Ex-Vasco, atacante lidera a artilharia da Série B do Carioca com marca expressiva de gols



Allan (segundo à esquerda), ao lado de Serginho, Dinamite, André e Fernando (Foto: Site Oficial do Vasco)

Allan (segundo à esquerda), ao lado de Serginho, Dinamite, André e Fernando (Foto: Site Oficial do Vasco)

Primeiro ‘reforço’ – na verdade voltava de empréstimo – do Vasco da era Dinamite como presidente, Allan Barreto hoje brilha com uma camisa bem mais modesta. Com 14 gols em 14 jogos, o atacante é o artilheiro da Portuguesa da Ilha do Governador na Série B do Campeonato Carioca.

Fã de Romário, Allan também deu seus primeiros passos na carreira com a camisa do Olaria, ainda na base, antes de se transferir para o Cruz-Maltino, em 2003, aos 18 anos. No mesmo ano fez sua estreia com a camisa vascaína, disputando 8 partidas mas sem balançar as redes em nenhum oportunidade.

Jovem e sem espaço no elenco, o atacante acabou sendo emprestado ao Duque de Caxias e posteriormente ao Sport, antes de retorna a São Januário em 2008, logo após a vitória de Roberto nas eleições do clube. Porém, à toa. Apesar da apresentação oficial, sequer entrou em campo na campanha que terminou no rebaixamento da equipe.

“Eu voltei ao Vasco a pedido do Antônio Lopes, mas logo que cheguei ele deixou o clube. Acabei nem treinando com o grupo. Eu tinha mais um ano e meio de contrato, mas preferi sair para poder jogar.”, disse o jogador em entrevista exclusiva ao blog.

Aos 24 anos, deixou o Vasco tendo disputado apenas 19 jogos e marcado somente dois gols – em um amistoso. Depois, rodou pelo Brasil defendendo diversos times até chegar ao América-RJ, em 2013. Pelo Mequinha, iniciou seu sucesso pela Segundona do Rio, se sagrando o artilheiro da competição com 18 gols em 20 jogos.

Allan foi artilheiro pelo América em 2013 (Foto: Divulgação/América-RJ)

Allan foi artilheiro pelo América em 2013 (Foto: Divulgação/América-RJ)

No ano seguinte, em 2014, dessa vez atuando pelo Barra da Tijuca, Allan balançou as redes 12 vezes em 14 duelos e ficou com a vice-artilharia. Nesta temporada, com média de um gol por jogo até o momento, dificilmente alguém conseguirá supera-lo na edição 2015.

Agora, com os 14 tentos marcados este ano, são 101 gols do atacante somente em jogos válidos pela Série B do Estadual.

ALLAN BARRETO NO VASCO

2003 – 8 jogos e 0 gols
2004 – 4 jogos e 0 gols
2005 – 1 jogo e 0 gols
2006 – 6 jogos e 2 gols
TOTAL – 19 jogos e 2 gols

/BlogDoGarone
@BlogDoGarone



  • ODILON C SLVA – RJ

    As vezes quando colocam a camisa de um grande clube amarelam, tomara que dessa vez seja uma exceção.

  • Se o Vasco se preocupasse mais com a formação de jogadores em vez de ficar sempre trazendo jogadores encostados dos outros clubes ou da base dos desses clubes;certamente iria formar muitos ídolos na própria base.A

  • Odil Souto

    Se esse jogador ALLAN tem sido um artilheiro em clubes por onde passa, após
    sair do Vasco e ainda tem vínculo com o Vasco, então deve ser reintegrado sob
    o comando do Doriva, pois o VASCÃO precisa de mais artilheiros para o Brasileirão. Ó Dr. EURICO, traga também o SOUZA do S.Paulo e o DIEGO SOUZA
    lá do Sport Recife!!

    • Carlos Cantalice

      Ruim que nem um caralho, só joga bem em time pequeno, quem disse que ele é do Vasco ainda??

MaisRecentes

Em boa fase, Pikachu já entra na lista dos dez maiores artilheiros do Vasco na história da Libertadores



Continue Lendo

Vasco rescinde com mais um jogador do Expressinho



Continue Lendo

Troféu Ademir Menezes: Thiago Galhardo assume o papel de garçom



Continue Lendo