Inversões e invenções de Cristóvão



Gilberto foi bastante acionado na direita (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Gilberto foi bastante acionado na direita (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Gilberto, Kelvin, Jean e Muriqui como titulares. Madson, Julio dos Santos, Eder Luis e Thalles fora.

O que muitas vezes parte da torcida do Vasco pediu nas redes sociais e nos estádios, foi ouvido. Contra o Volta Redonda, Cristóvão lançou alguns reforços desde o início, colocou Wagner no 2º tempo, usou volantes de origem… Sem invenções.

E perdeu.

Quando parecia que o time começaria a ter cara de 2017, tomou um gol bem comum desde 2014: na bola aérea, em falha na linha defensiva. Problema desde os tempos de Adílson Batista, que segue ecoando com uma dupla de zaga que se repete desde então. Sem revezamentos, sem inversões.

Na frente, entretanto, muitas mudanças. Inclusive em relação aos jogos que venceu. Kelvin entrou pela direita formando boa dupla com Gilberto. Guilherme Costa, destaque nas últimas partidas, inverteu de lado e foi para a esquerda.

O lado direito ganhou corpo. Já o esquerdo, ficou morto.

Talvez empolgado com as boas estreias de Gilberto e Kelvin no meio de semana, contra o Santos do Amapá, a equipe fincou bandeira no lado direito e de lá não saiu até os 30 minutos do 1º tempo. Ciente disso, o Voltaço povoou a lateral e fez boa marcação. Restrito a um pequeno pedaço de campo, o Vasco teve dificuldades.

Enquanto isso, Alan Cardoso – que novamente não foi bem – e Guilherme Costa se tornavam espectadores do duelo. E o time perdeu um de seus principais finalizadores, além de um flanco inteiro para tentar abrir a bem montada defesa do Volta Redonda.

O jogo concentrado em apenas um lado, apesar de realçar as qualidades individuais de Kelvin e Gilberto, diminuiu o leque de opções da equipe. Sem variações e com espaço reduzido, voltou a contar com o individual para pressionar. E só ele.

Sem conseguir inverter o jogo, o técnico vascaíno mudou a posição de seus meias. E o jogo virou. Não no placar, mas ao menos no tom.

Com Kelvin na esquerda, a defesa adversária passou a se preocupar com os dois flancos e o ‘campo cresceu’. De olho no recém-contratado, os donos da casa foram obrigados a espaçar a linha defensiva, dando brecha para as infiltrações.

No 1º lance, Guilherme Costa, canhoto na direita, cortou para o meio e finalizou com força para boa defesa de Douglas Borges. No 2º, driblou o marcador e arriscou próximo da linha de fundo. Quase em seguida, Gilberto recebeu de Nenê e teve duas chances claras de marcar. Na última, parou na trave.

Com a inversão, sem invenção, o time melhorou. Não só criou, assustou. Diminuiu a importância do individual e passou a ser mais coletivo.

Kelvin sumiu um pouco da partida, mas o Vasco, como um todo, apareceu. Por não concentrar mais a bola em apenas um lado, outros jogadores despontaram. Assim como no confronto válido pela Copa do Brasil, a presença de um centroavante mais efetivo poderia ter mudado o placar.

A invenção de Muriqui de centroavante não funcionou. A de Escudero na lateral-esquerda, em contrapartida, apesar de paliativa, se mostrou efetiva. Mais pela fase ruim que vive Alan do que por méritos do argentino, é bem verdade.

Na etapa final, entretanto, a inversão de Kelvin e Guilherme foi desfeita, o cansaço ficou nítido e as deficiências também. Foram muitos cruzamentos (37) e lançamentos diretos (39) para uma equipe que atuou sem um centroavante de força física para brigar por essa bola.

O Vasco cria, mas não crava. Já não anda tanto, mas ainda corre errado. Melhorou o passe curto, porém, abusa do longo. Forçou mas não envolveu.

