‘Lembra dele no Vasco?’ – Ayupe



Ayupe nos tempos de Vasco (Foto: Reprodução)

Ayupe nos tempos de Vasco (Foto: Reprodução)

Revelado pelo Vasco no final da década de 80, Ayupe foi reserva por quase toda a sua trajetória no clube como profssional. Passou dez anos em São Januário, incluindo seu período na base, após dar seus primeiros passos com a camisa do time infantil do América-RJ. Na Colina, fez parte da mesma geração que revelou William, Bismarck , França e Sorato.

Lateral de bom cruzamento e excelente bola parada, foi diversas vezes convocado para a Seleção Brasileira de base e chegou a fazer parte do elenco vascaíno campeão brasileiro em 89, seu último ano nos juniores. Quando subiu para os profissionais, Ayupe enfrentou a concorrência do experiente Paulo Roberto.

Após a saída do titular, Luís Carlos Winck foi contratado e Ayupe seguiu na reserva. Sem se firmar no grupo cruz-maltino, acabou emprestado ao Bragantino por uma temporada. E, após uma breve volta à São Januário, se transferiu para o Grêmio, onde conquistou a Copa do Brasil em 94 e o Brasileiro de 96.

Em 97, acertou sua ida para o Corinthians, onde conquistou o Paulista. Depois passou por Sport, Portuguesa Santista, São José-SP e, novamente, Bragantino.

FICHA DO JOGADOR

Marco Aurélio Ayupe
Lateral direito, 25/04/1969, São João Nepomuceno-MG

PELO VASCO

1988 – 2 jogos e 0 gols
1989 – 3 jogos e 0 gols
1990 – 19 jogos e 1 gol
1991 – 10 jogos e 0 gols
1993 – 10 jogos e 0 gols

TOTAL – 44 jogos e 1 gol

ESTREIA DE AYUPE PELO VASCO:

Vasco Da Gama 0 x 0 Combinado Maranhão Vitória do Mar (MAR)
Data: 13/07/1988
Amistoso Interestadual
Local : Estádio João Castelo (São Luís – MA)
Arbitro : Josenildo Santos Souza
Público : 70.000 presentes
Gols: Não teve

Vasco – Acácio, Ayupe, Célio Silva, Donato, Mazinho, Zé do Carmo, Josenílton, Osvaldo, Vivinho, Sorato e William Técnico : Carlos Alberto Zanata

Combinado: –

Técnico: –

PRIMEIRO GOL DE AYUPE PELO VASCO:

Vasco Da Gama 3 x 1 Fluminense (RJ)
Data: 28/11/1990
Torneio Extra Adolpho Bloch
Local : Estádio De São Januário (Rio De Janeiro – RJ)
Arbitro : Antônio Gomes De Oliveira
Público : 434 pagantes
Gols : Ayupe (Vasco 3/1ºT), Sorato (Vasco 38/1ºT), Sorato (Vasco 45/1ºT) e Macula (Fluminense 6/2ºT)

Vasco – Carlos Germano, Ayupe, Tosin, Jorge Luís, Cássio, Zé Do Carmo, Luciano, William (Tato), Boiadeiro, Sérgio Araújo e Sorato Técnico : Zagallo

Fluminense: –

Técnico: –



  • ademir sena de sousa

    Gostaria que algum vascaíno comentasse aquela celebre disputa do

    Gostaria que algum vascaíno, com maior lembrança, comentasse aquela célebre disputa do Campeonato Carioca de 1981, onde, salvo engano, o Almirante teria que vencer as três partidas da decisão para poder sagrar-se campeão. Eu nunca tinha visto uma virada de mesa tão espetacular como essa. O Vasco ter que ganhar três jogos seguidos para ser campeão. Ao flamengo bastaria um empate em qualquer das partidas. Que loucura foi essa ???!!!

    v

MaisRecentes

Pikachu ganha quatro posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

O ‘chef’ Milton Mendes



Continue Lendo

Vasco rescinde com atacante do sub-20



Continue Lendo