Os números do zagueiro João Carlos em sua primeira passagem pelo Vasco



joao carlos vasco 2002

João Carlos em ação pelo Vasco em 2002 (Foto: Arquivo LANCE!)

O torcedor vascaíno talvez não se lembre, mas o zagueiro João Carlos, possível reforço do clube para esta temporada, vestiu a camisa cruz-maltina em seu início de carreira. Revelado no próprio Vasco, o jogador está perto de acertar seu retorno a Colina, como noticiou o LANCE!Net.

O defensor subiu para os profissionais em 2001, em um período de transição da equipe, que começava a se desmanchar após anos de sucesso no fim da década de 90. Apesar da pressão de ‘substituir’ ídolos como Mauro Galvão e Odvan, teve atuações de destaque e conseguiu se firmar como titular em seu segundo ano na equipe principal.

Ao lado de Géder, outro atleta formado na base, fez boas exibições, mostrando tranquilidade e personalidade, apesar da pouca idade na época. Porém, o bom rendimento acabou fazendo com que o jogador deixasse São Januário com apenas 21 anos, para iniciar uma carreira que já dura 13 temporadas na Europa.

Na Bélgica, onde atuou por sete anos, chegou a ser convidado para se naturalizar e jogar pela seleção local, mas sua ida para a Rússia, onde atuou por Anzhi e Spartak Moscou, brecou a mudança. Agora, mais de uma década depois, João Carlos pode voltar a vestir a camisa do clube onde foi tido como promessa, porém, hoje chega para ser solução.

FICHA DO JOGADOR
João Carlos Pinto Chaves
zagueiro, 01/01/1982, Rio de Janeiro-RJ

Pelo Vasco
2001 – 14 jogos e 0 gols
2002 – 33 jogos e 1 gol
Total – 47 jogos e 1 gol

Estreia de João Carlos pelo Vasco:

Vasco Da Gama 0 x 1 Bahia (BA)
Data: 16/09/2001
Campeonato Brasileiro
Local : São Januário
Arbitro : Márcio Rezende De Freitas
Público : 7.750
Gols : Marcus Vinícius (Bahia 46/2ºT)
Expulsão : Marcos Basílio (Bahia)

Vasco – Hélton, Rafael, Odvan, João Carlos (Valdo), Edinho, Donizete Oliveira, Jamir (Dedé), Ricardo Bóvio, Juninho Paulista (Botti), Bebeto e Romário Técnico : Hélio Dos Anjos

Bahia – Émerson, Denílson, Carlinhos, Jean Elias, Jefferson, Preto, Marcos Basílio, Bebeto Campos, Ramos, Alex Alves (Marcus Vinícius) e Nonato (Kena) Técnico : Evaristo Macedo

Primeiro gol de João Carlos pelo Vasco:

Vasco Da Gama 1 x 3 Fluminense (RJ)
Data: 24/03/2002
Torneio Rio – São Paulo
Local : Maracanã
Arbitro : Antônio Pereira Da Silva
Público : 29.252
Gols : Júlio César (Fluminense 5/1ºT), Roger (Fluminense 29/1ºT), João Carlos (Vasco 43/1ºT) e Júlio César (Fluminense 17/2ºT)

Vasco – Hélton, Leonardo, Gomes, João Carlos, Alex Oliveira (Souza), Donizete Oliveira, Jamir (Edinho), Ricardo Bóvio (Rodrigo Souto), Felipe, Ely Thadeu e Romário Técnico : Evaristo De Macedo

Fluminense – Murilo, Flávio, Régis, Maurício Fernandes e Paulo César (Caio), Marcão, Fabinho, Roger, Bismarck (Júnior César), Júlio César (Alex) e Magno AlvesTécnico : Oswaldo De Oliveira



  • Claudio

    Perder para essa baba, esse arremedo de time do Coritiba, é pra fechar as portas!
    Em 19 jogos, só ter 3 vitórias e 12 derrotas, e agora ter que ganhar mais da metade restante, Eurico vai pra Sibéria e toma muito cajú.

  • Fred LWM

    Contratação inútil, e pior, mais um jogador acima dos 30 anos, como têm sido quase todas as contratações.

    • Henrique Pereira

      Bom é o Jomar, o Aislan…

      • Fred LWM

        Não, tudo o mesmo adubo. Esse João Carlos é tão bom, que em 13 anos na Europa só teve espaço nas potências que são Bulgária, Bélgica e Rússia.

  • ODILON SILVA = RJ

    Quem ? BELLINI…………..

MaisRecentes

Comendo pelas beiradas



Continue Lendo

Em boa fase, Pikachu já entra na lista dos dez maiores artilheiros do Vasco na história da Libertadores



Continue Lendo

Vasco rescinde com mais um jogador do Expressinho



Continue Lendo