Douglas Lima pode ser uma boa aposta do Vasco



Douglas Lima é um dos destaques do Carioca (foto: André Soares/Madureira)

Douglas Lima é um dos destaques do Carioca (foto: André Soares/Madureira)

Uma das melhores coisas para mim, que trabalho com o futebol, durante o Estadual, é assistir jogos dos chamados pequenos em busca de revelações. Nesse Carioca, o primeiro nome que me chamou a atenção foi exatamente o de Douglas Lima, que foi oferecido ao Vasco.

Na partida entre Madureira e Botafogo, válido pela 2ª rodada do campeonato mas disputado antes da 1ª – sim, isso aconteceu -, o garoto foi um dos jogadores mais agudos do Tricolor Suburbano.

Atuando como um ponta esquerda – é lateral de origem -, buscou sempre a linha de fundo, sem medo da confronto 1 x 1, e conseguiu bons lances na vitória do seu time por 2 a 1. Inclusive tuitei sobre ele na ocasião – onde a memória falha, o Twitter te lembra.

tweet douglas lima
A primeira impressão foi boa. Carrega bem a bola em velocidade, tem habilidade, é jovem, rápido e parte pra cima. Sabe pressionar a saída do adversário, algo que o técnico vascaíno preza bastante. Não é um finalizador, é um criador de jogadas.

Precisa ser lapidado, é verdade, como a maioria dos atletas que chegam de um clube menor. Mas é algo comum. O talento, que é o mais importante, mostrou ter. Bem orientado, pode render ainda mais.

Nas partidas mais recentes, Douglas retornou à lateral, mostrando um outro lado do seu futebol: o defensivo. Foi bem contra o Vasco, no embate com Gilberto, e também no jogo com o Flu. Nestes dois duelos, totalizou 7 desarmes certos, de acordo com números do Footstats.

Douglas atua exatamente no lado do campo que parece haver mais dúvidas no Vasco: a esquerda. Henrique evoluiu nos últimos jogos, mas tem um longo histórico de lesões. Mais à frente, Andrezinho, Guilherme Costa, Kelvin e Manga ainda não marcaram posição. O atual camisa 6 do Madura pode chegar para ser mais uma opção de Milton Mendes para as duas posições.

Talvez, Douglas possa ser para Henrique o que Pikachu é para Gilberto na direita. Uma opção de dobra.

É uma aposta, não uma certeza. Porém, uma tentativa viável, de baixo risco.

Não é de hoje que o Madureira é um bom celeiro de reforços para o Vasco. Não que esta seja a função do clube, claro, mas a história não nega a proximidade entre os dois. De Jair Rosa Pinto, Lelé e Isaías, ‘Os Três Patetas’, passando por Nasa, Léo Lima, Souza, Muriqui e, mais recentemente, William, o histórico é longo. Uns com mais sucesso, outros com menos.

Na balança dos negócios entre Vasco e Madureira, o saldo é positivo. Vale seguir apostando.



MaisRecentes

Vasco pode lucrar com a ida de Danilo para a França



Continue Lendo

Martín Silva pontua no Troféu Ademir Menezes; Pikachu reassume a liderança



Continue Lendo

O voo do Vasco



Continue Lendo