Jogadores emprestados pelo Vasco atuaram pouco em 2016



Kayser estava na Portuguesa (Foto: Carlos Gregorio Jr/Vasco.com.br)

Kayser estava na Portuguesa (Foto: Carlos Gregorio Jr/Vasco.com.br)

O fim da temporada se aproxima e o empréstimo de alguns jogadores também. No Vasco, atualmente, oito atletas se encontram neste situação: Sandro Silva, William Barbio, Yago, Renato Kayser, Márcio, Victor Bolt, Erick Luis e Erick Daltro foram cedidos para outras equipes. Destes, apenas Kayser, Barbio e Bolt possuem vínculos para o próximo ano.

Se a ideia era dar rodagem aos atletas, o tiro saiu pela culatra. Dos oito, somente Victor conseguiu uma sequência. Emprestado ao Vila Nova, o volante já atuou em 43 partidas neste ano, mas não marcou nenhum gol. Contra o Vasco, na 22ª rodada da Série B, porém, deu uma bela assistência para Moisés marcar o gol da vitória dos goianos por 2 a 1.

Entre as peças que estão emprestadas até o fim do ano, quem tem o contrato mais longo é o jovem Renato Kayser – dezembro de 2018. Após estrear nos profissionais no ano passado, o atacante não teve oportunidades em 2016 e acabou sendo emprestado duas vezes, para o Oeste e Portuguesa. Na Lusa, seu último clube, disputou 5 jogos na Série C e não balançou as redes.

Já Barbio, outro com vínculo para o próximo ano, passou por América-MG e Joinville. Foram apenas duas partidas por cada equipe. Sem se firmar, acabou dispensado do time catarinense antes mesmo do fim do empréstimo.

SITUAÇÃO DOS JOGADORES EMPRESTADOS ATÉ O FIM DO ANO

Renato Kayser – contrato até dezembro de 2018 – Na Portuguesa: 5 jogos e 0 gols.
Victor Bolt – contrato até dezembro de 2017 – No Vila Nova: 43 jogos e 0 gols.
William Barbio – contrato até dezembro de 2017 – No Joinville: 2 jogos e 0 gols.
Yago – contrato até fevereiro de 2017 – No Tupi: 3 jogos e 0 gols.
Sandro Silva – contrato até dezembro de 2016 – No Oeste: 1 jogo e 0 gols.
Erick Luis – contrato até janeiro de 2017 – No Joinville: 6 jogos e 0 gols.
Márcio – contrato até fevereiro de 2017 – No Central: 1 jogo e 0 gols.
Erick Daltro – contrato até janeiro de 2017 – No São Martinho-POR: 7 jogos e 1 gol

Além dos oito, outros seis jogadores estão emprestados pelo Vasco, mas por períodos mais longos: Matheus Índio, ao Estoril, Ricardo Graça e Bruno Cosendey, ao Vitória de Guimarães, Montoya, ao Tolima, Marquinhos, ao América Mineiro, e Bruno Ferreira, ao Red Bull Brasil.



  • Paulo Wagner

    Victor Bolt vem atuando bem e pode agregar ao grupo no ano que vem. Outro que seria um bom reforço seria o Bruno Cosendey. De qualquer maneira, a equipe tem que ser renovada, principalmente em relação à idade. A política de contratar jogadores mais velhos não dá certo. Não vem dando certo e não dará certo. Jorginho teve o ano inteiro para renovar o time e só conseguiu achar o Douglas e, quem sabe, o Allan. O carioca do ano que vem tem que ser usado para montar uma equipe que consiga não ser rebaixada, de novo, para a série B.

    A propósito, o que acontece com o Sandro Silva? Não para em lugar nenhum! É o mesmo Sandro Silva que um dia serviu à Seleção?

MaisRecentes

Após rescindir com o Vasco, zagueiro de 19 anos assina com o Atlético Mineiro



Continue Lendo

Vasco acerta o retorno de atacante revelado na base do clube



Continue Lendo

O óbvio e o imprevisível



Continue Lendo