Nenê chega ao ‘double-double’ em 2016



Nenê fez seu primeiro hat-trick pelo Vasco (Foto: Carlos Gregorio Jr/Vasco)

Nenê fez seu primeiro hat-trick pelo Vasco (Foto: Carlos Gregorio Jr/Vasco)

Principal nome do Vasco na estreia da Série B, quando goleou o Sampaio Corrêa por 4 a 0, Nenê atingiu uma marca expressiva na temporada. Autor de três gols e um assistência na partida, o meia chegou aos dez tentos e dez passes para seus companheiros marcarem. O último jogador do clube que havia alcançado os dois dígitos nos dois fundamentos em um ano tinha sido Douglas, em 2014, com 14 gols e 12 assistências.

O camisa 10 vascaíno não marcava um hat-trick na carreira desde o dia 23 de novembro de 2013, quando balançou as redes três vezes na goleada do Al-Gharafa, dos Emirados Árabes, sobre o Umm-Salal, por 6 a 2. No Cruz-Maltino, o último a realizar tal feito havia sido Diego Souza, contra o Cruzeiro, no Brasileirão de 2011. Na ocasião, em 25 de setembro, o time bateu os mineiros por 3 a 0.

Nenê agora é o artilheiro do clube no ano, ao lado de Riascos, e também o jogador com mais assistências para gols. Na vice-liderança do ranking de ‘garçons’ da equipe comandada por Jorginho aparece Eder Luis, com quatro passes.

O ‘DOUBLE-DOUBLE’ DE NENÊ EM 2016

– 31/01/2016 – Vasco 4×1 Madureira – 1 gol e 1 assistência
– 04/02/2016 – América 1×3 Vasco – 1 gol e 2 assistências
– 10/02/2016 – Vasco 2×0 Volta Redonda – 1 gol e 1 assistência
– 20/02/2016 – Vasco 2×0 Tigres – 1 gol
– 05/03/2016 – Bonsucesso 1×3 Vasco – 1 gol
– 27/03/2016 – Vasco 1×0 Botafogo – 1 assistência
– 30/03/2016 – Flamengo 1×1 Vasco – 1 assistência
– 03/04/2016 – Vasco 1×1 Volta Redonda – 1 gol
– 09/04/2016 – Vasco 1×0 Madureira – 1 gol
– 27/04/2016 – Vasco 2×1 Remo – 1 assistência
– 01/05/2016 – Botafogo 0x1 Vasco – 1 assistência
– 08/05/2016 – Vasco 1×1 Botafogo – 1 assistência
– 14/05/2016 – Sampaio Corrêa 0x4 Vasco – 3 gols e 1 assistência



  • VÉIO

    Que dia é hoje nenê?

MaisRecentes

O Vasco sem Nenê



Continue Lendo

Pikachu assume a vice-liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Luis Fabiano e a intimidade do gol



Continue Lendo