Jorginho e Zinho, os nomes certos para as posições erradas



Jorginho é o novo técnico do Vasco (Foto: Divulgação/Site do Figueirense)

Jorginho é o novo técnico do Vasco (Foto: Divulgação/Site do Figueirense)

O Vasco precisava de um Jorginho. Na lateral direita, acertando cruzamentos para um centroavante artilheiro, não como treinador. Aquele camisa 2, campeão do Brasileiro e da Mercosul em 2000 pelo Cruz-Maltino, cairia como uma luva no time vascaíno. Se tivesse um Romário no ataque, melhor ainda. Mas, infelizmente, não é o caso.

O Jorginho técnico, até hoje, não mostrou nada além do óbvio. Nada que justificasse imaginar que um time comandado por ele fosse capaz de conquistar 11 vitórias em 19 jogos. Aliás, poucos seriam – ou são – capazes de tal façanha. De duas, uma: ou o Vasco abandonou de vez a luta para não cair ou mais uma vez erra ao escolher seu comandante.

Zinho vem junto, mas não para vestir a camisa 10 – uma pena. Estas duas posições seguirão carentes enquanto o Vasco aposta em grandes jogadores do passado para resolver, fora de campo, problemas do presente. Assim como Jorginho, o ex-meia tem suas maiores realizações obtidas dentro do gramado e não fora. O nome certo, mas no tempo e na posição errada.

Aconteça o que acontecer, Jorginho e Zinho não serão os responsáveis pelo fracasso. Com meio campeonato desperdiçado e várias rodadas largadas ao comando – ou a falta dele – de Roth, não há nome certo para operar milagre.

Jorginho não tem a obrigação de salvar o Vasco do rebaixamento, mas sim de mantê-lo lutando em pé, como um urso. Se o pior acontecer, não será por demérito seu, mas sim de seus antecessores. E esse é o pensamento que deve ter, o de trilhar um novo caminho daqui pra frente, independente do momento atual. Dar nova vida ao clube é a maior missão.

Tentar recuperar um elenco que parece ter morrido de véspera será o seu grande desafio. Transformar isso em esperança e vitória, será a batalha final. Piorar o que já está péssimo, parece improvável. Cair de pé talvez seja o último alento da torcida…

Porém, quem sabe, no meio do caminho, não seja possível sonhar com um panorama mais positivo. Mas agora, almejar algo maior que uma vitória na próxima rodada parece ser um abuso do otimismo.

Assim como na virada histórica sobre o Palmeiras, na final da Mercosul, Jorginho está num Vasco que vai para o intervalo sendo goleado, procurando desesperadamente por um milagre. Porém, sem Juninho Paulista, Romário, Euller, Viola e Juninho Pernambucano.

Como treinador, estes serão os principais ’45 minutos’ de sua carreira. Se conseguir chegar até o final…



  • Thiago

    O problema é que nenhum treinador, ou bom jogador, quer mais “encarar” jogar ou treinar o Vasco. É muito triste o que está acontecendo com o Vascão.

  • GERSON

    e TAMBEM SAO 2 EX FLAMENGISTAS,ESTAMOS PERDIDO.

    • Claudio

      É por isso que ele gosta tanto do Flamengo, acredita agora?

  • Flamarion

    O problema é que não havia outro. Pressionaram tanto o Doriva que ele acabou saindo; esse mesmo Doriva que na Ponte Preta em 9 pontos disputados, conquistou 7 sendo um hj. em Recife contra o Sport. Curiosamente uma das melhores partidas do Vasco nesse brasileiro. Não espero nenhum lampejo de genialidade porém, que seja uma sacudida para melhorar.

    Curiosidade não entendo o porque do Vasco ter Tilt sempre no segundo tempo; parece que havia jogador com saco cheio de Celso Roth. Corrija-me se estiver errado .

  • Willian

    Eu ainda acredito ..dependerá dos 5 próximos jogos no Brasileirão..o time jogar pior do que jogava com o falso treinador celso roth não tem como..Basta escalar o time corretamente..não é possivel que nossos laterais não saibam cruzar e nem marcar..e por favor cobra uma falta pelo menos na área, pq o rodrigo só dar chutão ou seja nem a bola parada é aproveitada, este tipo de chutão tenta 100 para acertar uma…No mínimo se Jorginho fizer o time jogar minimamente bem ainda a esperança.

    • Marcos Vinícius

      Concordo. Vai depender de como o time vai se comportar nos próximos cinco,seis jogos. Mais do que vitórias,o Vasco precisa recuperar a confiança,algo que ficou bem claro no jogo contra o limitadíssimo Coritiba. Jorginho não é mágico,mas o time,embora não seja nenhum primor,é melhor do que os resultados sugere.

      • Willian

        tomara que melhore…mas jorginho e zinho???? como assim zinho cara…um flamenguista assumido??? é uma piada isso!!

