Nenê está perto de entrar na lista dos 25 maiores artilheiros do Vasco na história do Campeonato Brasileiro



Nenê marcou no empate com o Sport (Foto: Carlos Ezequiel Vannoni/Eleven)

Nenê marcou no empate com o Sport (Foto: Carlos Ezequiel Vannoni/Eleven)

Após três meses de jejum – não marcava desde a vitória sobre o Atlético Goianiense, no dia 25 de junho -, Nenê voltou a fazer um gol pelo Vasco.

O tento contra o Sport, na última segunda-feira, não rendeu os três pontos para a equipe cruzmaltina – André decretou o placar de 1 a 1 -, mas deixou o meia muito próximo de entrar para um seleto grupo de jogadores: o dos 25 maiores artilheiros do clube na história do Campeonato Brasileiro.

O apoiador balançou as redes apenas três vezes nesta edição e ficou de fora em 2016, por disputar a Série B, mas já soma 12 tentos na competição com a camisa vascaína. Em 2015, mesmo estreando já no último jogo do 1º turno, deixou sua marca em nove oportunidades.

Nenê agora está a um gol de igualar as marcas de Diego Souza, Euller, Vivinho, Alecsandro e Marquinhos Carioca, que atualmente ocupam a 23ª posição no ranking.

Com 181 gols pelo Vasco no Brasileiro – fez outros nove pela Portuguesa, em 89 -, Roberto Dinamite é o líder disparado da lista. Entre os meias, quem mais se destaca é Ramon. Campeão brasileiro em 97 e da Libertadores em 98, o jogador anotou 46 gols na competição nacional somando suas três passagens pelo clube.

Confira a galeria com o top 25 dos maiores artilheiros do Vasco na história do Brasileirão:



  • Murillo

    Jogador cintura dura. É simplesmente constrangedor ver isso em campo, ver a torcida idolatrá-lo, quando você lembra que já teve Felipe como o canhoto cerebral do seu clube. Nene é ruim de bola. Grosso, mimado e arrogante. O pior camisa 10 que eu já vi com a camisa do Vasco.

    Finalização a média distância é ridícula. Dinâmica no meio campo, zero. Inteligência tática, nenhuma. Enfiadas de bola em passe futuro? Não sabe fazer.

    Enfim… um zé na esquerda que se acha demais.

MaisRecentes

Após mudança de técnico, Vasco foi o time que mais pontuou no Brasileiro, ao lado de Palmeiras e Cruzeiro



Continue Lendo

O ‘anti-gol’



Continue Lendo

Vasco volta a vencer três jogos seguidos na Série A do Brasileiro após cinco anos



Continue Lendo