Carta a Jorginho



Jorginho despertou o interesse do Cruzeiro (Wagner Meier/Lancepress)

Jorginho despertou o interesse do Cruzeiro (Wagner Meier/Lancepress)

Querido Jorginho (não, não sou a Dona Lúcia),

Sei que não me conhece, talvez nem vá ler o que estou escrevendo, mas ainda assim tomei a liberdade de escrever algumas linhas para lhe pedir uma coisa: não deixe o Vasco.

Não sei se digo isso como torcedor, ‘trabalho’ que exerço antes mesmo de escrever – em blogs ou nas paredes de casa -, ou como um conselho de amigo, ainda que distante. Não sei se ficar será melhor para você ou para o clube, mas acredito que uma saída será pior para os dois. Acredite.

Eu poderia te dizer que a torcida sempre apoiará o seu trabalho e que terá estabilidade para sempre, mas estaria mentindo. As arquibancadas de São Januário ainda irão te vaiar um dia, os gritos de ‘burro’ são mais certos do que a ‘penteada’ de Nenê na bola. Mas tudo isso será bem melhor se acontecer com a Cruz de Malta no peito e não no lado oposto. Aqui a gente se entende, relembra o passado e se acerta. Em outro lugar, eu já não sei.

Olha, talvez você me conheça sim. Ainda que não saiba. Ou não se lembre. Em 94, eu era uma daquelas crianças que caíram de joelhos quando você achou Romário no meio dos gigantes suecos. Fui eu quem gritou: ‘Não cruza, não! Toca atrás!”. Lembra? Aquele moleque no meio de outros tantos se amontoando na frente do Bar do Seu Sérgio, em Petrópolis, brigando com os adultos por um espaço que fosse possível enxergar a tv.

Ainda bem que não me ouviu…

Em 2000, na estreia do Mundial de Clubes contra o South Melbourne, da Austrália, eu estava nas antigas cadeiras do Maracanã, um pouco acima da geral que já encerrara sua vida. Bem na sua reta quando cobrou o lateral para o Juninho, que devolveu de cabeça. Dessa vez eu gritei: ‘Cruza, Jorginho!’.

Me recordo de ouvir o som da bola tocando a testa do Reizinho. Tenho certeza que me ouviu! Está lembrado? Ainda bem que você rolou para trás, na perna esquerda de Felipe, que soltou uma bomba e abriu o caminho para vitória por 2 a 0.

Pois é, parece que você toma decisões melhor do que eu.

O retrospecto está todo ao seu favor. Mas tem um detalhe: nas duas situações você optou por servir alguém, não da maneira mais fácil, mas da forma correta. Poderia ter chutado em todas, mas preferiu passar. E é isso que os vascaínos esperam de você: deixe passar.

Eu sei que o futebol é um negócio, entendo perfeitamente. Também vivo dele – ainda que com números bem mais humildes. Mas, no fim, você não será lembrado pelos negócios que fez, mas sim pelas lembranças que não se privou de ter. Aquelas que nos deu quando jogador. Memórias essas que ainda está a eternizar como treinador.

Um livro pela metade não passa de um punhado de palavras reunidas. É necessário terminar a obra. Sem pressa. Sem capítulos pela metade.

Passe essa bola para outro, Jorginho. No jogo coletivo que tanto preza, fique com os que se aproximam e tabelam com você.

Fica, Jorginho!



  • Douglas

    👏👏👏👏👏 que isso pai. Que texto

  • João Lucas Dos Reis

    #FicaJorginho

  • rodrigo de araujo

    #ficajorginho não se precipite, seu trabalho esta maravilhoso no vasco e no cruzeiro vc vai começar do zero…. pense para não se arrepender depois.

  • Jorge Guaracy

    Belo texto!!! Considerações perfeitas! Xará: decline desse convite. Coroe seu trabalho no VASCÃO com os títulos da série B e da Copa do Brasil!! Consagre-se!!

  • Vitor Avelar Paula

    Belo texto. Fica Jorginho. E pro cruzeiro um time sem vergonha na cara de fazer sondagens a treinadores empregados.

  • Roberson

    Muito bom texto…parabens pelas palavras! E como diz vc: “fica Jorginho”!