O Cruz-Maltino inverteu algumas falhas, inventou novos erros e se deparou com alguns antigos. Mas também enxergou novas possibilidades e conheceu novas soluções que aos poucos serão ministradas. Ainda não estão prontas.

Pedir calma para o torcedor é o mesmo que solicitar silêncio em meio a um show de rock. Por mais que seja nobre a causa, ela dificilmente será ouvida. Cristóvão e o Vasco precisam estar cientes disso. A torcida também.



  • Luciano Silva

    O problema do Vasco agora não é mais de jogador (apesar de precisarmos de um zagueiro e um lateral esquerdo com urgência) . O problema é de treinador. O Cristóvão não tem a mínima condição de treinar um time grande , é fraco e não tem personalidade . Pode botar ele para treinar o Barcelona que não vai ganhar nada. A diretoria está no caminho certo com a reformulação do elenco mas , mais cedo ou mais tarde vai ter que arrumar um treinador que preste . O único problema é que esse treineiro está no Vasco por influência do Carlos Leite , que ajudou o Eurico a trazer jogadores , ou seja , o Rei Sol ta devendo favor ao empresário e o Cristóvão vai ficar enganando por mais tempo …Uma coisa é certa com.o Cristóvão no Vasco , adeus tri-campeonato e se ele chegar ao Brasileiro corremos risco de rebaixamento sim.

    • Rafa Grandao Ramos

      Em 5 jogos o treinador já tá sentenciado??? Ele, na minha opinião, está montando bem o time, visando o brasileiro e não o carioca. Mas desde o primeiro jogo a torcida caia ele, não da pra entender, o Jorginho nos enfiou JULIO CESAR, DIGHUINHO E JORGE HENRIQUE por um ano e meio goela à baixo e a torcida idolatra um técnico que em 16 meses não deu padrão de jogo nenhum. Agora não deixa o treinador Novo nem mesmo tentar trabalhar. No final somos tão ditadores como o nosso presidente.

      • Luciano Silva

        Parceiro respeito tua opinião , mas esse técnico não está sentenciado em 5 jogos não , já tá sentenciado desde que de um auxiliar técnico obscuro , virou esse desastre como técnico fazem mais de 5 anos. Diz um bom trabalho dele COMPLETO treinando algum time ? Quanto ao Jorginho (que tb não é meu técnico dos sonhos) todo mundo sabe que ele foi boicotado pelos jogadores (liderado por esse ex jogador RODRIGO que o teu treinador não tem coragem de barrar e nos enfia goela abaixo tb , junto com JÚLIO DOS SANTOS , RAFAEL MARQUES e EDER LUIZ que ele pediu para não ser dispensado no início do ano e graças a Deus parece que agora vai ser dispensado ) . Qt tempo o time do Vasco com o Jorginho ficou invicto ? E com os veteranos jogando heim…Vão falar que ele pegou times fracos , mas o VR é o que , time grande? Técnico bom precisa de menos de 5 jogos para dar o mínimo de padrão a um time (tiro como exemplo o Abel Braga no Flu e o Mano no Cruzeiro) . Temos que pensar grande , para sermos gigante . Tinha que correr atrás de técnico do naipe do Cuca para cima , mas se a parte financeira é obstáculo para trazer técnico de nome (apesar que é só dispensar esses 4 jogadores que citei acima que o dinheiro vai aparecer) , então que de chance ao novo (como fez o Botafogo) e traz o Guto Ferreira ou até mesmo o Fernando Diniz . SV

        • Fernando

          O Cristóvão está fazendo o trabalho certo, testando e ensaiando o time. Como disse o Wagner, o resultado foi atípico, embora tenha martelado o jogo inteiro, a bola teimou em não entrar.

          • Edison Lopes

            Ta certo Fernando . Vamos dar um pouco de tempo ao Cristóvão.Onten náo merecia ter perdido o jôgo.

