Baú: há 26 anos, Vasco vencia a seleção da Dinamarca no Maracanã



Geovani entrega a flamula do Vasco (Foto: reprodução)

Geovani entrega a flamula do Vasco (Foto: reprodução)

Não se fazem mais amistosos como antigamente.

No dia 25 de novembro de 1988, o Vasco abriu as portas do Maracanã para receber a tradicional seleção da Dinamarca para a disputa de um amistoso internacional.

Dois anos após o sucesso da ‘Dinamáquina’ na Copa de 86, os dinamarqueses se apresentaram com uma equipe reformulada, mas que contava com o lendário Peter Schimeichel, ídolo do Manchester United, no gol, e o atacante Brian Laudrup, irmão mais novo de Michael, o Laudrup mais famoso, que brilhou com as camisas da Juventus e do Barcelona.

O Vasco, bicampeão carioca e que vinha fazendo um excelente Campeonato Brasileiro, também tinha craques do porte de Geovani, Mazinho e Bismarck, o que abrilhantou ainda mais o espetáculo. E foi após linda jogada do então lateral-esquerdo vascaíno que saiu o gol da vitória.

Já no segundo tempo, Mazinho entrou driblando e chutou. A bola bateu na zaga e sobrou para o volante Zé do Carmo só empurrar para as redes de Schimeichel. Foi o tento único do jogo.

Este time cruz-maltino seria a base da equipe campeã brasileira no ano seguinte, reforçada ainda pela chegada de Bebeto.

FICHA DO JOGO

Vasco Da Gama 1 x 0 Seleção Da Dinamarca (DIN)
Data: 25/11/1988
Amistoso Internacional
Local : Estádio Do Maracanã (Rio De Janeiro – RJ)
Arbitro : Luís Carlos Félix
Público : 14.104
Gols : Zé do Carmo

Vasco – Acácio, Paulo Roberto (Cocada), Pedro Diniz, Leonardo Siqueira, Mazinho, Zé do Carmo, Geovani, França (Ernâni), Vivinho (Tiba), Sorato (Anderson) e Bismarck (William) Técnico : Carlos Alberto Zanata

Seleção Da Dinamarca – Schmeichel, Lars Oslo, Jonnei Larsen, Kristersen, Freemann (Mosseby), Molby, Steffeson (Helf), Henry Larsen, Nilfort, Brian Laudrup (Orensen) e Strudel (Jorgessen)Técnico : Sepp Piontek

Facebook – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
Twitter – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • Augusto

    Eternas saudades desse timaço

  • Flamarion Tavares

    Creio que a vitória mais marcante do Vasco a nível internacional, foi sobre a então Alemanha Ocidental, um timaço dirigido por Helmut Shöen e que entre seus destaque tinha Tilkowsky cujo seu reserva imediato era nada menos que Sepp Mayer.

    Resultado, Vasco 3 x 2 Alemanha Ocidental, com um detalhe a Alemanha chegou a fazer 2 x 0

MaisRecentes

A rosa de crepom



Continue Lendo

Luis Fabiano é regularizado pelo Vasco e está livre para atuar contra o Flamengo



Continue Lendo

A classificação do Vasco e a torcida única



Continue Lendo