‘Lembra dele no Vasco?’ – Rodrigo Beckham



Rodrigo jogou no Vasco em 2005 (Foto: Reprodução/Divulgação)

Rodrigo jogou no Vasco em 2005 (Foto: Reprodução/Divulgação)

Quando o Vasco entrar em campo nesta quinta-feira, para enfrentar o Boavista, terá do outro lado um rosto conhecido. Rodrigo Beckham, ex-jogador do clube, fará a sua estreia no comando técnico da equipe de Saquarema.

Rodrigo surgiu para o futebol em 1997, atuando pelo Guarani. No ano seguinte, levou o Gama até o título da segunda divisão brasileira e ganhou destaque após as excelentes atuações pelo time.

Em 1999, se transferiu para o Botafogo-RJ, onde repetiu o sucesso conquistado no Distrito Federal e ganhou destaque nacional. Dono de um potente e preciso chute de canhota, e com um visual que lembrava David Beckham, logo o meia ganhou o apelido que carregaria pelo resto da carreira.

Comparado ao craque inglês, acabou parando no Everton, da Inglaterra, após rápida passagem pelo Atlético-MG. Em terras britânicas, sofreu seguidas lesões no joelho e pouco atuou.

Com problemas no ligamento, passou por Corinthians, Juventude e Atlético-PR, sem brilho. Com o joelho comprometido, já não conseguia uma boa sequência de jogos e nem apresentar a mesma qualidade que nos tempos do Alvinegro Carioca.

Em 2005, o Rodrigo chegou à São Januário sobre a batuta de Renato Gaúcho, que também acabara de aportar no clube. O resultado foi o mesmo das outras equipes em que havia atuado nos últimos anos: muito tempo no departamento médico e poucas partidas. Infelizmente.

Em 2010, encerrou a carreira após passar também por Boavista, Paraná, Fortaleza e Red Bull Brasil.

Ficha do Jogador
Rodrigo Juliano L. de Almeida
apoiador, 08/07/1976, Santos-SP

Pelo Vasco
2005 – 7 jogos e 0 gols

Estreia pelo Vasco:

FORTALEZA 4 x 2 VASCO
Estádio: Castelão
Data: 28/08/2005
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Cartões Amarelos: Lúcio, Fumagalli, Marcelo Lopes (FOR); Vergara, Alex Dias, Amaral, Róbson Luiz (VAS);
Gols: Lúcio, 25’/1ºT (1-0); Alex Dias, 13’/2ºT (1-1); Lúcio, 25’/2ºT (2-1); Alex Dias, 29’/2ºT (2-2); Alan, 33’/2ºT (3-2); Rinaldo, 44’/2ºT (4-2);

FORTALEZA: Bosco; Chiquinho (Tiago Mattos – 12’/2ºT), Alan, Ronaldo Angelim e Marquinhos (Márcio Goiano – 36’/2ºT); Marcelo Lopes, Erandir, Lúcio (Paulo Isidoro – 30’/2ºT) e Mazinho Lima, Rinaldo e Fumagalli. Técnico: Hélio do Anjos.

VASCO: Roberto; Vergara (Róbson Luiz – Intervalo), Ygor e Fábio Braz; Claudemir, Amaral (Elbinho 28’/2ºT), Silva, Morais (Rodrigo – 21’/2ºT) e Diego; Alex Dias e Romário. Técnico: Renato Gaúcho

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



MaisRecentes

Ríos se torna o 2º estrangeiro com mais gols pelo Vasco na história do Brasileiro



Continue Lendo

As duas faces de um empate



Continue Lendo

Artilheiro do Vasco, Pikachu vem tendo sua maior média de gols da carreira



Continue Lendo