        • Jose Augusto

          O Cristóvão tem pos-graduação em chororô. É um gênio da arte de culpar a bola, as traves, os gandulas, o campo e a torcida. Este currículo o credenciou ao anão da cloaca, um timeco que se orgulha de disputar 2ªs divisões, não ganha-las, mas feliz em participar um ano sim, ou outro não, na elite do futebol. Final do ano, 45 do segundo tempo, o juiz apita e o galvão grita ; É TETRA ! É TETRA REBAIXADO!!! kkkkkk.. AÍ SAPO Jabba-the-Hut diz que vai para a Sibéria, e os seguidores do trem-da-central-da-cloaca acreditam….KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • Cleiton Peixoto Gonçalves

        Olha parece mentira, mas muito feliz com possível volta de Anderson Martin para a zaga. Espero que ele venha mesmo….Agora de queda Eurico tira esse seu afilhado da Zaga titular do Vasco… Poxa pegue outro para ser seu informante do Time… Pode ser o nenê ou Martin SILVA, pois eles jogam bola de verdade, mas agora Rodrigo não joga mais nada e só sabe criar problemas no clube. Por favor na sua melhor época, ,como Presidente. Você nunca deixaria uma ingua dessa no Vasco…. Rodrigo já deu…. Por favor pense sobre o Cristovao também… O time está ficando bom, mas ele vai ferrar tudo de novo. Lembrar, quando não ganhamos o brasileiro de 2011, Carioca de 2012 e libertadores de 2012… Cristovao e Rodrigo fora já……Apoiadíssimo Luciano….Rafa grandão também respeito sua opinião, mas tem certeza que acompanha o Vasco? Cristovao é lixo de treinador…. Comparar Jorginho que não é um baita Tecnico, mas fez milagres com o mesmo time que Cristovao levou 4 do Coríntias, 3 do Fluminsense… Jorginho não tinha tantas opções como estão dando para essa Mula agora no comando. Ele teve que se virar com Leandrao, Thalles, Cansado dos Santos e foi boicotado por Rodrigo, mas foi castigo quando deixou o mesmo Rodrigo continuar como titular mesmo depois de agredir o Rafael Vaz como foi colocado… Perdemos um bom zagueiro para a mulambada. Amigo Jorginho com esse time e sem Rodrigo no elenco estaríamos em invicto nesse campeonato fraco…. Olha se perdemos e ele fala que foi o melhor jogo do Vasco no anos…. Fufufu amigos…. Vamos perde e tomar na cabeça o ano inteiro, mas me diz o que adianta ter volume de jogo e perder todas… O rebaixamento vem do mesmo jeito…… Olha se esse Tecnico fosse bom… a Mulambada teria ficado com ele, Se ele fosse bom estaria no Coritintias até hoje, Fluminense etc…. Se cara virou treinador graças a um AVC…. Cristovao amigão faz um favor para o Vasco…. Saia por favor… Você nem precisa trabalhar mais… Já ganhou dinheiro suficiente… Vai aproveitar seu netos, água de coco. Por favor deixe nos em Paz……

      • Vander Vasco

        Cristóvão já é sentenciado pela carreira… já mostrou que é um eterno auxiliar, não tem estofo, comando e personalidade pra dirigir um time grande!!!

  • Fernando Carneiro

    Vaiar o Cristóvão agora é burrice. Deixa o cara trabalhar. Apoiar é melhor que vaiar, Vascão! Deixa essa mídia corneta pra lá. Saudações!

  • Jose Ferreira

    Já venho falando, esse técnico é sem noção. Ele ganha dos fracos fica feliz, perde dos fracos fica feliz, só porte pros grandes fica feliz. Coitado ele precisa se tratar e quem contratou ele precisa entender que ele não tem perfil de técnico. No maximo um auxiliar. Ele criou um mundo na cabeça onde as coisas são perfeitas e tudo vai bem. Nunca vai mau, vive na sua razão e pronto. Vejo um sinal de distúrbio, precisa de um psiquiatra urgente, Contrata o Fernando Dinis.