        • Flamarion Tavares

          Antes de serem flamenguistas – olha o Jorginho surgiu no América – eles são profissionais o Zinho, por exemplo é dono do Nova Iguaçu

          • Willian

            Torço que a mudança traga no mínimo motivação para os jogadores, traga um padrão tático ao time e por fim que der tempo para mudar o rumo das coisas.

  • Ricardo

    Ainda bem que o jogo com o Fla não será em São Januário. Seria um vexame perdermos para o inimigo na nossa própria casa (que ele não tem… Aliás, time nenhum do RJ tem. O Botafogo ganhou um estádio de mao beijada, não construiu nada).
    O ditador tirou os jogos de São Januário para evitar os vexames vergonhosos que o time que ele montou daria no restante do campeonato. Não tem nada a ver com os tais torcedores que vaiam. São da mesma laia que ele.

  • Paulo Wagner

    Esse ano já acabou. Só nos resta chegar ao fim do ano com o mínimo de decência, o que não foi mostrado até agora em campo. A contratação do Roth foi totalmente equivocada. Ao que parece, foi um pedido do Assis para que a vinda do R10 se concretizá-se. Como em outras vezes, o Eurico foi enrolado nessa….O time é fraco, cheio de ex-jogadores que não rendem e não deveriam estar no Vasco. O clube repete os mesmos erros dos rebaixamentos anteriores e até mesmo a divisão de base parece ter se transformado em uma bagunça total. O time andou para trás desde o campeonato carioca. A saída de Doriva foi precipitada, mas vai saber em que condições o trabalho dele estava após a sequência de derrotas iniciais. Só que só piorou! Depois de tudo, a torcida fica na dúvida da real capacidade de quem está no comando. E se não tomarmos uma piaba inesquecível do maior rival nos jogos que estão por vir, estamos no lucro. O juniores já amargou 4 derrotas seguidas….

  • Marco

    Realmente, a coisa esta dificil, mas se olharmos a tabela com calma, poderemos sair do Z4 nas proximas 4 rodadas. Todos os que estao logo acima do Vasco tem jogos nos quais a derrota sera o resultado mais obvio (se e que existe isso no futebol), enquanto nosso pior adversario sera o Internacional fora (da para empatar). O time nao e tao ruim assim, canso de dizer isso, mas estava sendo muito mal escalado (time se escala pelo desenpenho nos treinos e jogos, nao por nomes em um pedaco de papel). Esperemos que o Jorginho nao faca a mesma esparrela e tente juntar Herrera, Dagoberto, Nene, e Riascos, no mesmo time. Talves a turma tenha “fritado” o Roth, o que nao seria dificil, pois merecia. Agora, enquanto Dagoberto mantiver a atitude de botar as maos na cabeca e dar as costas para o adversario seguir sozinho, fica no banco. Acredito que o mesmo acontecera com Riascos, mas nao pelo mesmo motivo, mas por nao ter lugar no time titular no momento. Deveremos ter as voltas de John Cley e Thalles. Thalles e por sinal a maior incognita que vejo nos ultimos meses no Vasco. Tem corpo e sabe usar, sempre soube sair da area para buscar jogo e abrir espacos para infiltracao, e arriscava de meia distancia. De repente, so fica estatico dentro da area, brigando com zagueiros, por uma bola que nun a chega. Sera que devemos isso tambem a Doriva e Roth?

    • José Amorim

      É meu querido Marco, já percebi que você acredita em papai noel. Vasco com Thalles no ataque e com esse time prá lá de ruim não vai chegar a lugar nenhum. Tomara que eu me engane, mas, a queda é inevitável. E a culpa é desse sr. que se diz presidente, somente um bando de vascainos cegos é que votaram nesse fanfarrão, imbecil. Ele tem que pedir demissão e levar junto todos esses bosta que estavam encostados em outros clubes e os que estavam sem clube junto e irem pro quintos do inferno. Monte de lixo.

  • kabul

    Uma pena ver tanto pessimismo nesse teu texto. Que Jorginho não é dos melhores treinadores isso é fato, mas com certeza é infinitamente melhor que Roth. Vamos esperara que faça um bom trabalho, e torcer para a esperança ser a última a morrer, vascaíno de verdade não joga a toalha quando as coisas parecem perdidas…

  • Pedro N.Sousa

    Infelizmente o Vasco já está na UTI só precisa da estremunção.
    Receita da queda:
    1-Presidente Ditador;
    2-Diretoria Incompetente;
    3-Clube sem dinheiro;
    4-Só contratou encosto de outros Clubes;
    5-O Vasco é o único Clube que dispensa jogar em casa;

