Ex-Vasco, atacante lidera a artilharia da Série B do Carioca com marca expressiva de gols



Allan (segundo à esquerda), ao lado de Serginho, Dinamite, André e Fernando (Foto: Site Oficial do Vasco)

Allan (segundo à esquerda), ao lado de Serginho, Dinamite, André e Fernando (Foto: Site Oficial do Vasco)

Primeiro ‘reforço’ – na verdade voltava de empréstimo – do Vasco da era Dinamite como presidente, Allan Barreto hoje brilha com uma camisa bem mais modesta. Com 14 gols em 14 jogos, o atacante é o artilheiro da Portuguesa da Ilha do Governador na Série B do Campeonato Carioca.

Fã de Romário, Allan também deu seus primeiros passos na carreira com a camisa do Olaria, ainda na base, antes de se transferir para o Cruz-Maltino, em 2003, aos 18 anos. No mesmo ano fez sua estreia com a camisa vascaína, disputando 8 partidas mas sem balançar as redes em nenhum oportunidade.

Jovem e sem espaço no elenco, o atacante acabou sendo emprestado ao Duque de Caxias e posteriormente ao Sport, antes de retorna a São Januário em 2008, logo após a vitória de Roberto nas eleições do clube. Porém, à toa. Apesar da apresentação oficial, sequer entrou em campo na campanha que terminou no rebaixamento da equipe.

“Eu voltei ao Vasco a pedido do Antônio Lopes, mas logo que cheguei ele deixou o clube. Acabei nem treinando com o grupo. Eu tinha mais um ano e meio de contrato, mas preferi sair para poder jogar.”, disse o jogador em entrevista exclusiva ao blog.

Aos 24 anos, deixou o Vasco tendo disputado apenas 19 jogos e marcado somente dois gols – em um amistoso. Depois, rodou pelo Brasil defendendo diversos times até chegar ao América-RJ, em 2013. Pelo Mequinha, iniciou seu sucesso pela Segundona do Rio, se sagrando o artilheiro da competição com 18 gols em 20 jogos.

Allan foi artilheiro pelo América em 2013 (Foto: Divulgação/América-RJ)

Allan foi artilheiro pelo América em 2013 (Foto: Divulgação/América-RJ)

No ano seguinte, em 2014, dessa vez atuando pelo Barra da Tijuca, Allan balançou as redes 12 vezes em 14 duelos e ficou com a vice-artilharia. Nesta temporada, com média de um gol por jogo até o momento, dificilmente alguém conseguirá supera-lo na edição 2015.

Agora, com os 14 tentos marcados este ano, são 101 gols do atacante somente em jogos válidos pela Série B do Estadual.

ALLAN BARRETO NO VASCO

2003 – 8 jogos e 0 gols
2004 – 4 jogos e 0 gols
2005 – 1 jogo e 0 gols
2006 – 6 jogos e 2 gols
TOTAL – 19 jogos e 2 gols

/BlogDoGarone
@BlogDoGarone



  • ODILON C SLVA – RJ

    As vezes quando colocam a camisa de um grande clube amarelam, tomara que dessa vez seja uma exceção.

  • Se o Vasco se preocupasse mais com a formação de jogadores em vez de ficar sempre trazendo jogadores encostados dos outros clubes ou da base dos desses clubes;certamente iria formar muitos ídolos na própria base.A

  • Odil Souto

    Se esse jogador ALLAN tem sido um artilheiro em clubes por onde passa, após
    sair do Vasco e ainda tem vínculo com o Vasco, então deve ser reintegrado sob
    o comando do Doriva, pois o VASCÃO precisa de mais artilheiros para o Brasileirão. Ó Dr. EURICO, traga também o SOUZA do S.Paulo e o DIEGO SOUZA
    lá do Sport Recife!!

    • Carlos Cantalice

      Ruim que nem um caralho, só joga bem em time pequeno, quem disse que ele é do Vasco ainda??

MaisRecentes

Os celibatários da verdade



Continue Lendo

Pikachu ganha quatro posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo

O ‘chef’ Milton Mendes



Continue Lendo