Jhon Cley foi o terceiro jogador do Vasco a fazer uma ‘dobradinha’ em 2015



Jhon Cley foi o destaque do Vasco contra o Fluminense (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Jhon Cley foi o destaque do Vasco contra o Fluminense (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

No basquete, quando o jogador obtém mais de dez pontos em dois quesitos numa partida – cestas, assistência, rebotes… – dão o nome de ‘double-double’ ao feito. Como marcar dez gols em um mesmo jogo é algo quase impossível, esse termo não é inimaginável no esporte mais popular do mundo.

Porém, conseguir estufar as redes e ainda dar o passe para um companheiro marcar, apesar de ainda não ter uma nomenclatura no futebol, é certeza de bom desempenho em campo. Neste domingo, Jhon Cley conseguiu fazer essa ‘dobradinha’ e foi o destaque do time na vitória sobre o Fluminense por 2 a 1.

Pode parecer algo simples, diante da dificuldade de um ‘double-double’ no basquete, por exemplo, mas não é tão comum como possa parecer. Antes do camisa 7 brilhar no clássico, apenas dois vascaínos haviam conseguido esse feito na temporada.

Na segunda rodada do Campeonato Carioca deste ano, Bernardo – em seu 100º jogo pelo Vasco – marcou um gol de fora da área e fez o cruzamento para Marcinho completar o placar de 2 a 0 sobre o Madureira. Ainda pelo Estadual, na estreia de Dagoberto, foi a vez de Gilberto fazer o seu de pênalti – sofrido por ele mesmo – e ainda dar o passe para Serginho estufar as redes na goleada por 5 a 1 sobre o Nova Iguaçu.

Agora, com o cruzamento para Andrezinho e o golaço numa pancada da intermediária, Jhon Cley se tornou o terceiro jogador cruz-maltino em 2015 a conseguir a ‘dobradinha’. A primeira de sua carreira como profissional.



MaisRecentes

A real vitória do Vasco



Continue Lendo

Revelado pelo Vasco, Lorran acerta com clube do Chipre



Continue Lendo

Com Maxi López e Henríquez, Vasco chega a 37 estrangeiros contratados nos anos 2000



Continue Lendo