Números mostram diferenças entre o Vasco de Roth e o de Doriva



Celso Roth está com 100% de aproveitamento em seus dois primeiros jogos (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)

Celso Roth obteve 100% de aproveitamento em seus dois primeiros jogos (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)

A principal mudança no Vasco que o torcedor tanto esperava ocorreu de forma rápida. O time voltou a vencer. Essa, mais do que qualquer outra alteração, era a de maior expectativa. Porém, para mudar o resultado final, o time passou por transformações em sua estrutura.

A chegada de Celso Roth mexeu não apenas na postura tática – do 4-2-3-1 para o 4-4-2 -, mas também na forma com que a equipe ‘joga o jogo’. A posse de bola, tão valorizada por Doriva, virou segundo plano, e os números comprovam isso.

Sob o comando do primeiro treinador, o time trocou 2.828 passes em oito partidas, uma média de 353,5 por jogo. Com a contratação de Roth, esta média caiu para 193,5. Ou seja, o Vasco passou a jogar menos com a bola e tentando definir suas jogadas ofensivas de forma mais rápida.

Gráfico de passes do Vasco no Brasileiro (Fonte: Footstats)

Gráfico de passes do Vasco no Brasileiro (Fonte: Footstats)

O Vasco, que antes sofria com os contra-ataques adversários, hoje é quem força o erro do para tentar marcar. Apesar do número de finalizações, desarmes e cruzamentos não terem tido grandes alterações, é a média de gols sofridos e marcados que mais importam.

Nas duas partidas sob o comando do novo treinador, a defesa, mesmo desfalcada, não foi vazada, e o ataque balançou as redes em duas oportunidades. No esquema implantado por Doriva, a equipe vinha tendo média de 1,6 gols sofridos e apenas 0,37 marcados em jogos do Brasileiro.

Gols do Vasco no Brasileiro 2015 (Fonte: Footstats)

Gols do Vasco no Brasileiro 2015 (Fonte: Footstats)

É cedo para falar se o Vasco de Roth irá mais longe do que o de Doriva poderia ir, mas os 100% de aproveitamento em seus dois primeiros jogos apontam uma clara evolução. Se não no futebol apresentado, ao menos nos resultados obtidos.



MaisRecentes

O voo do Vasco



Continue Lendo

Pikachu se torna o 3º maior artilheiro do Vasco na história da Libertadores



Continue Lendo

Ríos assume a liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo