Padrão de jogo e comprometimento tático, as grandes armas do Vasco para o Brasileiro



União do grupo pode ajudar na campanha do Vasco (Foto: Alexandre Loureiro/LANCE!Press)

União do grupo pode ajudar na campanha do Vasco (Foto: Alexandre Loureiro/LANCE!Press)

Se engana quem pensa que o Vasco entra morto nessa sua volta à elite do futebol brasileiro. Está longe de ser um favorito ao título, ou até mesmo a uma vaga na Libertadores, mas, se mantiver a seriedade que teve nas finais do Carioca, pode muito bem fazer uma campanha sem sustos e até surpreender em alguns momentos da competição.

O Estadual não é parâmetro, dizem. Vasco x Barra Mansa pode não ser, mas clássico é. E, dos sete disputados na campanha do título, o Cruz-Maltino venceu 4, empatou 2 e perdeu apenas um. Se ganhar de seus principais rivais não é uma boa referência, nada mais é.

O elenco vascaíno não é dos mais talentosos, não possui nenhum grande craque que possa vir a desequilibrar no campeonato, mas tem um grupo homogêneo e com atletas que cumprem com eficiência seus papeis. Tem problemas, como praticamente todos os outros clubes, no seu setor de criação. Mas é só aí.

Doriva montou uma esquema defensivo muito forte, com dois volantes de pura marcação. Não à toa sofreu apenas um gol nos quatro jogos finais do Cariocão. Já o ataque, se não é mágico, ao menos é eficiente. Em 21 partidas oficiais, só não estufou as redes em uma.

O lado direito, com Madson e Julio dos Santos tem funcionado muito bem. Com a chegada de Julio Cesar, a esquerda pode passar a ser também uma boa válvula de escape do time.

Jogando com inteligência, o Vasco tem tudo para fazer uma campanha tranquila, se mantendo na metade de cima da tabela. Mas se conseguir uma regularidade nesse início de Brasileirão – que não teve durante o  Carioca – poderá começar a sonhar com alguns degraus acima.

Individualmente, um elenco limitado. Porem, coletivamente, um grupo que tem se encaixado muito bem. Padrão de jogo e comprometimento tático, as grandes armas do Vasco para o Brasileiro.

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • Horlando Rocha

    Vamos surpreender a todos no Brasileiro assim como surpreendemos no Carioca.Vasco é time Grande Gigante e quer brigar la em cima na tabela . Então Doriva tem os pés no chão . Então apertem os cintos por que a chapa vai esquentar.O Respeito voltou e com ele os títulos também.

  • Todos os chamados entendidos em futebol,estão sempre citando Corinthians,Santos,São Paulo ,Palmeiras,Cruzeiro,Internacional,Atlético MG,Grêmio ,como possíveis campeões brasileiros de 2015;mas estão se esquecendo de que o Vasco ja tem 4 títulos brasileiros ,é um gigante que também vai lutar pelo título e vai para ganhar,porque tem camisa,tradição e um time competitivo,guerreiro e que não foge à luta e entra sempre em campo com o objetivo de vencer.

  • Ha,apenas como lembrete: O título que o CORINTHIANS foi campeão e o Vasco foi vice,tem que se lembrar que se o juiz não tivesse roubado escandalosamente contra o time da Bahia e também contra o time lado Paraná,não teria nem existido a partida entre Vasco e Corinthians,porque o Vasco teria sido campeão com antecedência.

  • Quero deixar bem claro que citei o caso do título corinthiano,apenas com lembrança de duas lambança em um campeonato,feitas por um ARBITRO,mas que respeito e admiro o Corinthians e não o responsabilizo pelo atos nocivos ao Vasco,mas que foram praticados pela arbitragem e o Corinthians foi beneficiado,mas não pode ser culpado e nem ter seu título desmerecido.

MaisRecentes

A zona vascaína



Continue Lendo

O ‘novo’ Nenê



Continue Lendo

De volta ao time titular, Nenê abre vantagem no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo