O Pai e o menino



Campeonato Carioca - Semifinal - Flamengo x Vasco
Em algum lugar, às 15:40 h deste domingo…

‘- Pai, é hoje, hein! Lembra o que te pedi?’

-‘Fica calmo moleque, hoje tá comigo. Sei que é um dia especial pra você.’

-‘Mas sabe que o negócio por lá anda complicado, né? Não é mais como na nossa época. Tu vai ter que trabalhar direitinho.’

– ‘Quer ensinar padre a rezar missa?! Faço isso há mais tempo do que você dribla. Senta tranquilo aí e pede uma gelada que vai começar.’

A bola rola. Ou melhor, voa. ‘Lançamento’ pra lá e pra cá. Fim de 1º tempo: 0 a 0.

– ‘O Pai, já deu né? Olha o que esses caras tão jogando? Cadê a moralzinha que tu ia dar?’.

– ‘Já dei, não viu aquela defesa que o gringo fez? Sem mim ele não passa nem bola pela poça. Já falei pra relaxar.’

– ‘Mas só tem defesa, ninguém cria. Tá feio. Se bem conheço, daqui a pouco os caras acertam o cruzamento e fazem um. Vê se dá uma forcinha pra uns aí, tem uma galera precisando se redimir. Seria maneiro.’, diz o menino.

– ‘- Moleque pentelho. Tu é chato mas gosto de você. Mas só porque você fazia o que eu pedia também. Tem preferência por algum?’

– ‘Sei lá, me surpreenda’, responde o garoto.

Rafael Silva lança Serginho e o volante cai na área. Pênalti!

– ‘Putz, tu é o cara! Quem ia imaginar que ele ia avançar assim? Nunca sobe! Só você mesmo, Pai!’

Com um sorriso meio de lado no rosto, vira devagar e responde:

– ‘Serginho? Fui eu que fiz isso não. Dei uma cutucada foi naquele rapaz que assopra apito ali no meio, tá me devendo tem tempos! Não podia deixar escapar essa’, responde e solta uma leve gargalhada.

Gilberto cobra e marca: 1 a 0.

O menino pula em cima do Pai e dá um beijo na careca brilhante. O velho homem não se segura e cai na risada. Os dois estão em festa.

‘- Pai, vê se não deita mais cedo dessa vez. Viu o rolo que deu ano passado? Larga essa gelada e concentra. Enquanto ele não apitar tu não dorme!’, esbraveja o menino.

‘- Já que tu gosta de falar, usa esse restinho de tempo para rezar. Faz bem. Pega essa oração aqui no meu bolso, garoto.’, diz o Pai.

E o menino começa a orar em voz alta:

‘- Que o Alecsandro tenha pés, mas não use
Que Paulo Vítor tenha mãos, mas não alcance
Que o juiz tenha olhos, mas só pra gente
E nem um regulamento possa nos fazer mal…’

‘ – Tu não presta, Pai!’, fala o garoto sem conseguir segurar as lágrimas de tanto rir.

‘- Olha o respeito, moleque!’

‘- Voltou?’

‘- Voltou!’

O Flamengo passa a pressionar e o menino começa a ficar nervoso. Tranquilo, o Pai  vira e resolve acabar com a agonia daquele moleque franzino.

‘- Tá afim de ir lá brincar? Afinal, é seu dia.’, pergunta o Pai.

‘- Sério? Você tá falando sério mesmo?’, responde afoito.

‘- Mas de leve, senão os caras percebem. É só pra moralizar a casa, depois tu volta. Sem exagero!’, retruca o homem.

‘-Deixa comigo!’, diz o menino com um ar pouco confiável.

‘- Quer ir no lugar de quem?’, o Pai pergunta.

‘- Deixa eu uns dois minutinhos naquele abusado ali. Vale nada também mas é gente boa. Tem meu estilo. Quero cara duro não!’

Dito e feito. Duas trivelas no meio de campo e uma caneta linda em Bressan, e o garoto volta.

‘- Que drible, hein, moleque? Não fez o gol por quê? Merecia! Que jogada linda!’, diz o Pai ao vê-lo.

‘- Ora, você não falou que não podia abusar? Se soubesse tinha entrado com bola e tudo, o Bernardo merecia essa. Mas tá tranquilo, o senhor sabe que eu gosto mesmo é driblar, já estou satisfeito. Valeu mesmo, Pai! Depois pago a gelada.’

‘- Aqui é de graça, rapaz!’, responde o Pai quase num susto.

‘Pois é, por isso!’, e caem os dois na gargalhada.

O juiz apita o fim e eles se abraçam. As lágrimas de alegria e saudade escorrem. Missão cumprida.

