Dagoberto no Vasco



Dagoberto pode acertar com o Vasco (Foto: Gil Leonardi/LANCE!Press)

Dagoberto pode acertar com o Vasco (Foto: Gil Leonardi/LANCE!Press)

Vasco está próximo de fazer a sua primeira contratação indiscutível tecnicamente de 2015: Dagoberto. O atacante pode ser o 18º reforço do clube para a temporada, o primeiro que chega com aprovação de quase 100% da torcida.

Os poucos torcedores que se manifestam contrários a sua chegada falam das recentes lesões do atleta. Justo. Obviamente, ‘Dagol’ não vive seu auge físico aos 31 anos de idade mas pode ser ajudado exatamente por um reforço que tem sido muito pouco comentado até então: o CAPRRES.

O Vasco hoje conta com o Centro Avançado de Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo, que é referência no Brasil e também no exterior. O projeto foi idealizado pelo fisiologista Alex Evangelista e funciona no clube desde o início do ano. E tem dado certo.

Dagoberto pode ajudar muito o Gigante, mas também poderá ser ajudado. A estrutura profissional montada pode contribuir para que o atacante tenha uma temporada livre de lesões e, consequentemente, uma sequência melhor de jogos.

Pode não ter vaga para ele no elenco do Cruzeiro, bicampeão brasileiro, mas no Vasco sobra. Principalmente se for feito um bom trabalho físico, como tem sido realizado. Ao lado de Gilberto, certamente formará uma dupla ofensiva de respeito.

Bem, Dagoberto é um dos melhores atacantes do futebol brasileiro. Pode não ser espetacular em nenhum fundamento mas é de bom para ótimo em todos. Dribla, corre, chuta, faz gols, dá assistências… Tudo com eficiência. É acima da média.

O Vasco tem o CAPRRES, Dagoberto a habilidade. Se unir, tem tudo para dar certo.

Vem, Dagol!

Saudações vascaínas! /+/

ACOMPANHE O BLOG DO GARONE NAS REDES SOCIAIS:
Facebook – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
Twitter – https://twitter.com/BlogDoGarone



MaisRecentes

Ríos diminui vantagem de Pikachu no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Ríos se torna o 2º estrangeiro com mais gols pelo Vasco na história do Brasileiro



Continue Lendo

As duas faces de um empate



Continue Lendo