Defesa do Vasco tem sua maior série sem sofrer gols desde o Carioca de 2016



Rodrigo conseguiu parar Guerrero mais uma vez (foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Rodrigo conseguiu parar Guerrero mais uma vez (foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Organização, intensidade e recuperação rápida: três coisas bastante cobradas por Milton Mendes nos primeiros jogos do Vasco sob o seu comando e que parecem estar surtindo efeito. Finalista da Taça Rio, a equipe não sofre gols há três partidas, algo que não ocorria desde abril do ano passado, quando ficou quatro rodadas sem ser vazado.

Nos cinco jogos com o novo treinador, em quatro o time não levou gols. Os únicos tentos sofridos foram no empate em 2 a 2 com o Flamengo, quando jogou com um a menos durante grande parte do 2º tempo – Luis Fabiano foi expulso. Ou seja, com 11 jogadores em campo e Milton à beira do gramado, o Cruz-Maltino ainda não teve sua rede balançada.

Outra mudança deste período foi a entrada de Rafael Marques na defesa vascaína. Com Luan vendido ao Palmeiras, o jogador assumiu a condição de titular em definitivo e ajudou na melhora do setor. Nas 10 partidas que fez na temporada, o zagueiro deixou o campo derrotado em apenas uma delas, contra o Vitória, no Barradão, pela Copa do Brasil.

Quem subiu de produção também foi Jean. O volante vascaíno tem tido atuações mais seguras e já é o maior ladrão de bolas do Campeonato Carioca, mesmo tendo estreado no decorrer da competição.

SEQUÊNCIA SEM SOFRER GOLS EM 2016:

– 09/04 – Vasco 1×0 Madureira
– 13/04 – Remo 0x1 Vasco
– 17/04 – Fluminense 0x1 Vasco
– 24/04 – Flamengo 0x2 Vasco

SEQUÊNCIA SEM SOFRER GOLS EM 2017: 

– 30/03 – Vasco 1×0 Boavista
– 02/04 – Nova Iguaçu 0x2 Vasco
– 08/04 – Vasco 0x0 Flamengo



MaisRecentes

O vaivém do Vasco para 2018



Continue Lendo

Sub-23: Vasco acerta com mais dois jogadores do São Gonçalo



Continue Lendo

Desábato será o 34º estrangeiro a defender o Vasco neste século



Continue Lendo