‘Lembra dele no Vasco?’ – Vivinho



Vivinho ganhou destaque no Vasco no fim da década de 80 (Foto: reprodução)

Vivinho ganhou destaque no Vasco no fim da década de 80 (Foto: reprodução)

Aniversariante do dia, Vivinho é o homenageado do ‘Lembra dele no Vasco?’ de hoje.

Um dos jogadores símbolo do Vasco no final da década de 80, o atacante chegou ao clube após aparecer bem no Uberlândia em 86. Na época, o time mineiro disputava a primeira divisão do Brasileiro.

Curiosamente, o atacante iniciou sua carreira no clube de Minas já aos 21 anos de idade, antes disso jogava peladas em campos de várzea da cidade. Por sorte – e talento – despontou rapidamente e logo conquistou a torcida vascaína.

Pelo Gigante da Colina conquistou o bicampeonato Carioca em 87/88 e o Brasileiro de 89. Em meio à craques como Romário, Geovani e Roberto Dinamite, Vivinho se destacava pela velocidade e pela entrega em campo.

No Brasileirão de 88, em partida contra a Portuguesa, marcou de vez seu nome em São Januário. Ao aplicar três chapéus seguidos no volante Capitão, o jogador marcou um golaço que lhe rendeu uma placa no estádio. Confira no vídeo abaixo.

Ao deixar o Cruz-Maltino após cinco temporadas, em 1991, foi defender o Botafogo. Vivinho encerrou a carreira na Cabofriense, em 97, mas antes defendeu Atlético-PR, Goiás, Fortaleza e novamente o Uberlândia.

FICHA DO JOGADOR
Welves Dias Marcelino
Atacante, 10/03/1961, Uberlândia-MG

PELO VASCO
1986 – 7 jogos e 1 gol
1987 – 50 jogos e 9 gols
1988 – 67 jogos e 22 gols
1989 – 43 jogos e 9 gols
1990 – 12 jogos e 0 gols
TOTAL – 179 JOGOS E 41 GOLS

ESTREIA DE VIVINHO PELO VASCO:

Vasco Da Gama 0 x 1 Criciúma (SC)
Data: 24/08/1986
Amistoso Interestadual
Local : Estádio Heriberto Hulse (Criciúma – SC)
Arbitro : Dalmo Bozzano
Público : 18.090
Gols : Edmílson (Criciúma 37/2ºT)

Vasco – Acácio, Paulo Roberto, Leonardo Siqueira, Donato, Lira, Vítor (Oliveira), Geovani, Mazinho, Mauricinho (Romário), Roberto Dinamite e Claudinho (Vivinho)Técnico : Cláudio Garcia

Confiança – Luiz Henrique, Chiquinho, Sílvio Laguna (Rudi), Solis, Sarandi, Jairo, Carlos Alberto, Vanderlei (Treze), Rached, Edmílson e Jorge Veras (Paulo Borges) Técnico : Zé Carlos

PRIMEIRO GOL DE VIVINHO PELO VASCO:

Vasco Da Gama 5 x 0 Combinado De Caxambu (MG)
Data: 16/09/1986
Amistoso Interestadual
Local : Estádio Parque Do Sábia – (Uberlândia – MG)
Arbitro : Luís Carlos Gonçalves
Público : Não Conhecido
Gols : Zé Sérgio (Vasco 2/1ºT), Claudinho (Vasco 5/1ºT), Claudinho (Vasco 17/1ºT), Santos (Vasco 10/2ºT) e Vivinho (Vasco 30/2ºT)

Vasco – Paulo Sérgio (Acácio), Paulo Roberto, Juninho, Fernando, Pedrinho, Vítor (Josenílton), Claudinho (Romário), Mazinho (Geovani), Mauricinho (Santos), Roberto Dinamite (Vivinho) e Zé Sérgio (Tuíco) Técnico : Cláudio Garcia

Combinado – ??
Técnico : ??

GOLAÇO DE VIVINHO PELO VASCO CONTRA A PORTUGUESA:

VÍDEO: Youtube



  • Ângelo Valério

    Impossível esquecer. Assisti esse jogo com meu saudoso e vascaíno apaixonado avô. Grande Vivinho!

  • Flamarion Tavares

    Não há como esquecer; mas destaco um jogo contra o Botafogo quando o Vasco chegou a fazer 4 x 1 e Vivinho, Geovani, William e Romário davam show, com Vivinho levando Vanderlei Luxemburgo, então lateral esquerdo do Botafogo a loucura.

    Sebastião Lazzaroni, técnico do Vasco na época, faz duas substituições desastradas; tira William que com sua velocidade deixava a defesa do Botafogo em pânico para colocar Bismark, jogador técnico mas não tão veloz quanto William e o Vasco perdeu e muito o poder de fogo. Posteriormente com a expulsão de Célio, tira Geovani e coloca, salvo engano, Marco Aurélio para recompor a defesa – resultado foi que em 5 minutos o Botafogo fez dois gols reduzindo para 4 x 3 -placar final – e, caso tivesse mais um 5 ou 10 minutos o Botafogo viraria o jogo. Mas o passeio de Vivinho em Vanderlei foi algo para não ser esquecido.

  • ODILON C SILVA – RJ

    Recordar e viver, boaaaaaaaa.

  • Acho que todos se lembram dele,afinal .não era craque ,mas tinha muita garra.

  • VASCÃO sempre

    Horrorooooooso !!! Só sabia correr igual um maluco e reclamar dos companheiros !

MaisRecentes

Vasco rescinde com dois jogadores dos juniores



Continue Lendo

Quadrilha vascaína



Continue Lendo

Nenê: titular ou opção no banco?



Continue Lendo