‘Lembra dele no Vasco?’ – Dunga



Dunga e Joel Santana no Vasco em 87 (Foto: Reprodução)

Dunga e Joel Santana no Vasco em 87 (Foto: Reprodução)

Aniversariante do dia, Dunga é mais um ícone do futebol brasileiro a ter vestido o uniforme vascaíno. Apesar de ter atuado por pouco tempo pelo Vasco, o volante Dunga teve sucesso com a camisa cruz-maltina.

O atual técnico da Seleção Brasileira defendeu o time da Colina por apenas seis meses, porém, o suficiente para que o jogador conquistasse dois títulos: Campeonato Carioca e a TAP CUP – disputada nos Estados Unidos, contra o Benfica – ambos em 1987.

Em uma equipe que chamava a atenção pela produtividade do ataque, que contava com Romário, Dinamite, Tita, Mauricinho e Geovani, o cabeça de área demonstrou a raça que lhe foi típica durante toda a carreira e conseguiu se sobressair.

As atuações destacadas fizeram com que o jogador acertasse sua transferência para o futebol italiano, onde defendeu Pisa, Fiorentina e Pescara. Curiosamente, o treinador vascaíno naquela época também era Joel Santana.

FICHA DO JOGADOR
Carlos Caetano Bledorn Verri
Volante, 31/10/1963, Ijuí-RS

PELO VASCO
1987 – 23 jogos e 3 gols

ESTREIA DE DUNGA PELO VASCO:

Vasco Da Gama 3 x 0 Goytacaz (RJ)
Data: 26/02/1987
Campeonato Estadual
Local : Estádio De São Januário (Rio De Janeiro – RJ)
Arbitro : Aloísio Felisberto da Silva
Público : 1.499
Gols : Lira (Vasco 25/1ºT), Vivinho (Vasco 42/1ºT), Romário (Vasco 10/2ºT)

Vasco – Acácio, Milton Mendes, Donato, Morôni, Lira, Dunga (Mazinho), Geovani, Vivinho, Mauricinho, Romário e Zé Sérgio (William) Técnico : Joel Santana

Goytacaz – Jorge Luís, Zé Paulo, Amaral, Cléber, Valtair (Paulo Roberto), Haroldo (Bell), Fazzoli, Luís Alberto, Paulinho, Zó e Cosme Técnico : Antônio Leone

PRIMEIRO GOL DE DUNGA PELO VASCO:

Vasco Da Gama 2 x 0 Cabofriense (RJ)
Data: 15/04/1987
Campeonato Estadual
Local : Estádio Alair Correia (Cabo Frio – RJ)
Arbitro : Wilson Carlos dos Santos
Público : 9.100
Gols : Dunga (Vasco 18/1ºT) e Roberto Dinamite (Vasco 34/1ºT)

Vasco – Acácio, Paulo Roberto, Donato, Morôni, Mazinho, Dunga, Geovani, Tita, Mauricinho, Roberto Dinamite e Romário Técnico : Joel Santana

Cabofriense – Mauro, Velto, Paulo César, Jorge Scott, Gílson Paulino, Cacalho (Aírton), Isaías, Mateus (Márcio), Geraldinho, Cal e Moacir Técnico : Roberto Pinto

/BlogDoGarone
@BlogDoGarone



  • ODILON SILVA = RJ

    Um grande profissiional.

MaisRecentes

Pikachu ganha quatro posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

O ‘chef’ Milton Mendes



Continue Lendo

Vasco rescinde com atacante do sub-20



Continue Lendo