desculpe o amigo, mas o Luan é o melhor da zaga, quem tem que sair é o Rodrigo.

      • tulio

        Precisamos de um ataque mais veloz e com movimentação. Se o Doriva conseguir botar a turma pra correr, então temos chance.

        Um camisa 10 faz falta também !

  • Reginaldo Rabelo

    Concordo com seu comentário e acho que não seria precipitado avaliar o seguinte: 1) Sandro Silva não dá. Joga menos do que acha(daí ter cometido a falha crucial) e é extremamente lento. Acho que se deveria fixar como 2º volante o Júlio dos Santos, pela colocação e facilidade em lançamentos curtos e longos; 2) Nei pode ser mais testado na lateral direita pois o Jean Patrick tem dificuldades na posição(é volante); 3) O Cristiano foi melhor ontem que no primeiro jogo, mas ainda acho que o Henrique deveria ter oportunidades reais(por que se dá tantas oportunidades para quem vem de fora e não se tem paciência com os de casa?); 4) Yago, pode ser melhor aproveitado, no sistema 4-2-3-1, sendo o lado direito do 3(para mim esses três homens, seriam Yago, Guilherme Costa(ou Matheus Indio) e Montoya, pela esquerda); 4) Thalles é o melhor centroavante(já era no ano passado, mas preferiam Kleber ex-gladiador) e, na sua ausência, acho que poder-se-ia testar o Bernardo pelo que tem de garra e poder de finalização(Rafael Silva é fraco). Pelo esquema bem montado teríamos: Martin Silva(o único Silva que se salva); 4- Nei(ou Luan), Luan(ou Douglas Silva), Rodrigo e Henrique; 2- Guinazu(na ausência o Serginho que chega agora) e Julio dos Santos; 3-Yago, Guilherme Costa(ou Matheus Indio) e Montoya; 1- Thalles(absoluto quando voltar), ou Marcinho ou Bernardo. No mais, é insistir e treinar muito, pois já acho esse time melhor que os últimos dois(de 2013 e 2014).

    • Beto Norat

      Disse td irmão! ! Saudações vascaínas! !

    • tulio

      Time fica muito vulnerável ! Esse paraguaio é lento !

  • Lédson

    Para mim ,está no caminho certo , faltando apenas , um centroavante bom , um meia no lugar do Bernardo e um lateral direito de vergonha ! Temos que ver que São Paulo e urubú têm uma base formada de ,no mínimo , 2 anos enquanto nós de apenas 15 dias ! Planejamento bom é assim : Primeiro uma base , depois contratações pontuais . Infelizmente termos de ter paciência …

  • tiago

    SE LÁ DEU PORQUE AQUI NÃO DÁ? pq aqui é campeonato carioca ´´meu irmão´´ aqui sempre ganha o mesmo, o time das coisas erradas e das maracutaias, e outra esse time do vasco é ruim coitado do doriva, não tem como fazer nada com esse time vamos sofrer de novo!o lateral direito é ruim, nossos meias uma vergonha, desses amistosos eu só gostei do lat. esquerdo e dos zagueiros e do goleiro que ja sabiamos que eram bons desde o ano passado, de resto estamos lascados e não adianta nos iludirmos!

    • Dias

      Se vc fala que a zaga e boa esta de brincadeira Luan e muito fraco

  • Penso diferente,acho que o Vasco tem que se preocupar e muito…..Esse papo de que não esta entrosado e tals ,,tudo bem ,,isso vale ,,mas vamos pensar,pré temporada nenhuma é pra ensinar lateral a cruzar na área não,e os laterais não acertam nada ! Vejo o vasco contratando volantes, e não tem um meia de qualidade,,pra que trouxeram esse tal de Bolt ,,o Marcinho tem que perder uns 10 kg pra ver se encosta o pé na bola….

  • Alexsandro

    Concordo com o Reinaldo em boa parte, principalmente em colocar o Julio dos Santos de 2° volante, mas Guilherme Costa e Matheus Índio são fracos, somem nos jogos, e o Yago é boa opção para o 2° tempo, pois qdo é titular cansa muito rápido.

  • O otimismo anda mesmo em alta e isto não é ruim. Por outro lado, nada supera a desconfiança. Nem mesmo a possibilidade real de transformar “mico” em mito. Milagres acontecem, principalmente no futebol. No entanto, o Vasco não é o Ituano (com todo respeito aos paulistas – grandeza já vem de sempre – Mas, não é!). Eis a primeira constatação. Não dá para contar com a mãozinha dos deuses da bola em se tratando de Clube de Regatas Vasco da Gama. O tamanho da instituição e da história não permite ou pelo menos não deveria permitir tais riscos. Entretanto, a atual situação financeira (O Flamengo vive crise semelhante ou pior e tenta Montillo em vez de Bolt. Como pode?) nos submete a tal comparação, o que, no mínimo, deixa o torcedor vascaíno com um milhão de pulgas atrás da orelha. Isto para ser educado com os leitores. Nós estamos mesmo é “P” da vida! Isso sim!

