Memórias de um Carioca: Vasco x Madureira de 1998



Pedrinho deixou sua marca (Foto: Frame/Youtube)

Pedrinho deixou sua marca (Foto: Frame/Youtube)

Quem disse que não há o que recordar em jogos contra times pequenos? Aliás, a grande maioria das minhas memórias relacionadas ao futebol são de jogos do Campeonato Carioca, quase todos contra Madureira, Bangu, Olaria e até mesmo do extinto Barreira.

Grandes finais e clássicos entram para a história dos clubes, mas jogos do ‘cotidiano’ muitas vezes marcam o torcedor, principalmente quando se é criança. A primeira vez no estádio, goleadas históricas, estreias de jogadores que pouco conhecíamos, aquele velho hábito de torcer pelo radinho, a companhia do pai, do avó e dos irmãos nas arquibancadas…

No ‘Memórias de um Carioca’, vou relembrar alguns jogos ‘esquecíveis’, aqueles que muitas vezes se perderam na memória do torcedor mas que de alguma forma merece ser recordado, seja pelo momento vivido, um personagem marcante, um fato inusitado ou simplesmente uma boa história para contar.

E você se lembra do que aconteceu no Vasco e Madureira – confronto de logo mais – no Campeonato Carioca de 1998? Eu te conto.

No dia 12 de abril daquele ano, as duas equipes se encontraram em Conselheiro Galvão. Poderia ser apenas mais uma das 141 partidas entres os clubes. Mas não foi.

Naquela data, um dos jogadores mais habilidosos que vi jogar no Vasco na década de 90, faria a sua estreia com a camisa cruz-maltina. Seu nome? Vágner.

Revelado pelo Paulista, jogou também no União São João de Araras ao lado do lateral-esquerdo Roberto Carlos. Mas foi no Santos que o meia ganhou destaque e acabou sendo vendido para a Roma.

Da Itália para São Januário, Vágner estreou contra o Madureira, vestindo a camisa 10 – que no ano anterior foi de Edmundo – e fazendo gol na goleada por 4 a 0. Seu brilho mesmo viria na lateral-direita, onde foi titular durante a vitoriosa campanha da Libertadores.

A estreia ficou marcada como sendo apenas um aperitivo.

FICHA DO JOGO

Vasco Da Gama 4 x 0 Madureira (RJ)
Data: 12/04/1998
Campeonato Estadual
Estádio : Conselheiro Galvão
Arbitro : Jorge Fernando Rabello
Gols : Pedrinho (Vasco 11/1ºT), Vágner (Vasco 18/1ºT), Donizete (Vasco 29/1ºT) e Luís Cláudio (Vasco 37/2ºT)

Vasco – Carlos Germano, Maricá, Géder, Mauro Galvão, Felipe, Nélson (Válber), Nasa, Vagner, Pedrinho, Donizete (Richardson) e Luizão (Luís Cláudio) Técnico : Antônio Lopes

Madureira – Carlão, Germano, Marçal, Marcelo, Edinho, Moisés, Hermes (Rogério), Haroldo, Julinho (Paraíba), Zezinho (Wagner) e Messias Técnico : Paulo Bonamigo

ASSISTA AOS GOLS:

Facebook – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
Twitter – https://twitter.com/BlogDoGarone



MaisRecentes

Após mudança de técnico, Vasco foi o time que mais pontuou no Brasileiro, ao lado de Palmeiras e Cruzeiro



Continue Lendo

O ‘anti-gol’



Continue Lendo

Vasco volta a vencer três jogos seguidos na Série A do Brasileiro após cinco anos



Continue Lendo