(Im)Paciência e esperança



Riascos fez dois contra o Frizão (Foto: Paulo Sergio/LANCE!Press)

Riascos fez dois contra o Frizão (Foto: Paulo Sergio/LANCE!Press)

Em meio a uma discussão, alguém mais centrado para e lança: ‘Calma, galera, vamos ter paciência’. Por mais correta a atitude, dificilmente ela funciona. A frase normalmente mais irrita do que acalma. E como o futebol é uma discussão sem fim, pedir paciência nem sempre é tão simples. Ou aceitável.

Paciência boa no futebol é com o time dos outros. Quando o nosso joga, não há. Nem mesmo quando a partida tem mais cara de jogo-treino do que de campeonato. Boa mesmo é a esperança. Essa sim vale a pena ter, desde que não seja testada com muita frequência. Contra o Friburguense, a dos vascaínos foi.

Matheus Vital, Henrique e Matheus Índio são esperanças vindas da base. Riascos e Julio dos Santos são alvos da impaciência da torcida há tempos. Opostos num mesmo time que não pôde contar com seu ponto de equilíbrio: Nenê. Com ele em campo, a esperança supera a impaciência. Sem ele, não.

As esperanças, principalmente os ‘Matheus’, não renderam. Mais se esconderam do que se esforçaram para serem vistos. Logo quando eram as principais atrações de uma rodada morta para a equipe, já classificada. Mas isso não quer dizer que as pratas – da casa – sejam apenas chapas – de lata. É necessário paciência.

Falta paciência com Julio dos Santos, e ele acha Eder Luis na direita. Falta paciência com Riascos, e ele marca. Duas vezes. Na segunda, após cruzamento de Yago Pikachu, que experimentou as vaias da Colina pela primeira vez. Acabaram os 100%, começou os sem paciência.

Não que a atuação contra a equipe de Friburgo não mereça críticas, mas não é a hora. É preciso paciência, principalmente com as esperanças. Os outros já se acostumaram, o desesperançado Riascos é prova disso. Ou a contra-prova. Mas os meninos sentem. Não deveriam, mas sentem.

As esperanças do Vasco não são Índio ou Vital, mas sim Nenê e Andrezinho. E esses, para alegria das arquibancadas, voltam contra o Botafogo.



MaisRecentes

Milton Mendes achou a posição de Pikachu



Continue Lendo

Pikachu assume a 3ª posição no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Os celibatários da verdade



Continue Lendo