Encontro com Guiñazu



Guiñazu fez uma excelente temporada pelo Vasco (Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

Guiñazu fez uma excelente temporada pelo Vasco (Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

ENCONTRO COM GUIÑAZU
Escrito em 30/10/2014

“Quando saiu o quarto gol, antes mesmo que eu conseguisse perceber que Rafael Vaz havia entrado em campo, eu desisti. Peguei minha noiva, minha filha e decidi deixar São Januário.

Nas escadas de saída do Setor Premium, onde eu estava por ter ganho ingressos na promoção dos sócios, ouço a seguinte frase:

“Agresión, no! No vá ter agresión!”

Era Guiñazu se dirigindo provavelmente ao vestiário para receber os companheiros. O argentino queria convencer os policias que não precisava de escolta. Mas fiquei na dúvida se ele falava que ninguém iria arrumar problema com ele ou o inverso.

Logo atrás, Diego Renan com os olhos cheios de lágrimas e uma cara de assustado, quase implorando para que o volante deixasse que os seguranças os acompanhassem.

Minha primeira reação foi tirar minha filha da reta para não levar um carrinho, a segunda foi desviar do carrinho e a terceira foi virar e dizer:

“O Vasco precisa de onze ‘Guiñazus’ em campo! Tá faltando você, Guina! Tu é o coração desse time!”

Eu poderia jurar que era um sorriso, mas parecia mais um grunhido o que fez o gringo. Típico.

Como o Guina de sempre, o capitão acelerou o passo sem se importar muito com os policiais que corriam para lhe acompanhar. Enquanto isso, Diego Renan não sabia se tentava alcançar o capitão ou se voltava para não correr o risco de encontrar alguém mais exaltado. Passei nas costas dele tranquilo rumo ao gol, ops… Perdão, rumo à saída.

No fim, acho que era o Guiñazu que estava fazendo a segurança da polícia e do Diego Renan. É o único que anda com moral e merece ser chamado de autoridade dentro de São Januário.

Pelo menos por enquanto…”

Facebook – www.facebook.com/BlogDoGarone
Twitter – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • sergio

    concordo em numero e genero com vc garone.O guinazu do inter so sabia bater,no vasco ele é completo e tem uma raça descomunal.

  • Jean Lins

    O melhor jogador de linha do Vasco em 2014 não poderia sair, o cara é raçudo existe aqueles que não o reconhece pelo fato dele não ser goleador porém esse cara não pode sair, não sabemos como o corpo dele vai aguentar nesses 2 anos de contrato espero que esteja correndo como um garoto, tem o meu respeito o cara é o verdadeiro cão de caça com ele a defesa fica mais segura agora só falta arrumar direitinho o meio de campo que teremos um bom meio de campo para esse inicio de ano /+/

  • Ayron

    O Guina no Inter já era o grande jogador que é! Ele comete muitas faltas? sim comete, mas isso é consequência de sua entrega em campo , não desiste de meia jogada sequer e não é um brucutu como muitos primeiros volantes, o Guina tem qualidade no passe e dificilmente erra passes, que bom que teremos por mais tempo!

  • Paulo Roberto

    o Guina ,serve de exemplo para os jovens que estao surgindo ,tem que ter garra, entrega em campo,
    dedicacao e deixar de ser patricinho. quando chega no profissional ja achar que e o cara .

  • Renovar com GUIÑAZÚ foi a coisa mais acertada que essa diretoria fez até agora;ele é realmente um jogador que veste e luta pela camisa do Vasco.

  • Trafalgar Law

    É simples, futebol é mais raça e entrega do que técnica. Com o Guiñazu no comando vamos longe!

  • Adriano

    Boa noite e S.V a todos … O que estão fazendo ao Vasco ? Estão contratando jogadores rebaixados com o Olaria (Erick Luis, Erick e Victor Bolt) e os mesmos tiveram passagens pelo Bahia na mesma epóca que Angione esteve por lá . A propósito os mesmos são da Brasport que é uma empresa que está cuidando da Adm. do Olaria, e é gerida por JLM, Paulo Reis e Angione. Me pergunto se não é estranho esses jogadores estarem no Vasco ? Deveremos aguardar a contratação do time titular do Olaria ? Pois já temos 3. Por favor peçam ao seu Grão-Mestre para desistir de jogar o Torneio Super Series pois com esse elenco horroroso e inchado por burrice, apadrinhamento e favorecimento tomaremos pancada.. E eu pensei que o respeito tinha voltado mas na verdade era o respeito de 2001 a 2008 ano em que Eurico assumiu a Presidência e tivermos jogadores horrossos que vestiram nossa Armadura Templária .

    • Adriano!
      Você tem como provar que esses jogadores são da empresa citada e que seus diretores são os que você citou? Se tem entregue as provas ao conselheiros da oposição no Vasco. Se não tem como provar, para de falar besteira. Acusar sem provas é crime. SV

  • O guina e pessa essencial no time, mas nao so de laterais e volantes e feito um time realmente cade os atacantes ou eurico pensa que so com lat e vol e feito um time, espero nao perder a confianca em eurico em 2015.

  • Muita gente estaria satisfeita com a saída do Guiñazu , mas não saiu . Longe de ser perfeito , porém , o respeito a camisa que veste , vale o investimento . Anos de descompromisso com o clube e total abandono patrimonial , refletiu em tudo em São Januário . Existe uma diferença fundamental , o ódio pessoal , maior que o amor ao clube . Quanto a qualidade das contratações , a qualidade oferecida no mercado , e os altos salários não combinam com a realidade atual do nosso futebol . Acho , que ficou evidente , no custo benefício , da última copa . Não estou falando do sete a zero , porém da realidade do futebol apresentado , apesar do Oba , Oba . O Vasco está vivo ! Avante Vascão !
    P S : Ainda não fui ao Calabouço !

MaisRecentes

Próximos seis jogos podem definir o destino do Vasco no Brasileiro



Continue Lendo

As mãos invisíveis



Continue Lendo

As mudanças no Vasco pós-Milton Mendes



Continue Lendo