‘Lembra dele no Vasco?’ – Luís Carlos Winck



Winck brilhou no Vasco (Foto: Divulgação)

Winck brilhou no Vasco (Foto: Divulgação)

Um dos últimos grandes laterais que passaram pelo Vasco completa 52 anos nesta segunda-feira.

Campeão brasileiro pelo clube em 1989 e autor do primoroso cruzamento para o gol do título, marcado por Sorato, Winck havia acabo de chegar à Colina quando levantou a taça.

Veloz e ótimo cruzador, característica cada vez mais rara em um lateral, iniciou sua carreira no Internacional em 81, deixando a equipe gaúcha oito anos depois para defender a camisa cruz-maltina.

Ficou duas temporadas em São Januário, retornando ao Colorado em 91 e novamente ao Vasco no ano seguinte, onde ganhou o Carioca. Fez sucesso também na Seleção Brasileira, porém, quando se preparava para disputar a Copa de 90, na Itália, acabou se lesionando e ficando fora do convocação.

Passou ainda por Corinthians, Flamengo, Botafogo e, novamente, Internacional. Encerrou a carreira em 96 e atualmente é treinador.

FICHA DO JOGADOR
Luís Carlos Coelho Winck
Lateral-direito, 05/01/1963, Portão-RS

PELO VASCO
1989 – 14 jogos e 0 gols
1990 – 45 jogos e 0 gols
1992 – 52 jogos e 2 gols
TOTAL – 111 jogos e 2 gols

ESTREIA DE LUIS CARLOS WINCK PELO VASCO:

Vasco Da Gama 1 x 0 Logroñés (ESP)
Data: 21/08/1989
Amistoso Internacional
Local : Las Gaunas (Logronõ – ESP)
Arbitro : Não Conhecido
Público : Não Conhecido
Gols : Anderson (Vasco ?/?ºT)

Vasco – Régis, Luís Carlos Winck, Marco Aurélio, Célio Silva, Lira, Zé do Carmo, Andrade (Tornado), Boiadeiro, Vivinho, Sorato e Tato (Anderson) Técnico : Alcir Portela

Logroñés – ??
Técnico : ??

PRIMEIRO GOL DE LUIS CARLOS WINCK PELO VASCO:

Vasco Da Gama 3 x 1 Barcelona (ESP)
Data: 19/08/1992
Troféu Cidade De Sevilha
Local : Benito Villamarin (Sevilha – ESP)
Arbitro : Carcelen Garcia
Público :
Gols : Júnior (Vasco 35/1ºT), Beguiristain (Barcelona 40/2ºT), Luís Carlos Winck (Vasco 43/2ºT) e Edmundo (Vasco 45/2ºT)

Vasco – Carlos Germano, Luís Carlos Winck, Alê, Jorge Luís, Eduardo, Luisinho, Flávio, Leandro, Bismarck, Júnior (Cássio) e Edmundo (Tinho) Técnico : Joel Santana

Barcelona – Zubizarreta, Nadal, Koeman, Amor, Serna (Pablo), Bakero (Juan Carlos), Goikoetxea, Eusébio, Salinas (Alexanco), Witschge, Beguiristain Técnico : Johan Cruyff

Facebook – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
Twitter – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • Memorável lembrança ! Do cruzamento perfeito , para a cabeçada do Sorato .
    Vasco Campeão Brasileiro !

    • Alexandre F.G.

      Aquilo foi + q um cruzamento, foi um passe… hoje é dificil um lateral do nível do Winck, q faça o q Winck fazia… a maioria é balão pra área pra ver no q dá!

  • Césare S. Winck

    Realmente, assim como foi um dos melhores laterais do Vasco nos últimos tempos, posso dizer não houve lateral melhor depois dele no Internacional.

MaisRecentes

Vasco renova o contrato de promessa da base



Continue Lendo

Só coração não basta



Continue Lendo

90 anos de São Januário: as maiores goleadas do Vasco



Continue Lendo