‘Lembra dele no Vasco?’ – Dominguez



Dominguez em sua apresentação ao Vasco (Foto: Divulgação)

Dominguez em sua apresentação ao Vasco (Foto: Divulgação)

Dominguez chegou ao Vasco em 2005, se tornando o terceiro português da história a atuar pelo clube desde a profissionalização do futebol. Antes dele, Perez, em 74, e Lito, em 79, também passaram pelo Gigante.

Meia, baixinho e habilidoso, o jogador começou a carreira no Benfica-POR e logo se transferiu para o Birmingham-ING, sendo um dos atletas mais baixos da história a disputar a Premier League, com seus 1,60m. Retornou a Portugal para atuar pelo rival Sporting, mas era muito criticado por seu individualismo. Ainda assim, conseguiu chegar à seleção portuguesa.

Dominguez rodou o mundo antes de pintar em São Januário. Passou pela Alemanha, onde defendeu o Kaiserslautern, Qatar e Inglaterra, novamente, onde atuou pelo Tottenham. Chegou a Colina como a grande esperança para o meio de campo vascaíno, após os fracassos de Allan Delon e Leozinho, mas não se firmou.

Apesar de empolgar a torcida nas primeiras partidas – que pedia a entrada do jogador aos gritos de “Portuga!” – acabou se lesionando duas vezes, perdeu espaço no grupo e foi dispensado por ter um salário muito elevado, cerca de R$ 100 mil, antes mesmo do fim da temporada.

Após deixar o Vasco, se aposentou e começou a trabalhar com treinador nas categorias de base de alguns clubes portugueses. No ano passado, Dominguez assumiu o Real Cartagena, da Colômbia.

FICHA DO JOGADOR
José Manuel Martins Dominguez
apoiador, 16/02/1974, Lisboa-POR

Pelo Vasco
2005 – 11 jogos e 0 gols

Primeiro jogo de Dominguez:

VASCO 6 X 0 MOTO CLUB
Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16/03/2005
Árbitro: Romildo Correia (SP)
Renda: R$ 7.724,00
Público: 1.561 pagantes
Cartão Amarelo: Willian (Moto Club)
Gols: VASCO: Alex Dias (22’/1ºT), Marco Brito (42’/1ºT), Diego (02’/2ºT), Claudemir (21’/2ºT e 46’/2ºT), Romário (23’/2ºT)

VASCO: Cássio, Claudemir, Fabiano (Adriano 24’/2ºT), Daniel e Diego; Coutinho, Gomes (Dominguez 15’/2ºT) e Rafael (Róbson Luiz 32’/2ºT); Marco Brito, Alex Dias e Romário Técnico: Joel Santana.

MOTO CLUB: Júnior, Willian, Jean Marcelo, Diego e Alex (Paulinho, no intervalo); Humberto, Cacá, Marciano e Paulo César (Juninho 13’/2ºT); Róbson e Samu – Técnico: Marcos Magalhães

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



MaisRecentes

Ríos se torna o 2º estrangeiro com mais gols pelo Vasco na história do Brasileiro



Continue Lendo

As duas faces de um empate



Continue Lendo

Artilheiro do Vasco, Pikachu vem tendo sua maior média de gols da carreira



Continue Lendo