  • Marcos Vinícius

    Não creio que ele vá sair,pelo menos por enquanto. sabe como o futebol é,e não vai se iludir com um elenco aparentemente mais qualificado,pois se os resultados não forem imediatos,ele cai. No Vasco está colhendo frutos de um trabalho que começou desacreditado,mas teve tempo e rerpaldo para fazer o que fez.

  • Vanessa

    Confesso que a tarde toda me privei de ler qualquer notícia em que dizia que o Jorginho tinha acertado com o Cruzeiro.Resolvi ler esse,na moral meu coração até doeu ; como disse não troque o certo pelo duvidoso,Fica no Vasco e continue essa caminhada que vc começou. #Continua.Jorginho #Fica.Jorginho Parabéns pelo texto,representou.

  • Marcos_RJ

    Texto maravilhoso!!!! #FICAJORGINHO

  • Istemthebronx

    O Cruzeiro é o time que mais inveja nosso querido Vasco da Gama…por isso que acho bom o Galo da Massa arrebentar com eles toda vez! Cruzeiro = plágio faiado do Vascão da Gama, Dedé foi pra lá e tá lá sem vingar, Rafael Silva tá lá e tá sem vingar, Edmundo foi pra lá e jogou pouco perto do que jogava no Vascão, Fábio virou mãos de alface no Cruzeiro. Ou seja, Jorginho vai virar técnico faiado lá no Cruzeiro plagiador do Vascão e vai tomar ferro do Galo da Massa!

  • Sergio SF

    Qualquer profissional, seja de que área for, visa um cargo melhor, um salário melhor. Isso é super natural, profissional. Mas existe um fator muito importante chamado “estratégia profissional”, onde o empregado precisa observar as condições de trabalho e a previsão de sucesso em médio prazo. A pergunta é: se o Jorginho é tão bom assim, por que estava desempregado e por que seus trabalhos anteriores não tiveram destaque no cenário? O que seria mais prudente? Ter seu salário dobrado por um período de um ano ou a garantia da sua continuidade como destaque por um período que pode ser bem maior?

    • Marcos Vinícius

      Discordo de você. Na verdade Jorginho fez excelentes trabalhos,mas sempre em times de pouco destaque. O único time em que não teve tanto sucesso foi no Goiás,mas isso aconteceu por influência da diretoria,que não lhe dava o devido respaldo. No Figueirense ele foi muito bem,e no América-RJ,onde tinha uma time cheio de limitações e fez ótima campanha no Estadual. Lhe faltava oportunidade em time de maior expressão,oportunidade essa que teve no Vasco,e está mostrando todo seu potencial. Vale ressaltar que Zinho tem grande influência nos resultados apresentados pelo Vasco.

  • Victor Figueiredo

    Texto incrível e maravilhoso parabéns André Schmidt, sou seu fã cara

  • Diogo Gama

    Caro André Schmidt, parabéns pela redação e obrigado por representar esse sentimento de tristeza que estamos sentindo com a possibilidade da saída do Jorginho. #jorginhodeixepassar

  • Rafael Gusson Rossi

    Sou seu fã, fera! Mais uma crônica espetacular mostrando o nosso atual momento, sempre com muita nostalgia e transmitindo muita emoção. Nos últimos anos tem sido assim: quando o céu parece ficar mais limpo em São Januário uma Tempestade repentina surge com o intuito de fechar o tempo. Estamos carentes de um tempo bom e constante. A permanência de um Trabalho que está dando certo é fundamental para isso. #FicaJorginho!

  • Lázaro Borges

    Parabéns Garone! Belo texto.
    O futebol é dinâmico, penso que a saida do Jorginho não é o pior dos mundos pro Vasco. Seguramente o pior dos mundos pro Vasco será uma contratação insensata como fizeram ao repor Doriva. Pelo amor de Deus não falem em Celso roth, marquinhos santos, Wagner Mancini e etc. É simples. Existem N + 1 Jorginhos por aí. E até mais barato.

MaisRecentes

Após rescindir com o Vasco, zagueiro de 19 anos assina com o Atlético Mineiro



Continue Lendo

Vasco acerta o retorno de atacante revelado na base do clube



Continue Lendo

O óbvio e o imprevisível



Continue Lendo