Andrezinho não é o 10 dos sonhos, mas chega para ser titular no Vasco



Andrezinho é o novo reforço do Vasco (Foto: Alexandre Loureiro/LANCE!Press)

Andrezinho é o novo reforço do Vasco (Foto: Alexandre Loureiro/LANCE!Press)

Para quem sonhou com Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves, Emerson Sheik, Diego Souza e outros medalhões especulados pela imprensa nos últimos meses, a chegada de Andrezinho ao Vasco pode parecer frustrante. Até certo ponto é, mas diante do que o mercado tem a oferecer, foi uma boa contratação. E de graça.

Andrezinho não é craque, mas também não é nenhum cabeça de bagre. Com a suspensão de Bernardo, Doriva precisava de um novo especialista na bola parada. E agora terá.

É um atleta que faz bem a leitura da partida, tem boa visão de jogo e qualidade tanto no passe quanto no chute. Tem dias que não acerta nada, mas tem jogos que é decisivo, principalmente usando a qualidade que tem nas cobranças de falta. Nada extraordinário, mas num futebol brasileiro nivelado como está, pode render bem.

Entre o Andrezinho dos tempos de Flamengo, ainda garoto, até o que foi bem no Botafogo há dois anos, uma clara evolução. Na China, 11 gols em 55 jogos e a titularidade no Tianjin Teda, que atualmente ocupa a 5ª colocação no nacional.

Não é um reforço que chega para vestir a camisa e decidir, mas sem dúvida acrescenta um pouco de talento ao meio-campo tão carente de criatividade como o vascaíno. É um jogador que teve boas atuações nos últimos anos no Brasil jogando por Internacional e pelo Alvinegro Carioca. Diante do atual elenco, chega para ser titular.

Andrezinho não é a salvação do Vasco, não é o cara que vai solucionar todos os problemas da equipe, mas chega mais gabaritado do que Marcinho, que já saiu, Biancucchi, rebaixado com o Bahia em 2014, Jhon Cley, que ainda não vingou, e Julio dos Santos, que não consegue repetir a fase de artilheiro que teve pelo Cerro Porteño – até por atuar mais recuado.

De um dia para o outro o Vasco não voltará a ter Geovani, Bismarck, Guina, William, Pedrinho, Juninho e cia. Nem o futebol brasileiro tem. O objetivo agora é ter amanhã um time melhor que o de ontem. E Andrezinho é melhor do que o clube tinha até a última semana.



MaisRecentes

Curiosidades sobre o duelo entre Racing-ARG e Vasco



Continue Lendo

Vasco regulariza reforço para o ataque



Continue Lendo

Pikachu dispara na liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo