De Landu a Romário, Vasco já utilizou mais de 100 atacantes neste século



Ladu (à direita) comemora gol de Jean em 2008 (Foto: Gazeta Press)

Landu (à direita) comemora gol de Jean em 2008 (Foto: Gazeta Press)

“Vasco busca atacante para reforçar o elenco”. Manchete frequente na imprensa a cada abertura de mercado. Isso porque o rodízio nos jogadores de frente tem sido constante no clube nas últimas temporadas.

Para quem teve Roberto Dinamite por duas décadas no comando ofensivo e depois viu brilhar nomes como Romário, Sorato e Edmundo, não conseguir um goleador que se firme no ataque por mais de dois anos é preocupante. E em 2016 a equipe segue em busca de um atleta que chegue para dominar a posição, algo que não acontece há tempos em São Januário.

De 2001 até hoje, mais de cem atacantes vestiram a camisa cruz-maltina, sendo a grande maioria deles com pouquíssimo sucesso. Alguns mal estrearam. Este ano, Rafael Silva e Herrera já deram adeus a Colina e a diretoria agora segue em busca da 112ª tentativa para a posição neste século.

Na lista, grandes jogadores como Bebeto, Euller, Donizete e Viola, além do Baixinho e do Animal. Porém, aparecem acompanhados de outros bem menos marcantes, como Landu, Elbinho, Abuda e Léo Guerra.

ATACANTES DO VASCO NO SÉCULO XXI

– Donizete
– Gian
– Cristiano
– Dedé Panterinha
– Allan
– Edmundo
– Viola
– Romário
– Euller
– Souza
– Ely Thadeu
– Paulo César
– Léo Macaé
– Cadu
– Bebeto
– Valdir
– Zé Carlos
– Luciano Vianna
– Andrezinho
– Washington
– Léo Guerra
– Anderson
– Marques
– Léo Borges
– Carlinhos
– Régis Pitbull
– Alex Alves
– Wesley
– André Lima
– Denílson
– Gustavo
– Marco Brito
– Alex Dias
– Reinaldo
– Elbinho
– William
– Bruno Meneghel
– Valdiram
– Edílson
– Ricardinho
– Valdir Papel
– Faioli
– Fábio Júnior
– Luís Carlos
– Jean
– Leandro Amaral
– Alessandro
– André Dias
– Marcelo Farias
– Alan Kardec
– Martín Garcia
– Enílton
– Abuda
– Martín Carvalho
– Abubakar
– Villanueva
– Landu
– Éder
– Maurício Pinilla
– Élton
– Alex Teixeira
– Rodrigo Pimpão
– Edgar
– Carlos Antônio
– Magno
– Willen
– Rodrigo Jordão
– Robinho
– Adriano
– Aloísio Chulapa
– Dodô
– Geovane Maranhão
– Rafael Coelho
– Éder Luís
– Nunes
– Zé Roberto
– Jonathan
– Patric
– Nílson
– Bruno Paulo
– Misael
– Marcel
– Leandro
– Alecsandro
– Kim
– Carlos Tenório
– William Barbio
– Romário Souza
– Pipico
– Maicon Assis
– Leonardo
– Thiaguinho
– Edmílson
– André
– Thalles
– Reginaldo
– Willie
– Everton Costa
– Yago
– Marquinhos do Sul
– Rafael Silva
– Kleber Gladiador
– Gilberto
– Leandrão
– Herrera
– Jorge Henrique
– Renato Kayser
– Riascos
– Dagoberto
– Romarinho
– Mosquito



  • Frank

    RAPAZ!,,, MAS QUE NOTÍCIA ESPETACULARRRRR!!! QUE PESQUISA E TANTO, HEIM? ISSO VAI ACRESCENTAR MUITO PARA O FUTEBOL DO BRASIL! JÁ NÃO SE FAZEM MAIS JORNALISTAS COMO ANTES. FUTEBOL, VIROU SALA DE FOFOCA E ASSUNTOS PÍFIOS. E OS OUTROS TIMES? POR QUE RAZÃO NÃO FEZ, VOCÊ, UMA ASSIM: VEJAM QUANTOS ATACANTES OS TIMES DE FUTEBOL DO RIO UTILIZARAM NESTE SÉCULO. RAPAZ, PARTINDO DE VOCÊ, ESTOU ATÉ ESPANTADO. VOCÊ TEM COMENTÁRIOS BEM FELIZES.

MaisRecentes

Caio Monteiro marca seus primeiros pontos no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

A zona vascaína



Continue Lendo

O ‘novo’ Nenê



Continue Lendo