‘- Dener, aproveita que tá aqui e bate uma foto minha que vou mandar para o ‘dotô’. Acho que chamam de ‘zelfi’ essa parada agora.’

‘- Deixa comigo, Santana! Mas o certo é ‘servi”.

‘- Bate logo, Dener! Quero descansar.’

‘- Foi, ‘véio’!’.

Pai Santana vasco
 ‘Semana que vem estamos juntos?’, pergunta o menino Dener.

‘- Sempre, meu filho. Sempre…’, responde Pai Santana.

Saudações vascaínas! /+/

Ps: A morte de Dener completou 21 anos nesse domingo.

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • Que texto, foi de emocionar ! Parabéns Garone ! Comentei a semana inteira na suas postagens que o Vascaíno tinha que acreditar, tinha que ir ao Maracanã,e nosso time jogou como Vasco ! Com coragem, com camisa e mostrou que ISSO AQUI É VASCO ! O RESPEITO VOLTOU !

  • Iago Linhares

    Cara, sem palavras. Vc parece que profetizou em seu outro texto. E nesse foi simplesmente perfeito. Chorei ao final.Valeu VASCÃO. Vamos ser campeão dessa porra e trilhar o caminho rumo a reestruturação do clube. Carleto e Jobson esnobaram. Entrem com garra para detonar os do canil.

  • Homero

    Parabéns. Belo texto, emocionante. VASCOOOOOOOOOOO.

  • Tiago Oliveira

    SENSACIONAL!!!!

  • luis antonio

    Maravilhoso este texto, Vc está de parabéns, muito emocionante!!!!!O respeito voltou!!!!

  • Anderson

    Porra fera faz isso não quase chorei aqui! Show!

    • Sensacional,saudades eternas me emocionei aki valewwww, Vascao vai ser campeão em cima do foguinho…

  • Rodrigo Guimarães

    Emocionante. Parabéns.

  • Manoel Lopes

    Putz, sem palavras! Comecei a ler e apenas no final via a foto do Pai Santana!!!! Amo ser Vasco!!!!

  • jorge g de paula

    Sem comentários! Só emoção. Vascoooooooooik

  • Simplesmente emocionante, parabéns Garone!

  • roque

    Muito obrigado!

  • Alma lavada hoje felicidade inexplicável…

  • Michel

    acabei de ler a mensagem para minha esposa (mulamba coitada) e para o filhote que será dos nossos com certeza de apenas 1 ano e 4 meses….minha esposa achou lindo parabéns

  • Racional

    Quem te viu e quem te vê Garone. Há semanas vc publicou que preferiria ganhar clássicos honestamente. E hj se regozija com a vitória do Vasco com um pênalti polêmico. E ainda embarca nesse engodo do ex-deputado que o respeito voltou. Se ter 8 pênaltis em 17 jogos é marca de respeito, então é por aí mesmo…talvez nem respeito, mas temor por parte dos árbitros, por terem nos bastidores suas carreiras prejudicadas. Mas vc que trabalha na mídia, pode avaliar isso melhor que eu.
    Poderemos convergir que nos 2 jogos das semifinais o Vasco jogou melhor que o Flamengo. Sim. O Vasco jogou melhor que o Flamengo, ou talvez o Flamengo não tenha jogado nada. Mas o mérito é sim vascaíno.
    Abçs.

    http://blogs.lancenet.com.br/garone/roubado-nao-e-mais-gostoso/

    • André Schmidt

      Uma pena você só ter tirado isso do texto inteiro. Não tinha nada a ver com seu assunto, mas respeito… Abraço!

      • Vascaino

        Realmente, concordo com o André Schmidt. O flamenguista racional pegou um texto em que a proposta não era enaltecer favorecimentos a ninguém, mas prestar uma homenagem a dois saudosos vascaínos falecidos.

        Primeiro, se fosse para fazer apologia a ganhar roubado deveria escrever assim : “PENA QUE NAO FOI ROUBADO”. Porque o pênalti foi claro. Duvidoso só para os flamenguistas que viram a bola do Vasco ano passado meio metro pra trás do gol e ali entenderam que foi “erro do juiz”. Foi erro ou roubo ? Eles tem primeiro que se decidir se foi erro ou roubo mesmo, porque o goleiro deles comemorou o titulo por ter sido roubado. E pra mim foi mesmo. Acintoso.

    • Mario

      Esses caras que torcem prá aquela coisa são engraçados prá caramba.
      A bola entre meio metro, mas o juiz não viu.
      São campeões com um gol, nitidamente, em impedimento, mas, ahhh, são coisas que acontecem.
      Aí, perdem com um penalti polêmico e ficam revoltados.
      O Vasco jogou melhor nos dois jogos e no primeiro era prá eles terem ficado com 10 aos 15 do primeiro tempo e com nove no inicio do segundo. Isso vocês não falam.

  • Alessandro

    Cara, fantástico! Lembrei muito do Dener esta semana. Era moleque e na época morava no interior mas ja contava com o jogo do Vasco contra o Americano (Campos) para poder ver o Dener de perto, mas ai… Mas hoje o Bernardo, num lampejo de Dener quase repete o Edmundo! Ah eu to malucooooo!

  • sao gonçalo

    Saudadeeees eternas ainda era muito pequeno quando fui no primeiro vasco e fla da minha vida. Eu estava enlouquecido com a força jovem e suas bandeiras com as bolas brancas e pretas que nos deram e quando subiu o bandeirao do ed todo mundo jogou as bolas por cima. Dai vi uma figura de terno branco e com a bandeira do vasco na mão ele a colocou no chão em reverencia se ajoelhou e a beijou e todos gritavam Santana Santana é força jovem fiquei todo arrepiado e perguntei com os olhos arregalados pro meu pai que é ele quem é ele pai. E ele me respondeu ele é o macumbeiro do vasco meu filho. Saudades meu veio sei que você ficou feliz hoje. Vasco para vascainos “o respeito voltou” salve Eurico…

  • Matheus

    Sempre, meu pai … Sempre! SAUDAÇÕES ETERNAS /+/

  • Junior Pimentel

    Belo texto. O Vasco jogou com garra e montou um time muito competitivo. Claro que temos que melhorar o elenco para o restante da temporada, mas o grupo já conta com boas peças.
    Em relação a marcação da penalidade, aconteceu em um lance em que um zagueiro desequilibrado, isso já vinha da partida anterior, chegou no lance e tocou o jogador do Vasco. Não necessita de violência para cometer a penalidade, basta deslocar o jogador que vem chegando para finalizar, como foi o que aconteceu, portanto pênalti.
    O Vasco tem um bom time e será campeão, tem um técnico motivador e que ganhou o grupo, vai ser difícil bater esse time.

  • tenho um ditado popular que diz assim que chumbo trocado nao doi,entao roubado é mais gostoso chupa mulambada VASCOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

  • Fiuza

    Primeiro: Garone, Perfeito seu texto, logo no começo achei que fosse algo sobre os Tais Deuses do futebol e “seu Filho” um torcedor, me lembrou a minha história sobre a final da copa Mercossul( a eterna virada sobre o palmeiras), mas quando eu vi que se tratava de Dener e Pai Santana…..Não me contive, tive que chorar. Sempre fui fã declarado do Dener. Se o Pelé é o Rei do Futebol, Dener é o príncipe, o verdadeiro Herdeiro do trono….
    E conheci o Pai Santana de perto, ele era como um Tio pra mim, pois temos o mesmo sobrenome, o carinho por ele sempre foi como de um familiar pra mim.Era óbvio me emocionar…..Como diz a frase, o sentimento não pode parar.Parabéns pela homenagem, foi lindo demais.Obrigado Garone.

    Segundo: Não me surpreende mais a hipocrisia dos mulambos, diretoria,torcida e sobretudo jogadores….Pq se fosse diferente, não viriam a publico falar nada disso. O Vascão Perdeu o Titulo contra várias irregularidades e nem por isso disse a diretoria que o campeonato deveria acabar( me corrijam se eu estiver errado). O Alecssandro por exemplo viu as irregularidades de perto qnd jogou no vasco e agora entra na onda hipócrita da diretoria mulamba….Vergonha!!!!!

    Terceiro: O Vascão Jogou melhor todas as partidas contra o menguinho, a vitória um dia iria acontecer, mais uma vez fomos superiores, ou a bola que o paulo vitor tirou de dentro do gol não lembra nada, não há o q comentar,foi lance normal????? e o q dirá do penalti do guina no cirino no jogo do brejo do maracanã??? foi igual esse penalti desse zagueiro horrível, wallace, o critério foi o mesmo, e ainda o vasco se deu o capricho de não fazer o gol cm bernardo, esse merecia fazer o gol e muito.

    Quarto: Pra quem critica o Eurico….ELe tem razão em comemorar, em falar que o respeito voltou, pq o vascão antes Tinha q se sujeitar a RG e ser humilhado pelos rivais, agora não, cm um time modesto e considerado pela mídia como medíocre e que não empolga, chegou a final, eliminou os mulambos de novo( igual 2012, taça guanabara e taça Rio).

    e Quinto: Aos Vascaínos incredulos: ACREDITEM NO VASCÃO, torcida faz a diferença e fez nesse domingo, o vascão jogou com brio e cm vontade, jogou pra vencer.Mas é claro q somente para esses vascaínos voltarem a acreditar no time,tem q ganhar o Carioca.