    A verdade é que o time é uma incógnita. Uma aposta ousada, apesar de calculada. Não vejo títulos, mas creio em uma briga menos traumática pela permanência na primeira divisão. O meio da tabela está garantido. Eu acho! O time, disse time, é uma espécie de Chapecoense com roupa de gala. Pobre, mas limpinho! Doido para queimar a língua resta-nos considerar o imprevisível e a mística da camisa. Considerando-se que o Vasco é o time da virada, tudo é possível, até os laterais aprenderem a cruzar. Saudações “sofridas” cruzmaltinas. Que venha o estadual!

  • Olá Vascainos prepare o coração que 2015 vai ser de muito sofrimento, gostei da vontade dos jogadores contra o são paulo e Flamengo só acho que o Nei não dá mais e falta o matador de verdade. saudações a todos Vascainos:

  • Triste realidade… E o pior, não se vê uma luz no final do túnel. Três jogos, três derrotas.Um plantel fraquíssimo, excessão do goleiro Martin Silva(amigo, preparasse, vc vai ter muito trabalho). O Vasco jogou como se estivesse disputando uma final de campeonato, sem dúvidas houve empenho de todo o time, parabéns, mas só isso não basta, temos que ter bons jogadores, jogadores a nível de Vasco da Gama. O São Paulo, ao contrário, jogou em ritmo de treino. Estava claro que poderia decidir no momento em que quisesse, e assim fez.

  • Leonardo

    Não estou mto confiante no time que está sendo montado. Alguns jogadores já deram prova que não tem condições de jogar em um time da grandeza do Vasco… Sandro Silva, Nei, Bernardo, Montoya e cia ltda é difícil de aguentar.

  • fiquei muito feliz com esse novo vasco. é claro que falta mais tempo de treino e estávamos desfalcados do garoto Thalles 9o que me leva a pensar que, talvez, nem precisemos tão urgente de um matador…), mas o que o Doriva conseguiu em 15 dias, com esse elenco de jogadores que couberam na situação financeira atual do clube, é impressionante!!! teremos um bom ano pela frente. acho que vamos ganhar muitas coisas.

  • alexandre

    Realmente os Silva (Sandro e Rafael), ainda estao devendo e muito. Concordo que precisamos de um matador (podia ser o Borges), mas o Thales deve resolver. Tem que dar ritmo de jogo pro garoto, deixar jogar. Será um ano menos sofrido, com certeza. Título, talvez

  • Roberto Mendes Rodrigues

    Na boa vocês jornalistas tinham que ser mais responsáveis nesse tipo de comentário. O texto dá a entender que o Vasco está muito próximo dos principais times do Brasil a ponto de brigar para ser campeão Brasileiro. O próprio Doriva admitiu, hoje o São Paulo é muito melhor que o Vasco. Perder só de 2X1 foi um grande mérito dele. Nós vascaínos temos que ter humildade e admitirmos que esse time tem capacidade de (se encaixar) ganhar o Carioca por ser mata-mata. Mas no Brasileiro nosso objetivo é não cair. E no ano que vem os objetivos serão os mesmos. Chega de otimismo, chega de ilusão! Humildade e realismo é o que a torcida precisa agora.

  • Jean Lins

    Belo texto Garone nos últimos dias andei pensativo sem comentar porque não poderia simplesmente me assustar com uma derrota em um jogo treino, depois veio o nosso rival e uma falha bisonha que nem em treino o atleta deve cometer e perdemos e o detalhe é que após o ocorrido o atleta ainda disse que não sabia que era o último homem e se não fosse deveria brincar ? Se eu apenas lesse aqui e não tivesse parado para assistir a 2 jogos eu estaria na esperança de um 2015 legal afinal de contas logo logo vamos enfrentar Macaé Friburguense entre outras equipes e vamos ganhar um jogo aqui outro ali e para o torcedor Vascaíno será o ápice afinal agora ganhamos, quero estar muito mais muito errado mais esse time não me encanta, o que eu vi após dois jogos foi correria e um defesa perdida vide o gol do São Paulo ainda quando todos estavam teoricamente descansados, enfim dá para melhorar sim mais não dá para tirar leite de pedra o elenco se continuar assim sem atacante e depositando em Bernardo Montoya Jhon Cley Sandro Silva Nei não consigo prever o futuro mais ao que tudo indica será sombrio demais até as últimas rodadas do Brasileiro, campeonato esse que o nosso presidente não parece estar preocupado já que o mesmo falou que o Carioca é mais importante de todos afinal ali deve ter as melhores equipes do Brasil eu acho, enfim o que falta ao Vasco um meio mais forte com jogadores de marcação mais sério, armadores o que não temos quando eu vi pela 2ª vez o Dos Santos entrando de volante logo percebi que ele não deve executar essa função o que não parece ser uma decisão acertada já que ele mesmo já falou sou um jogador lento mesmo assim ainda insistem em coloca-lo como volante o Bernardo Cisca daqui e dali e apenas o torcedor acha graça no futebol dele o nosso ataque inoperante já falei aqui outrora e volto a dizer com o Thalles não vamos a lugar nenhum temos que ter um time melhor mesmo com pouco orçamento e a diretoria já deveria estar indo atrás seja de onde for mais deveria ir atrás para colocar atletas que correspondam dentro de campo /+/

MaisRecentes

A rosa de crepom



Continue Lendo

Luis Fabiano é regularizado pelo Vasco e está livre para atuar contra o Flamengo



Continue Lendo

A classificação do Vasco e a torcida única



Continue Lendo