  • Alessandro Louzada

    Reclamar, Criticar, Xingar e bla bla..muito simples e facil, quero ver analisar os dois lados da moeda com imparcialidade(nao digo diretamente do texto do Garone e sim dos comentarios) Acha mesmo que um treinador “renomado” aceitaria essa bucha que ta o Vasco? 3 derrotas e o vasco praticamente ta rebaixado, Tudo culpa do Eurico! è mesmo? Sera que seria diferente sem ele? Quando Dinamite chegou, todos diziam “Aleluia Eurico saiu, agora vamos voltar a ser o Vasco de verdade” e o que aconteceu? DOIS rebaixamentos, um time em 2011 que foi desfeito logo em seguida..”Mas Dinamite pegou o vasco atolado em dividas, nao podia fazer nada, realmente nao fez, pessima Campanha ate na serie B, correndo risco ate de nao subir.
    Nao estou defendendo Eurico, Dinamite, Roth, Jorginho..Eurico é autoritario, tipico general que n aceita ser contrariado, Roth é pseudo treinador, NUNCA ganhou nada na vida, nao entende nada de futebol, Jorginho esta começando agora como Treinador, Assim como Doriva(Opçao desperdiçada, se tivesse o elenco atual nas maos, estariamos bem melhor)
    Roth escalou o time da forma que deveria escalar sempre na sua ultima chance que teve, o time criou INUMERAS chances, devido a falta de tranquilidade na finalizaçao nao GOLEAMOS o Coxa, no futebol quem nao faz LEVA, LEVAMOS! Sou realista, nao temos o Pior elenco, mas temos elenco melhor que JEC, AVAI, Coritiba, Figueirense, Chapecoense, Goias, Ponte Preta..

  • Renato Jeronimo

    Triste mesmo é ver o Vasco pagando salário para ‘jogadores’ inúteis como : HENRIQUE SILVA, JOMAR, LORRAN, LUAN, JHON CLEY, CHISTIANO, MATHEUS INDIO, JEAN PATRICK, JULIO DOS SANTOS, LUCAS , ROMARINHO, NEI, JACKSON CAUCAIA, DIGUINHO… Meu Deus! Se somar todo o elenco, NÃO TEMOS UM TIME!

    • Percy Santos

      mais triste ainda é pensar quanto o EuRico leva nisso tudo

  • Paulo Roberto

    Podemos incluir nisso tudo a falta de planejamento.Será que o Dinamite não havia herdado aquilo que deixaram para ele administrar,ou seja, um Vasco já cheio de dívidas e problemas? Concordo também com o fato de que um clube que quer ser campeão de tudo não deveria abrir mão de jogar fora de seu estádio quando o mando de campo é seu;acho isso inadmissível. Outra coisa, parece que o clube está se esquecendo de olhar e promover jogadores da base,além de alguns também jogadores novos que foram contratados, mas que até agora não foram incorporados ao elenco profissional. Gostaria de ver o Vasco com um time formado com jogadores com mais vitalidade,com um condicionamento físico melhor, um time que possa correr mais, que faça pressão ao adversário desde o início da partida, etc. Isso teria mais condição de acontecer com um time formado pelo menos com boa parte de jogares mais novos e não com um monte de jogares em que a maioria já são velhos e com o freio de mão puxado. Jogadores tais como Diguinho, Júlio César e outros não são jogadores para vestir a camisa do Vasco. Contratando jogares assim, o Vasco só joga dinheiro fora.

  • Alexandre F.G.

    Foi dito que o Jorginho era a 3ª opção, após Osvaldo e PC Gusmão… a minha dúvida é: por que não contrataram o PC antes do Roth? Parabéns Zé do Táxi… ponto

  • José Jorge dos Santos Pereira

    Prezado Garone,

    Acompanho o seu trabalho como: jornalista, comentarista, colunista e torcedor do nosso Vasco, fazendo análises precisas indo ao encontro do que penso. Por esse motivo busquei apoio como torcedor, somados a outros milhões que ao meu exemplo estão sofrendo. Vascaíno desde a idade de 5 anos hoje com 56 e assistindo a trajetória atual do nosso time a beira de uma terceira queda para a 2ª divisão, o que seria um desastre, sinto o dever de buscar ajuda pois o momento é de união dos verdadeiros vascaínos. Sugiro que façamos um grande movimento pacífico, porém que surtam efeitos a curto prazo como num passe de mágica, o fato é que não podemos assistir as coisas acontecerem e nada fazermos. Pensando assim peço o seu apoio e de que maneira você poderia ajudar, talvez um grande fórum onde busquemos soluções como já disse imediatas. Agradeço desde já pela atenção.

    José Jorge

    joses08@gmail.com – fone: 61-81383865 – Brasília – DF.

  • Carlos Cesar

    se o Jorginho entrar e esse time se salvar, é algo pra fazer uma estátua pra ele.

  • ODILON SILVA = RJ

    Vai ser dificíl fugir da degola, poderia colocar de técnico o JORGE LUIS, para pegar experência, preparar já para o ano que vem.

MaisRecentes

Pikachu assume a 3ª posição no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Os celibatários da verdade



Continue Lendo

Pikachu ganha quatro posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo