No apagar das luzes, Vasco amplia contrato de jogadores que não atuam e rescinde com jovem da base



Jussa rescindiu com o Vasco (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Às vésperas da votação do Conselho, que definirá quem será o novo presidente do Vasco – com a anulação da urna 7 na Justiça, a chapa comandada por Julio Brant, vencedora da eleição entre os sócios, deverá ser a escolhida -, a atual diretoria segue negociando contratos de atletas. E não só dos profissionais.

Além da rescisão confirmada de Anderson Martins, e das iminentes saídas de Madson, Mateus Vital e Guilherme Costa, a gestão de Eurico Miranda vem mexendo também nos vínculos da base. Foram publicadas no BID -Boletim Informativo Diário da CBF – desta quinta-feira as renovações de contrato do atacante – também atua como lateral-esquerdo – Bruno Henricky, de 21 anos, e do lateral Edmar, de 18.

O que mais chama a atenção, porém, é que nenhum dos dois atletas vêm sendo aproveitados no clube.

Edmar, que ganhou inclusive um reajuste salarial, segundo a publicação do BID, jamais vestiu a camisa do clube. Apesar de ter idade para atuar pelo sub-20, o atleta sequer faz parte do elenco vascaíno que vem disputando a Copa São Paulo de Juniores. Apesar de ter sido contratado em dezembro, o jogador, que nunca atuou, recebeu um aumento de salário e prorrogou seu vínculo até o fim de 2019.

Bruno Henricky é mais um caso difícil de ser explicado. Sem espaço no sub-20, o atacante foi emprestado seguidas vezes nos últimos anos – para Bangu, Artsul e Tigres. Agora, sem idade para atuar pelos juniores, renova sem contrato também por mais dois anos.

Por outro lado, quem deixa o clube é o volante Jussa, titular do sub-20 durante toda a temporada 2016, mas que não foi aproveitado em 2017, sendo emprestado ao Bonsucesso durante o Carioca. O meia teria contrato com o Vasco até maio deste ano, porém, acabou rescindindo.

Além de montar um novo time para a temporada 2018, com a rescisão de Anderson Martins e as iminentes saídas de Madson, Mateus Vital e Guilherme Costa, a diretoria que assumir o clube terá também o trabalho de revisar os novos contratos assinados.



  • Reginaldo Rabelo

    É coisa de bandido da pior espécie. Fico pasmo com dirigentes que estão fazendo negócios com o Vasco neste momento.
    Espero que aqueles partidários desse sr acordem de vez. Quem toma esse tipo de negociata pode ser tudo, menos vascaíno.

  • Diogo Nunes

    Essa praga p mim nunca foi vascaíno! É um fdp de marca maior!

  • Dirceu

    Um absurdo fazer_se uma transferência como esta, de um atleta que tem um potencial de valor muito grande, num momento de transição, quando se sabe que uma nova diretoria irá assumir. Coisa, realmente, de bandido, movido somente por seus escusos interesses pessoais.

  • Jackson Neves Barboza

    Isso ai são para os que engoliam as balelas dessa merda de euvírus!

    • TONI KROOS

      Exato,no início dos anos 2000 Eurico era Deus no Vasco,esses que o hoje o criticam na época o idolatravam,pq o que vale são títulos e não a organização da instituição,se hoje o clube agoniza a culpa também é desses torcedores hipócritas…

  • Artur Fernandes de Maria

    A MÍDIA ESPORTIVA TAMBÉM NÃO GOSTA DO VASCO,ELA TEM PRECONCEITO POIS FOI O VASCO QUE DEU OPORTUNIDADE AO PROLETARIADOS E NEGROS A JOGAR BOLA NO PAÍS QUE SÓ OS RICOS PODIAM JOGA BOLA.E PERSEGUIÇÃO VEM RAIZADA ETÊ HOJE E A MÍDIA COLABORA COM ISSO.

  • Newsan de Jesus

    O glorioso Vasco da Gama de história desbravadora de conceitos e paradigmas quebrados através da bravura de sua torcida e dirigentes eméritos, derrubou as barreiras dos preconceitos e racismo no Brasil.
    Hoje vem sendo mais uma vez alvo da insanidade deste senhor que se diz vascaíno, mais que na verdade não ama o Vasco e sim o poder autoritário e imperialista como se o VASCO DA GAMA fosse propriedade exclusiva dele e da sua família. Eurico saia antes que afundes novamente o VASCO em um mar de dividas, não esperes nem mais um dia, caia fora você já nos fez muito mal.

  • André Amorim

    Só pra lembrar que o Bruno Henricky tá lá pq o pai é militar e ajuda a organizar a segurança lá de fora! Jogador ruim, tropeça seguidas vezes na bola, pesado, centroavante que em 3 anos fez 3 gols…

  • está na hora de fazer uma limpa no vasco.

MaisRecentes

Um Vasco que precisa nascer prematuramente



Continue Lendo

A derrota dos vascaínos



Continue Lendo

Volante do sub-20 deixa o Vasco



Continue Lendo