O fator Andrezinho



Andrezinho tem sido o ponto de equilíbrio do Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Andrezinho tem sido o ponto de equilíbrio do Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Cinquenta e cinco jogos pelo Vasco, com 7 gols e 5 assistências. Os números de Andrezinho pelo Cruz-Maltino estão bem distantes dos de Nenê – 59 partidas, 26 tentos e 19 passes para gols -, com quem divide a responsabilidade de criação do time. Ainda assim, sua importância para a equipe está no mesmo patamar.

Nenê é o individual que resolve. Andrezinho é a peça que faz o coletivo ir bem. Enquanto o camisa 10 decide partidas, mesmo quando a atuação do grupo não é boa, o 7 é o fator primordial para que a engrenagem, principalmente no meio-campo, funcione.

Nenê decide. Andrezinho define, se será bom ou ruim o desempenho do time. É ele quem gira a bola, muda o ritmo e saiu do óbvio. Pega na zaga a bola para fazer a saída e aparece no ataque para buscar algo novo. Dá passes e define. Marca e foge da marcação. É o fiel da balança. E foi assim que garantiu a classificação contra o Santa Cruz.

Sem muito alarde, aos 31 anos de idade, Andrezinho mostra que ainda pode ter grandes atuações, como a de quarta-feira. Mesmo sozinho.



MaisRecentes

A rosa de crepom



Continue Lendo

Luis Fabiano é regularizado pelo Vasco e está livre para atuar contra o Flamengo



Continue Lendo

A classificação do Vasco e a torcida única



Continue Lendo