A importância do clássico com o Fluminense para o Vasco



Vasco e Flu fizeram um clássico tenso no 1º turno (Foto: Cléber Mendes/LANCE!Press)

Vasco e Flu fizeram um clássico tenso no 1º turno (Foto: Cléber Mendes/LANCE!Press)

Sim, no Campeonato Brasileiro por pontos corridos todo jogo é importante. Os finais, quando se está na briga por algo, ainda mais. Porém, na atual circunstância em que o Vasco se encontra, o clássico com o Fluminense tem um peso ainda maior que os confrontos seguintes. Eu explico.

Das seis partidas que ainda tem pela frente, duas são contra adversários diretos na briga contra o rebaixamento – Coritiba e Joinville – e três contra equipes paulistas, que brigam na parte de cima da tabela – Corinthians, Palmeiras e Santos. O Flu seria o ‘jogo neutro’ desta reta final. Seria, se ele não fosse o start desta arrancada que o clube precisa.

O Cruz-Maltino chega para o clássico precisando encerrar a sequência de empates (4), com a obrigação de vencer para deixar a lanterna, tentar diminuir a diferença para o primeiro fora do Z4 e, assim, ter tranquilidade – ou algo que se aproxime disso – para as rodadas seguintes.

Se não vencer o Tricolor, viajará pressionado para enfrentar o Palmeiras. Se ganhar o clássico, poderá jogar com inteligência contra o Verdão e, posteriormente, contra o Timão, se fechando e atacando sem se expôr. Ou seja, o resultado deste fim de semana no Engenhão ditará o ritmo do time nos próximos jogos.

É como jogar na Mega-Sena. Acertar o primeiro número é fundamental para manter a esperança viva, a fé em alta e a confiança firme. Ainda que erre o segundo ou o terceiro, lhe resta a quina. A quadra não paga, mas pode salvar. Mas é preciso começar acertando, para que uma bola errada mais à frente não lhe tire todo o prêmio.

Pelo retrospecto recente e o atual momento, Flu, Joinville e Coritiba são os confrontos onde o time de São Januário tem a maior possibilidade de vencer, tendo como comparação os recentes resultados contra clubes de São Paulo.  Ganhar estes significa menos pressão para encarar os outros. E a primeira missão é o clássico. Não dá pra arrancar pra trás, ainda mais com a sequência que está por vir.

O Vasco precisa pontuar contra os paulistas, o que tem sido difícil. Perder o clássico acarretaria no aumento da necessidade de vencer Palmeiras, Corinthians ou Santos. Teria que derrotar pelo menos dois deles e ainda torcer por uma combinação de resultados. Muita pressão para um elenco que já vive em seu limite.

‘Rei dos Clássicos’ este ano, o Vasco terá pela frente o seu mais importante da temporada. Vale por 2015, mas principalmente para 2016.



  • ODILON SILVA = RJ

    Só espero que essas últimas atitudes do Eurico Miranda não façam o fludido crescer, não agigantem o fludido, isso é a única coisa que me preocuapa para esse jogo, essa implicançia do Eurico Miranda com o fludido, não prejudique o VASCO nesse momento…………….

  • PIMENTEL

    Atenção! Presidente Eurico Ângelo de Oliveira Miranda. 90% não é 100% Por Tanto: Necessitamos de Competência. Nos acreditamos em Dinamite, em Bomba, e agora em contos de Fadas. Por isso Volta VASCO Volta Eurico. Gostariamos de ver trabalhando no VASCO o capacitado CUCA, EMERSON LEÃO ou ABEL BRAGA. Treinadores estes que sabem trabalhar com jogadores maduros e aproveitar muito bem a base (garotada). Mais tudo bem vamos deixar o JORGINHO E O ZINHO trabalharem, tem potencial tem qualidade e um futuro muito promissor. Vão ter a responsabilidade de ser o diferencial dentro e fora de campo. Os caras tem muito que mostrar porque vieram. – INICO DE PREPARAÇÃO PARA 2016/2018: Somente o retorno dos meias FELIPE BASTOS, BERNARDO E MONTOYA que voltam de emprestimos. É a contratação dos jogadores: DEDE ou ANDERSON MARTINS sagueiro, JÔ ou ALLANKARDEC atacantes, PAULINHO e NILTON volantes, e do CORTEZ lateral, ambos jogadores já falaram que tem grande desejo de jogar pelo VASCO. – TIME PARA O RESTANTE DO CAMPEONATO: BR – 2015= MARTIN SILVA 01 – MADSON 02 – RODRIGO 03 – LUAN 04 – SERGINHO 05 – JULIO CEZAR 06 – RAFAEL SILVA 07 – BRUNO GALLO 08 – ANDREZINHO 09 – NENE 10 – JORGE HENRIQUE 11 – JORDY 12 – ANDERSON SALLES 13 – JEAN PATRICK 14 – GUINÃSU 15 – JULIO DOS SANTOS 16 – EDER LUIS 17 – LEANDRÃO 18 – CRISTIANO 19 – RAFAEL VAZ 20 – LUCAS 21 – JEFFERSON 22 – THALLES 23 – FELIPE SEYMOUR 24 – RENATO KAYZER 25 – ANDREY 26 – KAIO MONTEIRO 27 – MATHEUS VIDAL 28 – RICARDO GRAÇA 29 – MATHEUS INDIO 30 – THIAGO MOSQUITO 31 – GABRIEL FELIX 32 – GUILHERME COSTA 33 – BRUNO CONSEYDEN 34 – LORRAN 35 – EVANDER 36 – DANIEL GONÇALVES 37 – LINNICK 38 – ROMARINHO 39 – HENRIQUE 40 – JOÃO CARLOS 41 – BRUNO TELLES 42 – BRUNO FERREIRA 43 – JOMAR 44 – CHARLES 45 – Atenção! Presidente Eurico Ângelo de Oliveira Miranda. 90% não é 100% Por Tanto: Necessitamos de Competência. Nos acreditamos em Dinamite, em Bomba, e agora em contos de Fadas. Por isso Volta VASCO Volta Eurico. Descupem-me se esqueci de alguns jogadores que não apareceram nesta lista e porque não fazem a minima falta ao elenco. Deverão ser vendidos , emprestados ou não terem seus contratos renovados. –

MaisRecentes

Vasco rescinde com dois jogadores dos juniores



Continue Lendo

Quadrilha vascaína



Continue Lendo

Nenê: titular ou opção no banco?



Continue Lendo