Escudero e o presente de Natal do Vasco



Escudero é o 1º reforço anunciado pelo Vasco (Foto: Felipe Oliveira/AGIF)

Escudero é o 1º reforço anunciado pelo Vasco (Foto: Felipe Oliveira/AGIF)

Escudero não é o presente de Natal que os vascaínos pediram em suas cartas ao Papai Noel. Bem longe disso. Mas também não é aquele conjunto de moletom que você ganha da tia e esconde no fundo armário. Tem utilidade.

É muito provável que Escudero não fosse nem o presente que Eurico gostaria de ter dado. Mas era o que tinha para o momento. Uma ‘lembrancinha’ para não perder a data, enquanto aquela compra que fez pela internet ainda não chega.

Ao menos é isso que o torcedor espera, depois de tanto mistério.

O argentino tem um bom chute de média distância, qualidade na bola longa, é veloz e tem como principal característica as assistências. É um criador de jogadas, mais que um finalizador, apesar de também marcar gols.

Não é um substituto para Nenê, caso o camisa 10 realmente saia. Não tem esse perfil de decidir jogos. Talvez um reserva ou alguém para dividir a responsabilidade de criar, jogando juntos. É uma opção que não tinha no elenco vascaíno, que só contava com Andrezinho – que tem atuando mais recuado -, Nenê e Evander como especialistas da posição.

O argentino sozinho não mudará o Vasco de patamar. Porém, se a promessa de mais contratações de nível forem confirmadas, pode ajudar. Principalmente na visão de dar corpo ao grupo e opções para Cristóvão.

Espera-se que Escudero seja o acompanhamento de um belo jantar, não o prato principal da ceia. Ainda que o banquete, prometido para o Natal, seja servido apenas no réveillon.

Afinal, ninguém senta à mesa na expectativa que sirvam o salpicão. Por melhor que ele seja.



MaisRecentes

Especial 120 anos: o maior Vasco de todos os tempos



Continue Lendo

Jorginho teve um dos piores aproveitamentos de um técnico do Vasco nesta década



Continue Lendo

A vitória amarga



Continue Lendo