‘Lembra dele no Vasco?’ – Dominguez



Dominguez em sua apresentação ao Vasco (Foto: Divulgação)

Dominguez em sua apresentação ao Vasco (Foto: Divulgação)

Dominguez chegou ao Vasco em 2005, se tornando o terceiro português da história a atuar pelo clube desde a profissionalização do futebol. Antes dele, Perez, em 74, e Lito, em 79, também passaram pelo Gigante.

Meia, baixinho e habilidoso, o jogador começou a carreira no Benfica-POR e logo se transferiu para o Birmingham-ING, sendo um dos atletas mais baixos da história a disputar a Premier League, com seus 1,60m. Retornou a Portugal para atuar pelo rival Sporting, mas era muito criticado por seu individualismo. Ainda assim, conseguiu chegar à seleção portuguesa.

Dominguez rodou o mundo antes de pintar em São Januário. Passou pela Alemanha, onde defendeu o Kaiserslautern, Qatar e Inglaterra, novamente, onde atuou pelo Tottenham. Chegou a Colina como a grande esperança para o meio de campo vascaíno, após os fracassos de Allan Delon e Leozinho, mas não se firmou.

Apesar de empolgar a torcida nas primeiras partidas – que pedia a entrada do jogador aos gritos de “Portuga!” – acabou se lesionando duas vezes, perdeu espaço no grupo e foi dispensado por ter um salário muito elevado, cerca de R$ 100 mil, antes mesmo do fim da temporada.

Após deixar o Vasco, se aposentou e começou a trabalhar com treinador nas categorias de base de alguns clubes portugueses. No ano passado, Dominguez assumiu o Real Cartagena, da Colômbia.

FICHA DO JOGADOR
José Manuel Martins Dominguez
apoiador, 16/02/1974, Lisboa-POR

Pelo Vasco
2005 – 11 jogos e 0 gols

Primeiro jogo de Dominguez:

VASCO 6 X 0 MOTO CLUB
Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16/03/2005
Árbitro: Romildo Correia (SP)
Renda: R$ 7.724,00
Público: 1.561 pagantes
Cartão Amarelo: Willian (Moto Club)
Gols: VASCO: Alex Dias (22’/1ºT), Marco Brito (42’/1ºT), Diego (02’/2ºT), Claudemir (21’/2ºT e 46’/2ºT), Romário (23’/2ºT)

VASCO: Cássio, Claudemir, Fabiano (Adriano 24’/2ºT), Daniel e Diego; Coutinho, Gomes (Dominguez 15’/2ºT) e Rafael (Róbson Luiz 32’/2ºT); Marco Brito, Alex Dias e Romário Técnico: Joel Santana.

MOTO CLUB: Júnior, Willian, Jean Marcelo, Diego e Alex (Paulinho, no intervalo); Humberto, Cacá, Marciano e Paulo César (Juninho 13’/2ºT); Róbson e Samu – Técnico: Marcos Magalhães

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



MaisRecentes

O Vasco sem Nenê



Continue Lendo

Pikachu assume a vice-liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Luis Fabiano e a intimidade do gol



Continue Lendo