Defesa do Vasco tem sua maior série sem sofrer gols desde o Carioca de 2016



Rodrigo conseguiu parar Guerrero mais uma vez (foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Rodrigo conseguiu parar Guerrero mais uma vez (foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Organização, intensidade e recuperação rápida: três coisas bastante cobradas por Milton Mendes nos primeiros jogos do Vasco sob o seu comando e que parecem estar surtindo efeito. Finalista da Taça Rio, a equipe não sofre gols há três partidas, algo que não ocorria desde abril do ano passado, quando ficou quatro rodadas sem ser vazado.

Nos cinco jogos com o novo treinador, em quatro o time não levou gols. Os únicos tentos sofridos foram no empate em 2 a 2 com o Flamengo, quando jogou com um a menos durante grande parte do 2º tempo – Luis Fabiano foi expulso. Ou seja, com 11 jogadores em campo e Milton à beira do gramado, o Cruz-Maltino ainda não teve sua rede balançada.

Outra mudança deste período foi a entrada de Rafael Marques na defesa vascaína. Com Luan vendido ao Palmeiras, o jogador assumiu a condição de titular em definitivo e ajudou na melhora do setor. Nas 10 partidas que fez na temporada, o zagueiro deixou o campo derrotado em apenas uma delas, contra o Vitória, no Barradão, pela Copa do Brasil.

Quem subiu de produção também foi Jean. O volante vascaíno tem tido atuações mais seguras e já é o maior ladrão de bolas do Campeonato Carioca, mesmo tendo estreado no decorrer da competição.

SEQUÊNCIA SEM SOFRER GOLS EM 2016:

– 09/04 – Vasco 1×0 Madureira
– 13/04 – Remo 0x1 Vasco
– 17/04 – Fluminense 0x1 Vasco
– 24/04 – Flamengo 0x2 Vasco

SEQUÊNCIA SEM SOFRER GOLS EM 2017: 

– 30/03 – Vasco 1×0 Boavista
– 02/04 – Nova Iguaçu 0x2 Vasco
– 08/04 – Vasco 0x0 Flamengo



MaisRecentes

Ríos se torna o 2º estrangeiro com mais gols pelo Vasco na história do Brasileiro



Continue Lendo

As duas faces de um empate



Continue Lendo

Artilheiro do Vasco, Pikachu vem tendo sua maior média de gols da carreira



Continue Lendo