Chega de mentiras



Chitãozinho e Xororó dão  'evidências' de que torcem para o Vasco (Foto: Divulgação/Montagem Blog do Garone)

Chitãozinho e Xororó dão ‘evidências’ de que torcem para o Vasco (Foto: Divulgação/Montagem Blog do Garone)

“… de brincar com o meu desejo. Eu te quero mais que tudo, eu preciso do seu… Futebol!”.

No dia 1º de abril, Dia da Mentira, a última coisa que o Vasco precisa fazer nesta data é enganar o seu torcedor.

Com um time recheado de jogadores que precisam mostrar o que vieram fazer de verdade com a camisa vascaína, é hora de apresentar um futebol convincente. Não dá mais para viver fingindo, se não podem enganar o coração – do torcedor.

Tem que ir para decidir, se impor desde o início e mostrar que, mesmo desfigurado, ainda é o Vasco. Chega de meias-verdades, meio-Vasco. Só existe um, e quem entrar em campo o estará representando. Não tem essa de ‘reservas’, pisou no gramado é titular.

Bernardo, Nei, Sandro Silva… A lista de atletas que andam ‘faltando com a verdade’ é grande. Seguem negando as aparências e disfarçando as evidências de que já não são mais tão produtivos para a equipe. Mas precisam fazer isso em campo.

A desconfiança é algo natural do torcedor vascaíno, intrínseco na nossa personalidade. Temos medo de pensar em te perder. Talvez, exatamente, por termos tido equipes mentirosas nos últimos 15 anos. Chega disso.

Para recuperar a confiança e a imponência cruz-maltina, é preciso ser Vasco de verdade, não de mentira. E 1º de abril é uma boa data para quebrar este paradigma.

Só quero ouvir você dizer que sim…

Eu sei que te amo, Vascão!

Saudações vascaínas! /+/

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



MaisRecentes

Bruno César não é Maxi López



Continue Lendo

Sub-20 do Vasco poderá superar o desempenho do time de 2010, que revelou Allan e Luan



Continue Lendo

A Martín o que é de Martín



Continue Lendo