Milton Mendes achou a posição de Pikachu



Pikachu marcou gols nos dois jogos como titular (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Pikachu marcou gols nos dois jogos como titular (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Três coisas diferem Yago Pikachu de seus principais concorrentes na posição: a velocidade, o poder de definição e a polivalência. Kelvin é rápido, mas não tem a mesma qualidade na finalização. Já Wagner tem boa pontaria, porém, não goza da mesma agilidade. Nem vitalidade.

Quem mais se aproxima, por característica, é Guilherme Costa. Foi também quem teve o melhor início de temporada entre os que brigam pela vaga de titular na meia-direita. Entretanto, além de bagagem no profissional, lhe falta a polivalência de Pikachu. Não para alterar de posição em caso de substituição, mas durante o jogo.

Gilberto é um lateral ofensivo, que gosta de entrar na área adversária. Assim como Yago, nos tempos de Paysandu. Por isso, precisa de cobertura – com Kelvin enfrentou este problema. A dobra – e ocasionais inversões – dos dois na direita tem funcionado. Facilita por ambos conhecerem a posição.

Quem quiser uma vaga entre os 11 de Milton Mendes, é bom começar a pensar em atuar pela esquerda. Talvez seja o ponto ainda indefinido do time.

Como Andrezinho não tem a velocidade e nem as características de Pikachu, a função de ir ao fundo, centralizar como centroavante quando a jogada se inicia do lado oposto e acompanhar o lateral adversário ficou com Henrique, sobrecarregando o camisa 6, enquanto que o meia se posicionava mais recuado quando a equipe tinha a posse de bola.

Ter alguém com atributos semelhantes ao de Yago na esquerda seria uma boa opção para ter equilíbrio nas ações. Neste caso, Manga – que entrou muito bem contra o Flamengo -, Kelvin e Guilherme surgem como favoritos na disputa. No meu modo de ver, Wagner tem qualidades mais parecidas com as de Nenê, podendo ainda atuar ao seu lado quando o time necessitar de um formação mais ofensiva, sacando um dos volantes. É um jogador de cadência, não de velocidade, como Andrezinho.

Pikachu hoje é titular. Mais que isso: é peça chave, inclusive nas puxadas de contra-ataque treinadas por Milton.

Se mantiver esse rendimento, dificilmente sai.



  • Jose Ferreira

    A boa é que o Nene saiu da aposentadoria e voltou a jogar bola, quero ver encaixar o Wagner nesse time.

    • Vander Vasco

      Wagner ao meu ver é reserva do Nenê ou até enventualmente titular quando Nenê não estiver bem… não dá mais pra jogar com meio-campo lento e velho…

  • Dirceu

    Também considero que está foi a melhor posição para o Pikachu no time do Vasco. No entanto, não vejo nele o desejado nível técnico para compor um ataque de qualidade. Não lhe falta velocidade e tem um regular poder de finalização, mas peca repetidamente nas trocas de bola, passes e cruzamentos, nas diversas jogadas de ataque.
    Considero que a melhor solução seria a da entrada do Kelvin e se montar um esquema de cobertura com um dos volantes, por ocasião das subidas conjuntas dele e do Gilberto.
    Outro que não pode permanecer no time é o Andrezinho, sem participação efetiva para o time, pois não cria, não tem a velocidade para acompanhar as jogadas de ataque e voltar para compor o meio de campo. Para seu substituto natural vejo que o Guilherme é a opção mais indicada, por ter mais velocidade e mobilidade que o Wagner e merecer a chance, pelo que apresentou nesta nova fase no Vasco.

    • Alessandro Louzada

      Pikachu peca no passe e cruzamento pois estava parado, sem ritmo de jogo, e mesmo assim conseguiu ser mais efetivo dos que vinham jogando na posiçao. Guilherme é jogador de 1×1, ir pra cima driblando e com certa velocidade, Andrezinho foi escolhido pois ja fez essa funcao, ele joga como Falso Volante quando o time defende e Falso ponta quando o time ataca. Ideal é o Manga como ponta esquerda. Nao vejo Wagner titular desse time com Nene em campo, sao muito parecidos.

