Bruno Gallo x Julio dos Santos



Gallo e Julio disputam vaga de Andrezinho (Foto: Arquivo LANCE!)

Gallo e Julio disputam vaga de Andrezinho (Fotos: Divulgação/Vasco)

Precisando da vitória para permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro, o Vasco terá o desfalque de Andrezinho na partida decisiva contra o Coritiba. O meia recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora do confronto. Para o seu lugar, Bruno Gallo e Julio dos Santos, dois jogadores que já foram titulares da equipe, aparecem como favoritos a vaga.

Para podermos ter uma noção da diferença entre os dois, trouxe alguns dados, obtidos no Footstats, aqui para o blog. Mas antes de passarmos para os números, temos também uma questão tática. Gallo e Julio podem atuar na mesma função, mas normalmente não do mesmo lado. Andrezinho vinha jogando pela esquerda, onde Bruno inicialmente foi utilizado, antes de virar primeiro volante. Já o paraguaio, sempre que colocado em campo formou dupla com Madson pela direita. Local hoje preenchido por Serginho.

Se optar pelo simples, é provável que Gallo assuma a posição do camisa 7, que mexeria menos na atual estrutura do meio-campo vascaíno. Caso o treinador opte por Julio, é possível que Serginho seja deslocado para a esquerda.

No números, o jogadores mostram equilíbrio. Os dois possuem características semelhantes, de passe, pouca jogada individual, raras finalizações, mas com cadência e bolas em profundidade.

No comparativo, Bruno leva vantagem na média de assistências para finalização, passes certos, passes errados (erra menos) e viradas de jogo. Já Dos Santos tem melhor média de desarmes certos, cruzamentos e lançamentos corretos. Faz menos faltas e recebe menos cartões. Mas é também, entre os dois, quem erra mais lançamentos, passes e que mais vez foi desarmado. Confira os números abaixo:

Comparativo entre Gallo e Julio dos Santos (Fonte: Footstats)

Comparativo entre Gallo e Julio dos Santos (Fonte: Footstats)

E você, quem escalaria?



MaisRecentes

Mortal



Continue Lendo

Vasco tem mais lesões do que vitórias em 2018



Continue Lendo

Não é azar



Continue Lendo