Os números do zagueiro João Carlos em sua primeira passagem pelo Vasco



joao carlos vasco 2002

João Carlos em ação pelo Vasco em 2002 (Foto: Arquivo LANCE!)

O torcedor vascaíno talvez não se lembre, mas o zagueiro João Carlos, possível reforço do clube para esta temporada, vestiu a camisa cruz-maltina em seu início de carreira. Revelado no próprio Vasco, o jogador está perto de acertar seu retorno a Colina, como noticiou o LANCE!Net.

O defensor subiu para os profissionais em 2001, em um período de transição da equipe, que começava a se desmanchar após anos de sucesso no fim da década de 90. Apesar da pressão de ‘substituir’ ídolos como Mauro Galvão e Odvan, teve atuações de destaque e conseguiu se firmar como titular em seu segundo ano na equipe principal.

Ao lado de Géder, outro atleta formado na base, fez boas exibições, mostrando tranquilidade e personalidade, apesar da pouca idade na época. Porém, o bom rendimento acabou fazendo com que o jogador deixasse São Januário com apenas 21 anos, para iniciar uma carreira que já dura 13 temporadas na Europa.

Na Bélgica, onde atuou por sete anos, chegou a ser convidado para se naturalizar e jogar pela seleção local, mas sua ida para a Rússia, onde atuou por Anzhi e Spartak Moscou, brecou a mudança. Agora, mais de uma década depois, João Carlos pode voltar a vestir a camisa do clube onde foi tido como promessa, porém, hoje chega para ser solução.

FICHA DO JOGADOR
João Carlos Pinto Chaves
zagueiro, 01/01/1982, Rio de Janeiro-RJ

Pelo Vasco
2001 – 14 jogos e 0 gols
2002 – 33 jogos e 1 gol
Total – 47 jogos e 1 gol

Estreia de João Carlos pelo Vasco:

Vasco Da Gama 0 x 1 Bahia (BA)
Data: 16/09/2001
Campeonato Brasileiro
Local : São Januário
Arbitro : Márcio Rezende De Freitas
Público : 7.750
Gols : Marcus Vinícius (Bahia 46/2ºT)
Expulsão : Marcos Basílio (Bahia)

Vasco – Hélton, Rafael, Odvan, João Carlos (Valdo), Edinho, Donizete Oliveira, Jamir (Dedé), Ricardo Bóvio, Juninho Paulista (Botti), Bebeto e Romário Técnico : Hélio Dos Anjos

Bahia – Émerson, Denílson, Carlinhos, Jean Elias, Jefferson, Preto, Marcos Basílio, Bebeto Campos, Ramos, Alex Alves (Marcus Vinícius) e Nonato (Kena) Técnico : Evaristo Macedo

Primeiro gol de João Carlos pelo Vasco:

Vasco Da Gama 1 x 3 Fluminense (RJ)
Data: 24/03/2002
Torneio Rio – São Paulo
Local : Maracanã
Arbitro : Antônio Pereira Da Silva
Público : 29.252
Gols : Júlio César (Fluminense 5/1ºT), Roger (Fluminense 29/1ºT), João Carlos (Vasco 43/1ºT) e Júlio César (Fluminense 17/2ºT)

Vasco – Hélton, Leonardo, Gomes, João Carlos, Alex Oliveira (Souza), Donizete Oliveira, Jamir (Edinho), Ricardo Bóvio (Rodrigo Souto), Felipe, Ely Thadeu e Romário Técnico : Evaristo De Macedo

Fluminense – Murilo, Flávio, Régis, Maurício Fernandes e Paulo César (Caio), Marcão, Fabinho, Roger, Bismarck (Júnior César), Júlio César (Alex) e Magno AlvesTécnico : Oswaldo De Oliveira



  • Claudio

    Perder para essa baba, esse arremedo de time do Coritiba, é pra fechar as portas!
    Em 19 jogos, só ter 3 vitórias e 12 derrotas, e agora ter que ganhar mais da metade restante, Eurico vai pra Sibéria e toma muito cajú.

  • Fred LWM

    Contratação inútil, e pior, mais um jogador acima dos 30 anos, como têm sido quase todas as contratações.

    • Henrique Pereira

      Bom é o Jomar, o Aislan…

      • Fred LWM

        Não, tudo o mesmo adubo. Esse João Carlos é tão bom, que em 13 anos na Europa só teve espaço nas potências que são Bulgária, Bélgica e Rússia.

  • ODILON SILVA = RJ

    Quem ? BELLINI…………..

MaisRecentes

Paulinho ganha onze posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

O nascer de Paulinho



Continue Lendo

Memórias do Morumbi



Continue Lendo