O dia em que a ‘côrte vascaína’ fez história



Arturzinho atou por apenas seis meses em São Januário (Foto: Placar)

Arturzinho atuou por apenas seis meses em São Januário (Foto: Placar)

Nem Roberto Dinamite e nem Romário. Muito menos Edmundo ou Juninho Pernambucano. Quem comandou a maior goleada do Vasco na história do Campeonato Brasileiro – e a segunda geral da competição – tinha nome de Rei e futebol de craque: Arturzinho.

No dia 19 de fevereiro de 1984, o Cruz-Maltino entrou no gramado de São Januário desfalcado de Roberto para enfrentar a Tuna Luso, mas sob a batuta de seu novo maestro. Era apenas a 7ª partida do meia com a camisa vascaína, que também não havia marcado nenhum gol até então. Naquela tarde, na Colina, foram quatro.

O massacre começou a ser construído logo aos cinco minutos de jogo. Edevaldo, reserva de Leandro na Copa de 82,  cruzou da direita e Arturzinho fez o primeiro. De pênalti, o Pequeno Príncipe Geovani, com apenas 19 anos de idade, ampliou. De lateral para lateral, Aírton pegou de canhota, de primeira, e fez 3 a 0 no placar antes mesmo do relógio chegar aos 30 minutos.

Antes do intervalo, o ‘Rei Artur’ ainda fez mais um, deixando o zagueiro no chão e tocando com classe. Já na etapa final, novamente o dono da partida fez mais um. Mais uma vez de biquinho, com o pé direito.

Após o show do meia, chegou a vez do aniversariante do dia se destacar. O jovem atacante Marcelo Vita, revelado pelo Guarani, completava 21 anos de idade naquela data e comemorou em grande estilo. Três gols, com dois passes de Arturzinho e um de Geovani, e um 8 a 0 histórico no placar.

E ainda tinha mais. Passe do Príncipe para o Rei, mais um defensor no chão e outro toque tranquilo de direita na saída do goleiro. Era o 4º de Arturzinho e o 9º do Vasco. Dessa vez a côrte vascaína realmente foi feliz. Sem bobos, só bola.

Quatro meses depois Arturzinho se transferiria para o Corinthians. Marcelo, no ano seguinte, foi vendido a Udinense, da Itália. Porém, em 85, surgiria um outro baixinho para suprir essas ausências, um tal de Romário. Mas essa é uma história sobre um outro reino, de um outro rei…

FICHA DO JOGO

Vasco Da Gama 9 x 0 Tuna Luso
Data: 19/02/1984
Campeonato Brasileiro
Local : São Januário
Público : 12.855
Gols : Arthurzinho (Vasco 5/1ºT), Geovani (Vasco 22/1ºT), Aírton (Vasco 29/1ºT), Arthurzinho (Vasco 40/1ºT), Arthurzinho (Vasco 4/2ºT), Marcelo (Vasco 8/2ºT), Marcelo (Vasco 9/2ºT), Marcelo (Vasco 29/2ºT) e Arthurzinho (Vasco 45/2ºT)
Expulsão : Ronaldo (Tuna Luso)

Vasco – Acácio (Roberto Costa), Edevaldo, Daniel Gonzales, Nenê, Aírton, Pires, Geovani, Arthurzinho, Jussiê, Marcelo e Marquinho (Cláudio José) Técnico : Edu Antunes Coimbra

Tuna Luso – Ocimar, Quaresma, Bira, Paulo Guilherme (Ronaldo II), Mário, Samuel, Ondino, Jorginho, Tiago, Miltão e Luís Carlos Técnico : Ari Grecco



MaisRecentes

As mãos invisíveis



Continue Lendo

As mudanças no Vasco pós-Milton Mendes



Continue Lendo

Vasco rescinde com meia do sub-20



Continue Lendo