‘Lembra dele no Vasco?’ – Edílson Capetinha



Edílson em treino do Vasco em 2006 (Foto: Divulgação)

Edílson em treino do Vasco em 2006 (Foto: Divulgação)

Aos 44 anos de idade, Edílson Capetinha pode voltar ao futebol. O atacante foi procurado pelo Guaratinguetá para disputar a Série A2 do Campeonato Paulista do ano que vem e pode acertar seu retorno aos gramados na próxima semana. Lembra dele no Vasco?

Desejo antigo do Cruz-Maltino desde a década de 90, quando brilhou com as camisas de Palmeiras e Corinthians, Edílson só acertou sua ida para a Colina em 2006.

Em 2000, chegou a aparecer no Guia do Brasileirão da Revista Placar como jogador do Vasco, de tão certa que estava a contratação, mas melou. Edílson começou a negociar com o Flamengo e Eurico Miranda anunciou que não entraria em leilão por jogador nenhum. O Capetinha acabou indo para a Gávea.

Seis anos depois, finalmente Edílson vestiu a camisa vascaína. Contratado após a conturbada saída de Alex Dias para o São Paulo, o atacante chegou para ser o novo parceiro de Romário, mas o Baixinho logo deu adeus à São Januário também e Valdiram virou seu companheiro de ataque.

O Capetinha levou o time até a final da Copa do Brasil daquele ano, mas acabou ficando sem a taça, perdendo para o Flamengo na final.  Cinco meses após sua chegada deixou São Januário rumo ao Japão.

Facebook – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
Twitter – https://twitter.com/BlogDoGarone

FICHA DO JOGADOR
Edílson da Silva Ferreira
Atacante, 17/09/1970, Salvador-BA

PELO VASCO
2006 – 23 jogos e 5 gols

ESTREIA DE EDÍLSON PELO VASCO:

VASCO 2 X 2 AMERICANO
Data: 12/03/06
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Público: 5.576 pagantes
Renda: R$ 10.113
Árbitro: Djalma Beltrami
Gols: Valdiram (VAS) – 13′-1T; Éder (VAS) – 16’/2T; Marcelo Uberaba (AMN) – 24’/2T e 39’/2T

VASCO: Roberto, Claudemir, Éder, Jorge Luiz e Diego; Ygor, Ives (Bruno Meneguel – 42′-2T) e Morais (Abedi – 28’/2T); Valdiram, Edílson (Ramon – 14′-2T) e Romário. Técnico: Renato Gaúcho

AMERICANO: Erivélton; Kléber Goiano, Carlão e Robson; Júlio César (Bruno Rangel – 32’/2T); Vinícius (Caetano – 6’/2T), Marcelo Uberaba, Butti e Ernane (Diego – intervalo); Flávio Medina e Faioli. Técnico: Valter Ferreira.

PRIMEIRO GOL DE EDÍLSON PELO VASCO:

VASCO 5 X 1 IRATY-PR
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 08/04/2006
Árbitro: Edson Esperidião (ES)
Renda: R$29.080
Público: 2.958 pagantes
GOLS: André 22′-1ºT(ITY); Morais 29’/1ºT (VAS); Valdiram 9/2ºT(VAS); Valdiram 29’/2ºT(VAS) Valdiram 37’/2ºT (VAS); Edílson 46’/2ºT(VAS)

VASCO: Cássio, Wagner Diniz (Claudemir – 32’/2ºT), Jorge Luiz, Fábio Braz e Diego; Ygor, Andrade, Ramon (Abedi – 26’/2ºT) e Morais; Edílson e Valdiram (Ernane – 38’/2ºT) – Técnico: Renato Gaúcho

IRATY-PR: Valter, Renaldo (Chimba – 17’/2ºT), Maurício, Édson Borges e Márcio Diniz (Bruno – 28’/2ºT); Russo, Mini, Ernane e André; Mateus e Leandro – Técnico: Val de Mello



MaisRecentes

Ríos se torna o 2º estrangeiro com mais gols pelo Vasco na história do Brasileiro



Continue Lendo

As duas faces de um empate



Continue Lendo

Artilheiro do Vasco, Pikachu vem tendo sua maior média de gols da carreira



Continue Lendo