  • Dirceu

    Também gostaria de dizer que estamos com sorte. O nosso Luiz Fabiano, que vinha se apresentando como um ex-jogador ainda em atividade, totalmente fora de condições físicas para a disputa de um jogo profissional, terá agora a chance de poder tentar entrar em forma. Espero que ele seja afastado compulsoriamente dos gramados por, pelo menos, uns quatro jogos e mostre na sua volta que ainda tem condições de jogar futebol em alto nível. Não dava mais para mantê-lo em campo à espera que ele adquirisse o preparo físico adequado. Rítmo de jogo é uma coisa, condição física é outra bem diferente. Sorte nossa, sorte do Thales, que terá agora uma boa e oportuna chance, para mostrar, definitivamente, se pode ou não vestir a camisa do Vasco.

  • Vander Vasco

    Tomara mesmo que o Milton Mendes quando tiver todos a disposição não seja forçado a escalar por NOME, precisamos de um time rejuvenescido e rápido… Pikachu de “ponta” foi uma aposta acertada (mas isso foi eventual por causa dos desfalques)… AO meu ver o Guilherme seria o melhor pra se jogar pela esquerda… tendo o Kelvin uma boa opção pra segundo tempo de ambos os lados… Wagner pra mim deveria ser reserva do Nenê, não dá pra ficar jogando com vários veteranos que cadenciam o jogo hj em dia!

  • Norberto Freund

    A análise está correta , como em geral as observações dos amigos abaixo
    O pior inimigo do Pikachu é ele mesmo , por falta de auto-confiança . Acho bom essedescanso forçado do LF . Kelvin para 2o tempo de velocidade. Wagner como opção para o Nenê. Andrezinho para prender a bola .
    Manga na esquerda uma boa aposta
    Henrique vem se firmando
    Mas e o miolo da defesa ? Falta gente precisamos de alguém mais . Torço para o Ricardo dar certo

    • Norberto Freund

      Esqueci que o Ederson para mim é melhor que o Thales

  • Luciano Silva

    É quem é bola dá vez para sair do time é o Andrezinho , que vai ter que disputar a vaga de reserva do Nenê . É um bom jogador , mas com as características dos jogadores do elenco atual , assim como o Ederson vai sobrar . No lugar dele botaria o Kelvin , aí ia equilibrar o time dos dois lados . Aproveitando o ensejo , agora tem que resolver a zaga , pois tirando o Luan (que talvez saia) , o resto não é confiável , pois o Rodrigo não tem condições físicas de jogar um campeonato inteiro e a dupla Jomar/Rafa Marques não tem condições técnicas de jogar num time grande igual o Vasco . O pior é que mesmo com só 2 zagueiros aptos no momento jogando , o Milton Mendes em vez de subir com o Ricardo , bota o poste do Júlio dos Santos como opção na zaga . Aí não dá . SV

  • Paulo Wagner

    Pikachu é muito bom jogador. Foi muito mal escalado por Jorginho (que em determinado momento até o colocou na esquerda, no ataque, mais livre) e por Cristóvão. É daqueles jogadores que não guardam posição durante o jogo, mas nem por isso não contribuem na marcação e ajudando o time. Ainda pode se configurar como uma das melhores contratações do Vasco nos últimos anos. E Manga entrou muito bem no jogo contra o Flamengo. Ele tem disposição e parece querer “dar certo” no futebol brasileiro. É rápido e arisco, Seria bom vê-lo jogando como titular. Entretanto, Wagner, Muriqui e Escudero são mais do mesmo. Não acho que possam mudar a cara do Vasco. Só o tempo dirá….A propósito, até quando vamos ter só 2 zagueiros? Contra o Flamengo, quase que dá m… com a contusão do Rafael Marques. Cadê a rapaziada do juniores para compor o elenco?

    • Alessandro Louzada

      Nao adianta subir ngm da base amigo, so foram inscritos 4 zagueiros.

      • Paulo Wagner

        Que m….! Esqueci desse “detalhe”.

        • Alessandro Louzada

          É foda..Espero estar enganado, mas dos 3 grandes, apenas o Vasco inscreveu 4 zagueiros, amadorismo total, o Graça era pra ser titular agora no lugar do Rafa Marques, por mais que ele n esteja comprometendo, mas era a chance dele mostrar servico, assim como Henrique esta tendo, Douglas teve. Foi exatamente assim que o Marcelo do Botafogo foi lançado e numa partida de Libertadores ainda em?

MaisRecentes

Após mudança de técnico, Vasco foi o time que mais pontuou no Brasileiro, ao lado de Palmeiras e Cruzeiro



Continue Lendo

O ‘anti-gol’



Continue Lendo

Vasco volta a vencer três jogos seguidos na Série A do Brasileiro após cinco anos



Continue Lendo