Agendinha: Vasco 1×0 Botafogo



Dagoberto foi titular contra o Botafogo (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)

Dagoberto foi titular contra o Botafogo (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)

Números, curiosidades e estatísticas do Vasco após o jogo contra o Botafogo, na primeira partida final do Campeonato Carioca:

– Jogo número 5.622 da história do Vasco, 1.995º em Cariocas e o 22º no ano.
– Vitória número 2.987 da história do Vasco, 1.207 em Cariocas e a 14ª no ano.
– Vasco chegou a marca de 11.055 gols em sua história. São 4.225 no Estadual. Em 2015, já são 39 gols.
– Este foi o terceiro clássico consecutivo sem perder e sem sofrer gols. Se repetir o feito no próximo jogo, fica com o título carioca.
– Rafael Silva marcou seu 5º gol com a camisa do Vasco, o 4ª na atual temporada.
– Bernardo deu sua 9ª assistência no ano. O jogador é disparado o maior garçom vascaíno em 2015.
– Desde 2002 o Vasco não vencia os três rivais cariocas em uma mesma edição do Estadual.
– Com a vitória, o Vasco agora joga por um empate para conquistar o Campeonato Carioca.

FACEBOOK – https://www.facebook.com/BlogDoGarone
TWITTER – https://twitter.com/BlogDoGarone



  • pwagnerbr

    Que o resultado não suba à cabeça! Cansei de ver o Vasco jogar com a vantagem do empate e se ferrar no fim. E convenhamos, jogou mal ontem. O segundo tempo foi dominado pelo Botafogo, que perdeu várias chances de gol. Acho que o lance do Rafael Silva foi o único de perigo do Vasco no segundo tempo. O Botafogo é um time aguerrido e difícil de ser batido. Já conseguiu reverter uma desvantagem inicial contra o Fluminense. É bom o time melhorar o desempenho e não jogar para empatar.

    • E vc deveria ser comentarista da globo,afinal só falou o lado negativo da partida ! Recordarei pra vc os lances positivos a favor do Vasco,,Dagoberto perdeu dois gols por chegar centímetros atrasado,Julio dos santos tbm perdeu um gol sozinho,cara a cara,ainda no primeiro tempo ,,Rafael Silva antes de marcar acertou uma bomba de fora da área,e o mais importante de tudo temos uma defesa que a três clássicos não leva gol ! O Botafogo apenas cresceu na partina ,após uma substituição ousada ,porém correta do Doriva de tirar um meia que é Julio dos Dantos e por o Thales no jogo…antes disso o Vasco controlou muito bem o jogo ! Não tem nada ganho,mas quem tem que se preocupar com o Vasco é Botafogo

  • Anderson

    Antônio o cara do comentário a cima é melhor que nem veja o jogo vai ser negativo assim lá na Gavea. O Vasco jogou melhor e vai jogar de novo e vai vencer de novo e sera campeão como foi ano passado em que fomos roubados. Vitória essa é a palavra vitoria, vitoria, vitoria,vitoria,vitoria,vitoria,vitoria,vitoria e Vitoria essa é a nova ordem no Vascão.

  • rogerio

    O jogo foi disputado e com nível tecnico baixo, mas ambos os times mostraram muita luta. O Vasco foi melhor em boa parte do jogo, porém com as saídas de Marcinho, Dagoberto e depois Julio dos Santos, abriu-se um buraco no meio do Vasco e o Bota se aproveitou e quase ganha o jogo. O Vasco teve mais chance que o Bota, mas muito equilíbrio. Para o 2º jogo temos que jogar do mesmo modo. Firme na defesa e saindo bem pra jogar. Não pode sentar em cima da vantagem, senão perdemos. O bom é que o Doriva é bem tranquilo e deve manter a rapaziada com pé no chão. Experientes como Martin, Guiñazu, Rodrigo, Serginho e Dagoberto devem assumir a responsabilidade de conduzir o jogo.

  • Jose Norberto Freund

    Tudo o que foi escrito é verdade, só espero que o Vasco não entre em campo com Marcinho e Dagoberto ao mesmo tempo. É um problema físico e de cacoete. O Marcinho é experiente mas erra passes demais. O Dagol é muito bom jogador , mas ainda não aguenta jogar o jogo inteiro
    Acho que nas circunstâncias eu entraria com o Dagol e o Rafael Silva , e colocaria o Bernardo no 2o tempo. A verdade é que a entrada do Thales não foi boa nem para ele nem para o time.
    Não vejo ele jogando em dupla com o Gilberto.
    Outra possibilidade é usar o Yago que seria bom para puxar contra-ataques.
    Achei o Cristhiano melhor que nas outras vezes, tomara que ele se firme
    Time para quebrar o jejum:
    M.SIlva Madson Luan Rodrigo Cristhiano Guiñazu Serginho Julio Santos Dago R.Silva(Yago) Gilberto. Bernardo 1o reserva

  • ODILON SILVA = RJ

    Assim mesmo Eurico Miranda continua calado que vem dando certo. Outrora nessas semanas de grandes jogos do VASCO, SADDAM MIRANDA ficava cantando vitorias, falando na primeira pessoa, ficava se gloriando, cansando de fracassos, derrotas, SADDAM mIRANDA mudou a postura, afinal nunca é tarde para mudar.

  • Felipe Campos

    Achei que o Vasco teve um ótimo domínio de jogo no primeiro tempo. Se vocês repararem, o time tem conseguido dominar o meio de campo na maioria dos jogos das finais e é isso que tem feito a diferença. A marcação nesses últimos jogos tem sido muito boa no meio de campo e a gente acaba tendo a posse de bola. Um time que tem maior posse de bola muitas vezes diminui o risco de levar gol, soa até um pouco óbvio apesar de estar sempre condicionado a fortes contra ataques dependendo dos adversários é claro. Já no segundo tempo, achei que houve um equívoco na retirada do Júlio dos Santos. Esse jogador tem sido muito importante ali no meio. Dificilmente erra passes. Tem uma leitura de jogo interessantíssima. Sem ele em campo o time tem jogado muito na base do chutão. Estávamos num momento ruim na partida depois da saída do Júlio. Apesar da forte defesa, sempre jogamos somente pela vitória nesses jogos e para vencer é preciso algo mais do que somente gols de bolas paradas. Bem verdade que criamos chances boas com a bola rolando, mas fica sempre a impressão que falta um pouco mais de definição nessas jogadas. Enfim, para o próximo jogo temos tudo para levantar a taça. Basta jogarmos exatamente como temos jogado nos nossos melhores momentos, ou seja, marcação firme no meio, posse de bola e chegada no ataque sempre buscando a vitória!

MaisRecentes

Luis Fabiano é regularizado pelo Vasco e está livre para atuar contra o Flamengo



Continue Lendo

A classificação do Vasco e a torcida única



Continue Lendo

Garçom, Escudero ganha três posições no Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo