‘Lembra dele no Vasco?’ – Carlos Germano



Carlos Germano é um dos maiores ídolos Vasco (Foto: Alvaro Rosa/LANCE!Press)

Carlos Germano é um dos maiores ídolos do Vasco (Foto: Alvaro Rosa/LANCE!Press)

Há 24 anos, o então jovem goleiro Carlos Germano fazia a sua estreia pelo time profissional do Vasco. O fato ocorreu em uma partida contra o Bangu, em Caio Martins, em jogo válido pelo extinto Torneio Adolpho Bloch.

O camisa 1 acabou se tornando o maior líder vascaíno da década de 90, a cara do clube durante este período. Por quase dez anos ele defendeu o gol vascaíno com muito sucesso, se tornando um dos maiores ídolos do Cruz-Maltino. Foram quatro títulos cariocas (92/93/94/98), um Brasileiro (97), uma Libertadores da América (98) e um Rio-São Paulo (99).

O goleiro é, sem dúvida ,um dos jogadores mais vitoriosos da história do Vasco e também um dos mais identificados e respeitados pelos torcedores. Germano passava a segurança para a zaga vascaína e também para a torcida.

Pelo Gigante, disputou mais de 400 partidas antes de se transferir para o Santos, em 2000, às vésperas do Mundial de clubes da FIFA realizado no Rio de Janeiro. A saída se deu após acionar o clube na justiça, o que gerou um atrito com Eurico Miranda. Hélton acabou se tornando seu substituto e sucessor.

Viveu o auge de sua carreira entre 97 e 99, o que o credenciou a disputar a Copa do Mundo de 98 como reserva de Taffarel.

Atualmente o ex-atleta é o preparador de goleiros do Vasco, afinal, ninguém melhor do que Carlos Germano para ensinar aos goleiros vascaínos os atalhos de São Januário.

Márcio Cazzorla, Alexandre Lopes, Carlos Germano e Acácio, goleiro do Vasco em 91 (Foto: arquivo pessoal do ex-goleiro Alexandre Lopes)

Márcio Cazzorla, Alexandre Lopes, Carlos Germano e Acácio, goleiros do Vasco em 91 (Foto: arquivo pessoal do ex-goleiro Alexandre Lopes)

FICHA DO JOGADOR
Carlos Germano Schwambach Neto
goleiro, 14/08/1970 , Domingos Martins-ES

PELO VASCO
1990 – 6 jogos e 5 gols sofridos
1991 – 34 jogos e 26 gols sofridos
1992 – 43 jogos e 54 gols sofridos
1993 – 47 jogos e 57 gols sofridos
1994 – 58 jogos e 56 gols sofridos
1995 – 62 jogos e 64 gols sofridos
1996 – 56 jogos e 69 gols sofridos
1997 – 38 jogos e 34 gols sofridos
1998 – 43 jogos e 37 gols sofridos
1999 – 62 jogos e 74 gols sofridos
Total – 449 jogos e 476 gols sofridos

ESTREIA DE CARLOS GERMANO PELO VASCO:

Vasco Da Gama 2 x 1 Bangu (RJ)
Data:24/11/1990
Torneio Extra Adolpho Bloch
Local : Estádio Caio Martins (Niterói – RJ)
Arbitro : Milton Dantas Souza
Gols : Sorato (Vasco ?/1ºT), William (Vasco ?/2ºT) e Mendonça (Bangu ?/2ºT)

Vasco – Carlos Germano, Dedé (França), Tosin, Jorge Luís, Cássio, Zé Do Carmo, Luciano, William, Boiadeiro, Sérgio Araújo e Sorato Técnico : Zagallo

Bangu – Wagner, Murilo, Carlito, Marcão, Wágner Pepeta, Denílson, Arthurzinho, Mendonça, Gílson, Serginho (Jackson) e Maciel (Marcelo Henrique) Técnico : Rogério Melo

ÚLTIMO JOGO DE CARLOS GERMANO PELO VASCO:

Vasco Da Gama 4 x 1 Raja Casablanca (MAR)
Data: 29/12/1999
Amistoso Internacional
Local : Estádio Do Maracanã (Rio De Janeiro – RJ)
Arbitro : Amaurilio Machareth Sá Leão
Público : Não Informado
Gols : Gilberto (Vasco 8/1ºT), Romário (Vasco 18/1ºT), Aboub (Raja 33/1ºT), Odvan (Vasco 23/2ºT) e Romário (Vasco 47/2ºT)

Vasco – Carlos Germano, Jorginho, Júnior Baiano, Mauro Galvão (Odvan), Gilberto, Amaral, Felipe, Juninho (Paulo Miranda), Ramón (Alex Oliveira), Donizete (Viola) e Romário Técnico : Antônio Lopes

Raja Casablanca – Chadili, El Karkouri, El Haimeur, Misbah (Nater), Safri, Jrindou, Moustaoudia, Aboub, Khoubbache (Achami), Mejjary, Ereyahi (El Moubarki) Técnico : Luís Fullones

Facebook – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
Twitter – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • antonio

    como ñ lembrar da muralha carlos germano

    • Carlos Wellington

      Lembro dele sim,tomou o gol de falta do Rodrigo de mendes…kkkkkkkkkkk!

      • Mr. Caco

        E também encaçapou tua irmã.

  • grande goleiro e é natural de Domingos Martins uma das mais belas cidade do Espirito santo.

  • luis carlos pereira

    Juntamente com Acacio, foi um dos melhores goleiros que eu vi jogar com a camisa sagrada cruzmaltina. Obrigado por tudo Germano.

  • normandi machado

    o goleiro mais frio que vi atuar…posicionamento fantastico que o fazia jogar mais em pé que deitado,por n precisar muito se esticar nas bolas difíceis,pois estava quase sempre no lugar certo e na hora certa!!!Monstro!!!

    • Marcos vinicius

      Isto é todo verdade eu nunca vi um goleiro com o posicionamento do Germano, ele quase não precisa pular na bola pois estava sempre bem colocado

  • Luis Lima

    Somos Tetra-campeões brasileiros, mas o tricampeonato veio com aquela atuação segura diante do Palmeiras num Maraca lotado no verão de 1997.Grande goleiro Cruzmaltino e um dos ídolos Eternos.

MaisRecentes

Nenê: titular ou opção no banco?



Continue Lendo

Manga ganha duas posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

O 0 a 0 disfarçado



Continue Lendo