O beijo



Thalles fez o gol da vitória contra o Remo (Foto: Carlos Gregorio Jr/Vasco)

Thalles fez o gol da vitória contra o Remo (Foto: Carlos Gregorio Jr/Vasco)

O primeiro beijo não tem selfie, não tem foto. Nasce de um impulso. O registro é feito apenas pelo coração. Não revela no papel, mas revela lembranças. Releva o tempo. Relembra a história. Relaxa a alma.

A boca do Vasco, nesta quarta-feira, porém, parecia rachada, exposta. Mais espaçada que os lábios quando o queixo cai. Pikachu, Nenê, Riascos e Jorge Henrique no ‘lábio superior’. O restante do time, no inferior. Ninguém no meio. Sem toque. Sem beijo. Nem de longe, aquele de bico. Nada.

Nem no ombro, para o recalque passar longe. Difícil alguém invejar uma atuação tão ruim.

As ligações diretas são importantes para o romance. Mas para o beijo, é necessário a aproximação física. No futebol, porém, beija quem balança a rede. E se desorganiza quem muito liga, mas pouco encontra.

A equipe de Jorginho foi assim, distante e indiferente.

Mas era o Dia do Beijo. Não poderia passar em branco. Jogando em casa, Yago Pikachu parecia o herói mais provável entre os improváveis. O personagem óbvio daquele roteiro clichê já batido.

O primeiro beijo de Pikachu em uma camisa como profissional foi na do Paysandu, principal adversário do Remo. Há uma história de infidelidade envolvida que os rivais se recusam a confessar. A raiva muitas vezes é o amor que não nos deixam sentir.

Thalles beijou a primeira vez a do Vasco. Beijos sinceros, como de um filho que beija o pai. Paixão de criança.

Em momento algum o Cruz-Maltino mereceu fechar o dia com a boca borrada de batom. Nem o colarinho ou a bochecha. Mas o centroavante tem merecido.

Se não encanta a ‘amada’, ao menos se mostra sempre apaixonado. Briga por um amor que muitos acham impossível, e não desiste.

E isso faz toda a diferença.



MaisRecentes

O clássico Evander



Continue Lendo

Evander e Andrés Ríos ganham posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

O Vasco e a ‘síndrome da Caverna do Dragão’



Continue Lendo