    Agora que venha a final do Carioca e mais histórias como essa que só fazem (ainda) do futebol o esporte mais emocionante do mundo. E que a soberba não atinja niveis de mulambo, nem no time, nem na diretoria pq ainda tem muito trabalho pela frente, tem q ganhar esse titulo, tem copa do Brasil e Brasileirão…..Esse time do Vascão ainda tem q provar q o respeito realmente voltou e que o gigante finalmente acordou.

    SAUDAÇÕES VASCAÍNAS!!!!!!!!!!!!!!

  • martins

    parabéns!

    saudades!

  • Fiuza

    Ahhhh e mais uma coisa: A mídia acha que futebol é só flamengo e corintians…..
    Final do campeonato Paulista: Santos X Palmeiras
    Final do Campeonato Carioca: Vasco X Botafogo

    Em Resumo: CHUPA RG, CHUPA MULAMBADA E CHUPA GAMBAZADA!!!!!!!!!!!!!!!!

  • sebastião frescurat

    linda esta lembrança do pai santana com o dener gostaria de dizer a torcida do flamengo que

    chumbo trocado não doi.

  • sergio romiro

    SENSACIONAL GARONE, Seu texto de grande sensibilidade nos deixa, todos os vascaínos, com uma saudade imensa não somente do Dener mais também do Pai Santana. A emoção que causou foi muito grande, tanto que deixou estes flamenguistas, que vivem a margem do bem, com uma frustração imensa adotando apenas uma saída, a dos fracos que procuram denegrir o amigo com insinuações totalmente fora do sentido do texto. Nada podia ser melhor, para todos nos vascaínos, do que uma balançada de bons sentimentos nesta SEGUNDA FEIRA, DE GRANDE ALEGRIA.
    SAUDAÇÕSE VASCAINAS

  • Mauro

    Pô, vai me fazer chorar no trabalho! kkk

  • Ubirajara

    De arrepiar, só vascaíno sabe o que isso significa, parabéns.

  • bruno

    Pai Santana…… Q saudades desse senhor q viveu para o Vasco e para os vascaínos

  • Francisco pontes

    Cara o texto foi perfeito, no final quando revelou os personagens, não aguentei e lágrimas rolaram. Esses caras fazem falta, e já mais poderemos esquecê.

  • Harrison patrick

    Sem comentários, texto muito lindo….

    Muito obrigado pai Santana.

  • Madson CRVG-ES

    Caramba, texto simplesmente sensacional, de arrancar lágrimas de qualquer um que ame o Vasco de verdade! A nossa equipe é guerreira, tem tudo pra sair com a vitória nessa final. Vamos trilhar novos caminhos daqui pra frente, é o que essa imensa torcida e grandes personagens da história do Vasco da Gama como Dener e Pai Santana merecem. Pelo Vasco, tudo!

  • Marcos Vinícius

    Tu tá ficando bom nessa parada de escrever texto emotivo. Primeiro foi o que o Dener teria feito,agora esse…parabéns,parabéns mesmo. Tomara que daqui a duas semanas você nos presenteie com um melhor que esse,com a palavra “CAMPEÃO” no final.

  • Rafael Varéto

    Me arrepiei legal , chegou a sair lágrimas , que texto !

  • Romulo

    Fantástico!

  • Mais um texto lindo de emocionar o vasco esta voltando a ser grande por mais que o Eurico Miranda tenha errado em algumas coisa ele merece a chance de concerta e essr texto mostra o porque do Vasco ser grande é porque tem ídolos e heróis Parabéns Garone

  • ODILON SILVA = RJ

    Aí eu choro,,,,,BUá..Buá…….Buá…………

  • Ralph

    http://www.ricaperrone.com.br/whatsapp-divino/

    Qualquer semelhança é mera coincidência! Ou não né…
    Isso é plágio.
    Garone pode até rimar com Perrone, mas não é pra usar a mesma ideia do texto não.

    • André Schmidt

      Plágio? Amigo, diálogo é uma coisa bem antiga, dos primórdios da comunicação, o início da comunicação oral. E o fato de vir ‘dos céus’, vem do Sobrenatural de Almeida, de Nélson Rodrigues, já leu? Gosto muito do Rica, mas não foi plágio não. Até porque, cada diálogo é diferente, os personagens são outros, os acontecimentos então, de outro jogo, em outro momento… O texto foi inspirado no aniversário de morte do Dener e nos tradicionais trabalhos de Pai Santana, nada tem a ver com Deus e Papa.
      Mas fico feliz pela comparação, sou fã do Rica Perrone.
      Abraço!

MaisRecentes

Vasco rescinde com dois jogadores dos juniores



Continue Lendo

Quadrilha vascaína



Continue Lendo

Nenê: titular ou opção no banco?



Continue Lendo