Carrasco do Barcelona, Deyverson jogou na escolinha do Vasco e era torcedor do clube na infância



Deyverson marcou contra o Barcelona (Foto: Quique Garcia/O Jogo)

Deyverson marcou contra o Barcelona (Foto: Quique Garcia)

Quando Deyverson abriu o placar contra o Barcelona, no sábado, vestindo a camisa do Alavés, talvez muitos torcedores brasileiros tenham ouvido pela primeira vez o seu nome. Aqui no blog, porém, não é de hoje que o centroavante é lembrado.

Em dezembro de 2014, após mais uma passagem do Vasco pela Série B, escrevi um post com algumas sugestões de reforços que achava interessante para o clube naquele momento. Entre elas, uma aposta: Deyverson. Na época, o atacante defendia o Belenenses, de Portugal, e eu já o conhecia dos tempos de Mangaratibense, quando cobria o Serrano na Série C do Campeonato Carioca.

Talvez sem ainda imaginar que um dia o filho estaria dividindo o gramado com Messi, Iniesta, Neymar e cia, seu pai, Carlos, me enviou um email agradecendo pela minha simples lembrança e ‘indicação’ do garoto. Na mensagem, a revelação: o carrasco do Barça é ‘vascaíno dos apaixonados’ e passou pela Escolinha do Almirante, do Vasco, no início dos anos 2000, como mostra a foto enviada pelo próprio.

Deyverson ao lado de Eurico Miranda nos temos de Vasco (Foto: Arquivo pessoal)

Deyverson ao lado de Eurico Miranda nos temos de Vasco (Foto: Arquivo pessoal)

E esta não foi a primeira vez que Deyverson estufou as redes de um gigante europeu. Na temporada passada, vestindo a camisa do Levante, o artilheiro deixou sua marca contra o Real Madrid, na derrota por 3 a 1 pela 27ª rodada. Em 2014, ainda no Belenenses, o jogador guardou o seu também contra o Sporting, no empate em 1 a 1.

Enquanto isso, em São Januário, em 2016, o Vasco segue buscando um atacante goleador..



  • Marcos Vinícius

    Rapaz,sempre leio seu blog,porque,lógico,o acho bom e imparcial. Falar do time de coração sendo imparcial é difícil,e acho que você o faz. E bem.

    Mas fazer uma comparação entre a atual procura do Vasco por um atacante de referência com um ilustre desconhecido que fez um gol no Barcelona foi de uma infelicidade enorme. Que time apostaria no cara? Claro que você não disse isso,mas o fato de ele fazer gol num gigante europeu o credencia a ser titular em qualquer time?

    • Alessandro Louzada

      Acho que vc nao entendeu o texto direito. Ele quis dizer que PRA ELE, nao se trata de um desconhecido, justamente pq ele mesmo ja havia indicado. Qualquer time pode apostar, basta ter coragem. Grande problema dos clubes Brasileiros é querer jogadores OTIMOS a preço de banana, esperar que jogadores da Base, joguem no profissional e ja arrebentem desde o primeiro jogo, Vasco é um exemplo tipico, nao da continuidade aos prata da casa e insistem em jogadores reservas e renegados por outras equipes, Rodrigo, Julio Cesar, Jorge Henrique, Diguinho, Madson, Marcelo Mattos. TODOS ou eram bancos em suas equipes ou foram renegados, e sao titular ABSOLUTO no Vasco, isso resume nossa atual situaçao. rsrs

    • André Schmidt

      Boa tarde, Marcos. Primeiro obrigado pela leitura e pelo comentário.
      Como disse no texto, pra mim ele não é um desconhecido. Eu o vi jogar no Mangaratibense, vi no Belenenses, no Colônia, no Levante e agora no Alavés. Quem o viu jogar antes, como eu vi, dava pra ver que tinha potencial. Pelo visto, só não viram na escolinha do Vasco. Antes mesmo de ir para a Europa.Não foi um gol contra um gigante, foram os vários que ele já fez na carreira, tanto que escrevi sobre ele em 2014, antes de fazer gol contra Real Madrid e Barcelona. Essa matéria foi só uma lembrança do seu passado, qualidade ele já tem mostrado nos quatro anos de futebol europeu. Aliás, já mostrava na Série C do Carioca, só que quase ninguém vê ou tem coragem de apostar em jogadores de divisões inferiores. Quando vê, já estão na Europa. Abraço!

  • Marcelosax Sax

    acho justa a matéria, ele não disse que o rapz deveria ter sido contratado ,apenas. mencionou o que aconTece com frequência no Brasil,muito meninos passam pelos clubes,escolinhas dos mesmos sem serem observados.Quer seja por falta de um olhar mais apurado dos obsevadores,quer seja por outros interesses.Depois despontam em times do exterior faznedo sucesso e co. destaque,não é pra se pensar ?porque esse jovem não teve chance no time do vasco ?Recentemente vivencie uma situaçao em um grande clube de são paulo,onde fazem peneiras de 30 minutos kkkk é de morrr de rir ,não é sério ainda mis em se tratndo de crianças, qualquer um que trabalah com criança sabe que esse período não é suficiente nem pra tirar chamada oral de um menino,quNto mais observar um atleta kkkkk só rindo mesmo

MaisRecentes

Vasco rescinde contrato de goleiro do sub-20



Continue Lendo

Nenê volta a abrir vantagem na liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

Nenê se isola como o 4º maior artilheiro do Vasco neste século



Continue Lendo