  • Dirceu

    Nosso técnico Cristóvão continua sendo umas de nossos grandes dúvidas.
    Primeiramente, ele parece repetir o posicionamento do Jorginho, que não teve a coragem de sacar do time o Rodrigo.
    Está mais do que óbvio que nossa zanga não tem funcionado, levando um monte de gol em cruzamentos, seja pela incapacidade física para disputar as jogadas aéreas, seja pela repetitiva falha de posicionamento.
    Qualquer técnico de personalidade e coragem, já teria tirado do time o Rodrigo e o Alan, e testado outras formações.
    Segundo, não vejo a mão do Cristóvão na organização tática do time. Ganhamos uma jogada pela direita, pela combinação natural que nasceu entre o Kelvin e o Gilberto, mas não vejo a participação de um meia para as triangulações e conclusões.
    No lado esquerdo a inépcia do Alan, não nos dá opções.
    As saídas de bola a partir do Martim Silva continuam a ser feitas preferencialmente com chutões, ligando o goleiro aos atacantes, deixando com a sorte a sobra das disputas com os zagueiros adversários.
    Ele precisa colocar o Nenê pela esquerda e o Guilherme pela direita e criar opções de jogadas pelas laterais, manter a dupla de volantes que tem atuado, e sacar do time o Rodrigo e o Alan.

  • Vander Vasco

    Eu falei no post anterior q estavam ficando animados em demasia por UM JOGO contra um time de 4ª DIVISÃO… parecia agora que o Vasco tinha montado um ELENCO, que brigaria por todas as frentes… pera lá né?! Só rejuvenesceu o time, mas tá longe, muito longe de ser um time competitivo… falta peças fundamentais na ZAGA, lateral esquerda, centroavante fazedor de gols e PRINCIPALMENTE TÉCNICO… Cristóvão é eternamente apenas um AUXILIAR… não vai a lugar nenhum com ele no comando!!!!

  • William Pereira

    Quando é que esse incompetente vai entender que Alan Cardoso não tem vaga nesse time? Tava marcando o cara que fez o gol do Voltaço e depois ainda fica abrindo os braços quando a culpa também era dele! E o Rodrigo vai continuar nesse time até quando?

  • Jose Augusto

    No campeonato brasileiro o Galvão Bueno vai narrar assim o apito final do ultimo jogo do anão da cloaca: É TETRA !! É TETRA! É TETRA REBAIXADO !! kkkkkkkkkkkkkkkk

    • Edison Lopes

      Espera um pouco. Faltam só dois jogos para que a escrita se mantenha firme e forte.Obrigado freguês.

  • Norberto Freund

    Perder é o de menos no momento. Em matéria de jogador, precisamos dar chance ao Jomar, Ricardo Graça, trazer o Anderson Martins. Não sei como o Rodrigo ainda ganha nas pesquisas. Lateral esquerda, só espero que as deficiências do Alan não sejam cobertas pela improvisação do Escudero, que seria um terrível engano. Gilberto/Pikachu por aquele lado?
    O time não vai entrosar “de cara’ . O que é consenso é que o Cristovão Borges, mesmo admitindo que fez essas boas mudanças que o Jorginho não conseguiu implementar, não tem credibilidade com a torcida para seguir com esse trabalho. Ele pode ganhar até do Flamengo, só terá credibilidade com o Eurico . O pior com foi já colocado , é que ele é do Carlos Leite. Pena que esse não tenha pensado no Vasco com o Rômulo . A pior praga do futebol é esse tal de empresário que virou dono dos clubes.
    Técnico do Vasco tem que ter personalidade ou parafraseando romano famoso
    “Técnico do Vasco não basta ser competente, tem que parecer competente”

  • José Dos Santos Beirauti

    Ele deveria era manter o Rafael Marques. O Rodrigo parece ser o dono do time. Coisa ruim.

