A importância do clássico com o Fluminense para o Vasco



Vasco e Flu fizeram um clássico tenso no 1º turno (Foto: Cléber Mendes/LANCE!Press)

Vasco e Flu fizeram um clássico tenso no 1º turno (Foto: Cléber Mendes/LANCE!Press)

Sim, no Campeonato Brasileiro por pontos corridos todo jogo é importante. Os finais, quando se está na briga por algo, ainda mais. Porém, na atual circunstância em que o Vasco se encontra, o clássico com o Fluminense tem um peso ainda maior que os confrontos seguintes. Eu explico.

Das seis partidas que ainda tem pela frente, duas são contra adversários diretos na briga contra o rebaixamento – Coritiba e Joinville – e três contra equipes paulistas, que brigam na parte de cima da tabela – Corinthians, Palmeiras e Santos. O Flu seria o ‘jogo neutro’ desta reta final. Seria, se ele não fosse o start desta arrancada que o clube precisa.

O Cruz-Maltino chega para o clássico precisando encerrar a sequência de empates (4), com a obrigação de vencer para deixar a lanterna, tentar diminuir a diferença para o primeiro fora do Z4 e, assim, ter tranquilidade – ou algo que se aproxime disso – para as rodadas seguintes.

Se não vencer o Tricolor, viajará pressionado para enfrentar o Palmeiras. Se ganhar o clássico, poderá jogar com inteligência contra o Verdão e, posteriormente, contra o Timão, se fechando e atacando sem se expôr. Ou seja, o resultado deste fim de semana no Engenhão ditará o ritmo do time nos próximos jogos.

É como jogar na Mega-Sena. Acertar o primeiro número é fundamental para manter a esperança viva, a fé em alta e a confiança firme. Ainda que erre o segundo ou o terceiro, lhe resta a quina. A quadra não paga, mas pode salvar. Mas é preciso começar acertando, para que uma bola errada mais à frente não lhe tire todo o prêmio.

Pelo retrospecto recente e o atual momento, Flu, Joinville e Coritiba são os confrontos onde o time de São Januário tem a maior possibilidade de vencer, tendo como comparação os recentes resultados contra clubes de São Paulo.  Ganhar estes significa menos pressão para encarar os outros. E a primeira missão é o clássico. Não dá pra arrancar pra trás, ainda mais com a sequência que está por vir.

O Vasco precisa pontuar contra os paulistas, o que tem sido difícil. Perder o clássico acarretaria no aumento da necessidade de vencer Palmeiras, Corinthians ou Santos. Teria que derrotar pelo menos dois deles e ainda torcer por uma combinação de resultados. Muita pressão para um elenco que já vive em seu limite.

‘Rei dos Clássicos’ este ano, o Vasco terá pela frente o seu mais importante da temporada. Vale por 2015, mas principalmente para 2016.



MaisRecentes

Curiosidades sobre o duelo entre Racing-ARG e Vasco



Continue Lendo

Vasco regulariza reforço para o ataque



Continue Lendo

Pikachu dispara na liderança do Troféu Ademir Menezes



Continue Lendo