Newell’s x Vasco: o dia em que Maradona se rendeu a Dener



Vítor, ex-meia do Vasco, ao lado de Maradona durante o amistoso (Foto: Arquivo pessoal)

Vítor, ex-meia do Vasco, ao lado de Maradona durante o amistoso (Foto: Arquivo pessoal)

Maradona completa nesta quinta-feira 54 anos. Dener, infelizmente, teve sua vida interrompida quando ainda tinha apenas 23 anos de idade. Porém, quisera o destino que quatro meses antes do acidente que vitimou o atacante brasileiro, as duas lendas se encontrassem no mesmo gramado.

A festa era para Don Diego, que estreava pelo Newell’s Old Boys, em seu retorno à Argentina, após mais de uma década na Europa. Porém, do outro lado, o jovem garoto Dener também fazia a sua primeira aparição com o manto cruz-maltino.

A partida foi realizada no Estádio Parque Independência, em Rosário. Enquanto todos esperavam um show do camisa 10 argentino, foi o dez vascaíno que encantou o público.

Com apenas 5 minutos de jogo, Dener pegou sua primeira bola pela direita, deixou quatro adversário para trás e só foi parado pelo goleiro Escarbone. Este seria o cartão de visitas do menino, que ganhou aplausos inclusive da torcida adversária. Depois dessa jogada, os olhos de todos se voltaram também para o gênio brasileiro.

O amistoso, para celebrar a volta de Dieguito, se transformou num show de Dener. Com dribles rápidos e belas arrancadas, o atacante roubou os holofotes para si.

Desconhecido dos argentinos até então, o camisa 10 vascaíno passou a ser aplaudido a cada toque na bola. Assim como Maradona. O duelo entre Newells’s e Vasco, se transformou numa disputa entre Dener e Diego.

Enquanto El Pibe, claramente fora de forma, sofria com a forte marcação da excelente dupla de volantes formada por Luisinho Quintanilha e Leandro Ávilla, a promessa brasileira usava sua habilidade fora do normal para infernizar a defesa adversária, caindo pelos dois lados do campo em constante troca de posição com Valdir.

Aos 20 minutos do segundo tempo, Tata Martino – atual treinador da Argentina – e Leandro se desentenderam em campo e novamente o craque fez a diferença. Dessa vez, o argentino.

Maradona rapidamente separou a confusão e foi cumprimentado por Jair Pereira, então técnico cruz-maltino, e o saudoso Pai Santana. Mais um personagem histórico para abrilhantar este momento. Durante a confusão, Dener acabou substituído por Hernane e deixou o gramado aplaudido de pé pelos torcedores e também pelo ‘dono da festa’.

O Vasco dominou, Dener brilhou, mas a vitória não veio. No retorno de Maradona, um 0 a 0 atípico pelo futebol jogado e pelos craques presentes no gramado.

Uma partida que poderia nunca ter terminado…

/BlogDoGarone
@BlogDoGarone



MaisRecentes

Ex-Barcelona é uma das novidades do time sub-20 do Vasco



Continue Lendo

De volta ao Vasco, Martin Silva se aproxima de recorde pelo clube



Continue Lendo

Vasco prorroga os contratos de dois jogadores do sub-20



Continue Lendo