  • Alessandro Louzada

    Muita gente criticando, mas esse foi APENAS o 6 jogo da temporada. Pra muitos times é o momento de afirmaçao, mas n se esquecam que o Vasco em 2016 cogitou ficar na Serie B, o time teve 6 mudanças(Jean,Gilberto, Gallo, Muriqui, Kelvin e Allan). Prefiro mil vezes perder varios jogos no Estadual e abrir os olhos do Tecnico e da Gestao para nossa carencia(Zagueiro) Do que ser Campeao na raça e esconder como foi em 2015 e 2016. Luis Fabiano chegando, faltara apenas um zagueiro pro lugar do Rodrigo, se nao trouxer nenhum Zagueiro decente, ficara claro o objetivo do Vasco em 2017, permanecer na Serie A.

  • Nei Menezes

    Concordo com o William Pereira. Se o Vasco não passar para a próxima fase do campeonato, poderemos ganhar duas vezes: esse retardado mental poderá levar um pé na bunda e não passaremos por mais vexames, além do que já passamos até agora (que são muitos, graças aos vermes do Eurico e Banana de dinamite). Essa diretoria criminosa tem que entender que não nos engana mais com essas medidas eleitoreiras, contratando (somente agora) jogadores medianos (estamos acostumados com Geovane, Romário, Edmundo, Felipe, Pedrinho, Juninho Pernambucano …). Esses vermes, que afirmaram ter 20 milhões para investimento no futebol, investiram quase nada e nos apresentam um elenco meia-boca para os padrões de um clube da grandeza do Vasco. Exigimos um elenco à altura do Vasco da Gama que se fez gigante ao longo de sua história e, não, um elenco acostumado com a derrota e com postura de um clube que foi rebaixado por 3 vezes em 7 anos. No pacote, queremos um treinador de verdade, um profissional que tenha um
    mínimo de conhecimento de sua profissão e tenha uma postura minimamente digna, a ponto de nunca ter a cara de pau de afirmar que um jogo no qual perdeu para o VOLTA REDONDA foi o melhor jogo do VASCO DA GAMA no ano.
    CHEGA DE VEXAME!

    EURICO E SUA QUADRILHA, JUNTAMENTE COM CRISTÓVÃO E RODRIGO:
    SUMAM, PARA SEMPRE, DO NOSSO VASCÃO!

  • Ricardo Moreira

    O Luan também não dá e um zagueiro lento,o Vasco precisa de dois zagueiro que venham pra jogar também precisa de um preparador físico urgente o time não corre isso é um absurdo e para fechar o Vasco precisa de um treinador,o Cristóvão dá,se alguém aqui não sabe procure se informar qualquer time que tenha um treinador bom, esse treinador sempre dá coletivo treina o time dá forma que vai jogar o Cristóvão não faz isso ele foi mandado embora do Corinthians por isso.como a diretoria aceita isso nenhum time vai ter sucesso sem um trabalho competente

  • Jose Augusto

    O problema do anão da cloaca é de um bom advogado e uma maleta de dindin para garantir que não vão perder os pontos com o possante Resende. Resolvido isso, o Treineiro vai escalar craques de alta estirpe como Muriqui e Thales, fenomenos mundiais, transformando a mulambada no novo PSG. Até lá o Sapo do Charuto vai fazer os trabalhos de bastidores, já pensando nas semi-finais. Basta um soprador de apito e dois levantadores de bandeira.Pronto, final do campeonato Tabajarão, o melhor do mundo,na fita do pódium. Como comprar juiz no Brasileiraão é mais caro, no final do ano o Galvão Bueno vai narrar o último minuto dos esfarrapos lusitanos: É TETRA !! É TETRA REBAIXADO. E, ai, em 2018, um novo campeonado com o Tupi, Luverdende, Dom Pedro, Unidos da Comlurb…..KKKKK

    • Charles Ubiratan

      barbaridade, não é cheirinho, é fedor de podre mesmo !

MaisRecentes

Vasco rescinde com dois jogadores dos juniores



Continue Lendo

Quadrilha vascaína



Continue Lendo

Nenê: titular ou opção no banco?



Continue Lendo