Dois times brasileiros já venceram o Barcelona por mais de três gols de diferença



Messi fez dois na vitória sobre o Bayern (Foto: AFP)

Messi fez dois na vitória sobre o Bayern (Foto: AFP)

Na próxima semana, o Bayern de Munique terá a difícil missão de vencer o Barcelona por mais de três gols de diferença para avançar na Liga dos Campeões sem a necessidade de prorrogação. Curiosamente, a última vez que os catalães foram derrotados por um placar tão elástico, foi exatamente contra os alemães.

Tarefa complicada, mas não impossível. Aliás, dois clubes brasileiros já alcançaram tal feito na história. Vasco e Santos são as equipes do Brasil responsáveis por vencerem o Barça com uma diferença de quatro ou mais gols. Nem mesmo a Seleção Brasileira, que já enfrentou os espanhóis em duas oportunidades, conseguiu uma vitória tão expressiva. Pelo contrário, empatou os dois jogos, em 34 e 99.

Time do Vasco de 57 que venceu o Barcelona por 7 a 2 (Foto: Divulgação/Site Oficial do Vasco)

Time do Vasco de 57 que venceu o Barcelona por 7 a 2 (Foto: Divulgação/Site Oficial do Vasco)

Em 1957, os vascaínos aplicaram uma das maiores goleadas da história dos culés. O 7 a 2 no placar foi construído com três gols de Laerte, Vavá, duas vezes, Válter Marciano e Wilson Moreira. Villaverde e Martínez descontaram.

Dois anos após o massacre cruz-maltino, o Santos de Pelé foi até o Camp Nou – recém construído – e ‘presentou’ a torcida com outro atropelo: 5 a 1, com dois do Rei, dois de Dorval e um de Coutinho. Evaristo de Macedo, que também estava em campo na goleada do time de São Januário, descontou para os donos da casa.

Pelé marcou duas vezes em goleada do Santos sobre o Barcelona (Foto: Reprodução/Acervo Santista)

Pelé marcou duas vezes em goleada do Santos sobre o Barcelona (Foto: Reprodução/Acervo Santista)

Em 92, o São Paulo também goleou o Barcelona, porém, com um placar que atualmente não interessa ao Bayern: 4 a 1, em partida válida pelo Torneio Tereza Herrera, da Espanha. Três dias depois, pelo Torneio de Sevilla, nova derrota para o Vasco: 3 a 1, com gols do atacante Júnior, do lateral Luís Carlos Winck e do ídolo Edmundo.

Em 53 confrontos contra clubes brasileiros, o Barça saiu derrotado em 21, venceu 20 e empatou 12 vezes. Corinthians, Botafogo, Flamengo, Palmeiras, Grêmio e Internacional – esse na decisão do Mundial de Clubes -, foram as outras equipes a triunfarem sobre a ‘máquina espanhola’.

FICHA DA GOLEADA DO VASCO:

BARCELONA 2 X 7 VASCO
Data: 23/06/1957
Estádio: Les Corts – Barcelona (ESP)
Árbitro: Gómez Contreras (ESP)
Gols: Laerte 3/1ºT (VAS), Vavá 6/1ºT (VAS), Laerte 11/1ºT (VAS), Vavá 6/2ºT (VAS), Villaverde 10/2ºT (BAR), Laerte 27/2ºT (VAS), Válter 35/2ºT (VAS), Martínez 36/2ºT (BAR) e Wilson Moreira 2ºT (VAS)

BARCELONA-ESP: Ramallets, Olivella, Brugué (Rodri), Segarra, Vergés (Gracia), Flotats, Basora (Tejada), Villaverde, Martínez, Evaristo e Hermes González. Técnico: Doménec Balmanya.

VASCO: Carlos Alberto, Dario, Viana, Laerte, Orlando, Ortunho, Sabará, Livinho, Vavá (Wilson Moreira), Válter e Pinga. Técnico: Martim Francisco.

FICHA DA GOLEADA DO SANTOS:

BARCELONA 1 x 5 Santos
Data: 28/06/1959
Local: Camp Nou – Barcelona (ESP)
Gols: Pelé 56′ e 71′, Dorval 4′ e 74′ e Coutinho 10′; Evaristo de Macedo 15′.

Barcelona: Larraz; Rife e Bartoli; Pinto (Martínez), Verges e Recaman; Villaverde (Hermes), Kocsis, Evaristo, Ribelles e Czibor.

Santos: Lalá; Pavão (Formiga) e Mourão; Getúlio, Ramiro e Zito; Dorval (Alfredinho), Jair Rosa Pinto (Álvaro), Coutinho, Pelé (Afonsinho) e Pepe.

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



MaisRecentes

Mortal



Continue Lendo

Vasco tem mais lesões do que vitórias em 2018



Continue Lendo

Não é azar



Continue Lendo