Dez maiores artilheiros do Vasco revelados pelo clube no século XXI



Alan Kardec despontou no Vasco em 2007 (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

Alan Kardec despontou no Vasco em 2007 (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

O Vasco sempre foi conhecido por revelar grandes atacantes do futebol brasileiro. Roberto Dinamite, Romário, Edmundo, Valdir, Sonny Anderson, Sorato, Jardel e tantos outros, são a prova viva do talento natural do clube para encontrar jogadores com faro de gol.

Porém, desde a virada do século, o clube tem tido dificuldades para encontrar em sua base um novo goleador para os profissionais. Thalles, atual reserva da equipe, apareceu muito bem em 2013, marcando dois gols logo em sua estreia, mas atualmente já amarga um jejum de seis meses sem marcar gols. A última vez foi contra o Joinville, em setembro do ano passado.

A seca poderia ter terminado contra o Nova Iguaçu, na 10ª rodada do Estadual, mas o atacante se enrolou com a bola e o árbitro acabou anotando na súmula como gol contra do zagueiro.

Curiosamente, o atleta revelado pelo clube no século XXI com mais gols não é um atacante, mas sim um meia. Morais, que agora defende o CRB, de Alagoas, é até hoje o prata da casa com mais tentos pelo Cruz-Maltino neste período, levando em consideração apenas os jogadores que surgiram de 2001 pra cá.

CONFIRA O TOP 10:

1º – Morais – 39 gols
2º – Souza – 25
3º – Alan Kardec – 24 gols
4º – Cadu – 19 gols
Léo Lima – 19 gols
6º – Anderson Costa – 16 gols
7º – Thalles – 13 gols
Alex Teixeira – 13 gols
9º – Ely Thadeu – 12 gols
10º – Ygor – 11 gols

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • ODILON C SILVA – RJ

    O garoto THALLES leva jeito, tem estilo, o problema que o momento não é bom, o sistema não favorece,sse jogasse num grande time com certeza vingaria.

    • ODILON C SILVA, totalmente infundada a sua opinião, o jogador quando é bom ele joga em qualquer time, aliás o vasco é o que no cenário do futebol brasileiro.

      • o Cr Vasco da Gama é um dos maiores clubes do mundo e vem esse cidadão chamado ODILON SILVA e escreve uma besteira dessas,SE o Thalles não está jogando bem,a culpa não é de ninguém a ser dele mesmo;o Vasco como qualquer grande clube passa por momento em que tudo dá certo e às vezes ,como agora,passa por momentos difíceis em que o time está em formação ,mas como sempre ,seus momentos de glórias ,vitórias e conquistas ,após a tempestade sempre voltam.

        • piqueno é time que não tem estadio. quer enganar a quém? fala sério aqui não cabe opinião de urubú

  • Ricardo Wagner

    Nenhum dos 10 jogadores listados acima entraria no time de 1998 e os subsequentes até 2001.

    • Carlos Eduardo

      Alex Teixeira sim cara. Joga muito.

  • Pois é ! A falta de gestão dos administradores é latente, contratam-se tantos jogadores que não tem perfil e nem são aproveitados, dispensam até os que recentes foram contratados, jogam fora os da base que não servem pro vasco, mas são estrelas ou peças fundamentais em outros times. Veja o exemplo dos artilheiros acima, calcule quanto tempo jogou o Moraes, o Souza, Cadu, Léo Lima. O Alan pouco foi aproveitado no vasco e está em terceiro na artilharia do vasco, foi artilheiro do Palmeiras e é um dos goleadores do SÃO PAULO.
    NÃO DÁ PRA ENTENDER !
    Quem agora eles vão jogar no lixo ( que serve pra muitos clubes) pra dar lugar a esse primo do Messi que estava encostado no Bahia, 2ª divisão ?

    • Carlos Eduardo

      Cadu foi importantíssimo na final de 2003, se ele não desvia de cabeça, o Souza não faria o gol.

  • ODILON SILVA = RJ

    Um grande clube, com um time fraco, um time que não ganha do BARRA MANSA, que não ganha do TIGRE, é muito dificil algum jogador render alguma coisa, só pode ser elogiado por alguns cegos euriquistas.

  • ODILON SILVA = RJ

    Tá por trás nè ZÉ BOBÃO, doido para ganhar da minha pessoa, tu não tem jeito, seu recalcado.

MaisRecentes

O Vasco sem Nenê



Continue Lendo

Pikachu assume a vice-liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Luis Fabiano e a intimidade do gol



Continue Lendo